Capítulo 59–Congelados

Acordei cedo e quando olhei pro lado Luan já não estava mais na cama. Ouvir barulho do chuveiro, resolvi ficar ali na cama esperando por ele. Aproveitei e liguei pro serviço de quarto pedindo um café da manhã bem reforçado.

– Meu amor, bom dia! Você está melhor?

Ele saiu com com uma toalha enrolada na cintura, e a outra enxugando o cabelo. Como ele estava sexy!

– Bom dia amor. – Sorrir. – Melhor, me desculpe por ontem tá?

– Ei não precisa se desculpar, tá bom? – Luan sorriu e me beijou. – Vou me vestir.

– Tá maravilhoso assim, pra quê roupa? – Mordi meu lábios.

– Depois eu que sou sem vergonha! – Ele riu vestindo a cueca box vermelha.

– Tá provocando, mesmo!

– Vim de vermelho tá passando mal? – Ele cantarolou.

Eu ri negando, me levantei indo em direção do banheiro e dei um tapa na bunda do Luan.

– Ou! – Ele riu me olhando.

– Malhação fazendo efeito hein, tá durinha!

– Tem outro lugar que possa ficar também, você logo deixa ele. – Ele fez cara de safado.

– Ai Luan safado! – Ri, fechando a porta do banheiro.

– Uai, estou mentindo? – Ele riu bastante, deu pra escutar.

– Fica calado!

Disse e tirei minha roupa, ligando o chuveiro entrei no box e comecei a tomar um banho maravilhoso e bem relaxante.

– Eu acho que você deveria trancar a porta na hora do banho, é um perigo!

Quando vi Luan estava dentro do banheiro em frente ao espelho do mesmo.

– Vou te molhar! Sai deixa eu tomar meu banho, oxe!

Ele riu.

– Estou pegando meu perfume que eu deixei aqui. – Ele me olhou, pelo vidro.– O muie cê me deixa louco, trem!

– Luan some daqui! – Eu taquei o pote de shampoo nele.

Ele saiu correndo rindo e gritou.

– Agressiva!

– Viu nada!

Ri dele, e continuei meu banho. Ouvir a campainha tocar com certeza era o café. Terminando o meu banho, vestir um short jeans, uma regata. Cabelo eu só penteei iria deixar secar naturalmente. Passei perfume, e sair do banheiro.

– Prefiro sem toda essa roupa ai! – Ele disse me abraçando por trás e me dando um longo cheiro no pescoço, me causando arrepios.

– Prefiro cê santinho amor. – Ri.

– Mas isso eu não sei ser, uai.

Eu o olhei e comecei a rir bastante, que bom que ele sabe disso. Tomamos nosso café sempre rindo um do outro, gracinhas vem e vão, beijos.

 

Uma semana depois..

– Cheguei Alpha!

Luan disse ao chegarmos em frente ao Alphaville.  Já eram quatro da manhã, a viagem tinha sido bem cansativa. Ainda bem que estamos em Julho e estou de férias, Luan de folga durante uns dias para me fazer companhia em casa. Afinal, agora seria Luan, eu e Deus nessa casa.

Assim que o táxi parou na porta de casa, Luan tirou as malas do carro. Isso sempre é assim né? Viaja com duas malas e volta com dez! Nunca vi, essa parte era a mais chata, e só de pensar em desfazê-la, me dava mais preguiça ainda.

Então entramos com as malas deixando num canto da sala mesmo, e fechamos a porta.

– Estranho! – Disse.

– O que amor?

– Só nós dois aqui. – Ri. – Teremos que nos acostumar.

– Logo! – Ele me beijou.

– Tá com fome Luan?

– Tô amor.

– Ok, vai tomar um banho que preparo algo para comermos e logo vamos dormir.

Ele então fez o que falei e eu corri pra cozinha procurar algo pra comer, eu não iria pro fogão as 4:30h da manhã, nunca! Olhei geladeira, freezer, até que encontrei uma lasanha pronta só descongelar no microondas.

Que maravilha não? Primeira refeição já do microondas? Eu ri com aquilo, mas pra essa madrugada era o que tínhamos. Coloquei pra esquentar, e subir para tomar um banho também, em qualquer outro banheiro da casa, ao terminar vestir um pijama bem confortável e encontrei Luan na sala vendo TV.

– O que cê colocou no microondas?

– Uma lasanha congelada que tinha no  freezer, devemos agradecer quem fez a compra do mês! – Sorrir, dando um beijinho nele.

– Hm que delícia, podemos comer aqui mesmo?

– Só hoje. – Sorrir.

Entao fui a cozinha e coloquei uma pedaço da lasanha no prato do Luan e no meu, coloquei numa bandeija que encontrei ali, depois fui a geladeira tinha um suco de caixinha, foi o primeiro que eu peguei e coloquei nos copos, pegando os talheres e levando pra sala.

– Se estiver bom, como está o cheiro.. Isso é muito bom!

– Com certeza amor. – Luan disse, pegando sua bandeija.

– Juro que você não irá comer congelados todos os dias amor. – Ri. – Hoje foi pelo horário que chegamos.

– Com você eu como até miojo todos os dias.

– Ótimo, vai se isso então.. Três minutos e tá pronto, rápido e eficaz!

– Amor, é cê sabe que as vezes eu brinco né? – Ele riu, e eu também.

Entao comemos nossa lasanha, não sei se era café da manhã, lanche da madrugada, não sei bem o que era só sei que matou a fome que estava me matando.

Assim que terminamos colocamos tudo na cozinha, subimos escovamos os dentes e acabamos indo pra cama. Ficamos conversando durante um tempo, mas logo deixei Luan falando sozinho e apaguei também.

15h, no mesmo dia…

Olhei pro lado Luan ainda dormia, me levantei sem que o acordasse, e fui ao banheiro. Tomei um banho e coloquei uma roupa mais quente, estava frio e eu também escutava barulho de chuva vindo lá de fora.

Logo desci pra cozinha e era hora de começar a explorar minha casa, minha cozinha. Então resolvi preparar um café da tarde bem reforçado para mim e Luan. Preparei um bolo divino, suco, pão de queijo, café, frutas, a mesa estava maravilhosa. Nós não tínhamos almoçado, mas a hora que também era não era hora de almoço, logo mais prepararia um jantar maravilhoso.

– Bom dia amor. – Luan apareceu na sala com seu moletom, com uma touca na cabeça e com a cara toda amassada.

– Boa tarde meu amor. – Sorrir. – Sabe que horas são?

– Quase quatro da tarde. – Ele riu, me abraçou selando meus lábios. – Que mesa maravilhosa.

– Amor eu sou uma rescem-casada. – Ri.

– O que foi muié? – Ele riu colocando uma mecha do meu cabelo pra trás.

– Eu não sabia se eu preparava um café como esse ou se fazia o almoço, ai é difícil! – Fiz bico.

– Ai meu Deus como essa mulher é linda! – Ele riu. – O que você fizer, vindo de você está maravilhoso. Vem aqui, senta do meu lado e vamos tomar esse café da tarde.

Ele então me puxou e nos sentamos um do lado do outro, e começamos a tomar nosso café que estava divino. Não sei quantos pedaços de bolo que Luan comeu, mas ele disse que estava maravilhoso. Eu estava feliz em saber que estava casada com Luan, mas era estranho eu agora ser dona de casa, afinal essa casa era minha e do Luan, quem irá cozinhar nessa cozinha é eu. Muita coisa mudou, meu Deus! 

Depois de um café maravilhoso Luan me ajudou com a louça, e eu logo arrumei toda a cozinha deixando limpa como estava. Luan disse que ia ligar pros pais avisando que chegamos bem, eu fui explorar a casa toda mobiliada, linda como sempre eu quis.

Do lado de fora uma neblina forte, e o frio maravilhoso que estava! 

Subir para o meu quarto e me deitei na cama para ver televisão e ficar dentro das cobertas. Então postei uma foto.

c4c8893af48a11e29b2022000a9f1561_7

“@nicolecarvalho: Porque acordar, a gente acorda, mas sair da cama nesse frio é que é difícil!”

@robertfreitas_: Saudades!

@italoaguiar: O frio bom hein Nicolet! hahaha ❤

@brusantanareal: Quero visitar vocês!

@nicolecarvalho: @brusantanareal Vem meu amor!

@nicoleprincesa: Aaaaah, já voltaram! ❤

@roberlelis: Queremos festinha na casa nova hahaha

@jesslaguiar: Ta linda, linda!

@estelacarvalho: Te amo minha filha! ❤

@luni: Meu amor!

@ luanmeudengo: Princesa!

@gurizinho: Foto com o morzão, cadê? ❤

@luansantana: Eu te amo ❤

Na hora em que eu vi ele entrava no quarto todo sorridente.

– Vem cá vem!

– Agora! – Ele veio com tudo e pulou em cima de mim.

– Gordooo! – Gritei rindo.

– Linda.

– Feioso!

– Gostosa. 

– Idiota.

– Fofa.

– Meu.

– Minha!

– Só sua! – Dei um selinho acompanhado de um beijo maravilhoso. – Aff, como eu amo você!

– E isso não é bom..

– Não, não é…

– Oi? – Ele me olhou.

– É perfeito, é maravilhoso. Não a nada no mundo melhor que amar, você! – Sorrir. – Bobinho, como estão seus pais?

– Estão bem, então queria marcar algo amanhã só pra nossa família o que cê acha? – Ele deixou o celular dele num canto e me olhou.

– Um almoço?

– Sim. – Sorrindo.

– Pode marcar, tenho que ligar pros meus pais e já aviso eles. – Sorrir.

Então foi o que fizemos Luan de um lado ligando pra família dele e eu pra minha, era bem engraçado e depois de combinarmos tudo, era hora de ficar juntinhos e só assistir um filme.

tumblr_nrt1mbTQrq1t5aojdo1_500

“@luansantana: Eu só sei te amar. @nicolecarvalho ❤ “

Anúncios

Capítulo 58–Nova Zelândia

Ao chegarmos no local da festa fomos recebidos por aplausos dos nossos convidados, gritos e assobios. Eu corri para abraçar minhas amigas. Logo fizeram uma sessão de fotos com os convidados e depois todo mundo curtia a festa. Luan aproveitando com os amigos, eu com minha amigas, primas. Era inacreditável saber que eu agora estava casada com a pessoa que eu amo e me sinto bem ao lado dela.

Bruna veio com as meninas tirarem fotos e postaram.

fernanda-e-felipe-casamento-blog-nani-binder-62

“@brusantanareal: Finalmentee! ❤️😍 #CasamentoLuni”

Logo era a hora da valsa… quer dizer, eu e Luan resolvemos dançar um arrocha que ensaiamos nos dias que ele ficava em casa, com a ajuda de nossos amigos conseguimos até e ficou muito divertido. Na hora do brinde aos noivos, quem fez os brindes foi Rodrigo meu pai e Amarildo pai de Luan. Me emocionando a cada palavras ditas, era lindo tudo que estava acontecendo.

Por último, depois de muita bagunça, farra, diversão com nossos amigos a hora que todas minhas amigas e mulheres solteiras da festa esperava, será quem irá pegar o buquê? Então subir em cima de uns degraus que ali tinha fiquei de costas, e disse.

– Até três hein! – Sorrir. – Um, dois, três e já!

Jogando o buquê pra trás onde caiu bem nas mãos de Bruna. Sim ela mesma Bruna Santana, minha cunhada. Luan olhou aquilo e riu, balançando a cabeça.

Mas também Luan disse que ia jogar minha Cinta-liga para os seus amigos. Era como se fosse mesmo o buquê do homem, rs. Então todos os rapazes se juntaram, mas o engraçado que caiu em quem nem estava no tumulto. Caiu no ombro do Robert que estava abraçado com Bruna vendo toda bagunça, e ele riu pegando a cinta liga.

– É acho que não tem dúvidas de quem será o próximo casamento, hein! – Disse.

– É também acho que não! – Jess riu.

– Cara tô de olho hein! – Luan riu pra Robert.

– Fica tranquilo cunhadão.

– Ai bobos! – Bruna riu.

A festa continuou para quem quisesse ficar. Então eu e Luan fomos para casa, já eram cinco da manhã, já tinham levado nossas coisas para nossa casa. Nossa mala também estava pronta, para irmos para Nova Zelândia na Austrália.

Ao chegar na nossa casa e tirei aquele vestido e tomei um banho, e enquanto Luan tomava o dele me deitei na nossa cama do nosso quarto, da nossa casa. Meia hora depois ele veio.

– É incrível ter você comigo! – Ele sorriu me abraçando, ao se deitar do meu lado.

– Eu te amo tanto, sabia?

– Eu que te amo minha linda, que tal irmos para nossa lua de mel.. antes que eu comece ela aqui agora mesmo. – Luan riu.

– Besta, vamos! – Sorrir, me levantando.

Então ao descermos Luan chamou um táxi que não demorou muito, fechamos a casa e logo estávamos na estrada indo para o aeroporto. Luan me abraçou e conversávamos até chegarmos lá.

– Quem te ajudou escolher o local?

– Na verdade eu vi fotos e lá é realmente lindo, e nada melhor que passarmos nossa lua de mel num lugar inesquecível! – Selando meus lábios.

– Você é um tanto perfeito.

– E o outro tanto?

– Bobo. – Sorrir.

(…)

A viagem foi cansativa e assim que pousamos na cidade, fomos para o hotel. Ficamos em uma suíte lindíssima, bem aconchegante e luxuosa. Tinha uma visão privilegiada da cidade, que já estava a noite e as luzes a iluminavam.

– Amor, aqui é lindo!

– É sim Ni, olha! – Ele apontou para um casal de velhinhos lá em baixo.

– O que tem?

– Um dia seremos como eles. – Ele sorriu. – E  eu vou te amar da mesma forma.

Eu sorrir e ali na sacada da suíte o abracei e o beijei bem calmamente. A lua estava estava tão linda, grande e brilhosa e ao pararmos o beijo, Luan disse.

– Deixa essa lua linda ser testemunha do quanto nos amamos? – Disse me encarando, apenas concordei com o olhar e ele me beijou.

Foi me guiando até a cama e me deitou, ainda me beijando. Foi descendo os beijos, deixou rastros por todo pescoço, colo…. com carinho, foi abaixando a alça da minha blusa, deixando beijos nos meus ombros. Eu arranhava seu pescoço, lhe causando arrepios. Assim que tirou minha blusa, apenas minha lingerie branca tampava meus seios, mas ele me ergueu, e procurava o feixe do sutiã enquanto me beijava. Assim que conseguiu, olhos meus seios e com um olhar sapeca, me deu prazer. Virei ficando por cima dele, e tirei sua blusa, parei analisando seus ombros largos com a tatuagem exposta, seu corpo perfeito, e sua pele clara, seus olhos demonstravam desejo, então o beijei. Nossa troca de carinhos, amassos estava uma loucura! Luan me deixava louca, e ele também dizia o mesmo.

Voltou a me beijar intensamente e quando eu menos esperei, o senti por inteiro. Em movimentos fortes, sua voz rouca soava em meu ouvido e tornava aquele momento mais excitante, me deixando a cada instante mais excitada por ele e pelas loucuras que ele fazia. Ele dizia coisas românticas, e safadas. Meu safado apaixonado, meu marido o meu homem estava ali me amando como nunca, com uma intensidade de enlouquecer. Depois de nos amar durante horas e horas, chegamos juntos ao ápice, fazendo que meu corpo amolecesse e cair por cima de Luan. Que me dava leves beijinhos, dizendo baixinho eu te amo, com voz rouca.

Assim, caímos no mais profundo sono, cansados e exaustos, mas felizes como dois loucos apaixonados!

(…)

– Bom dia amor. – Sorrir, ao beijar seu rosto.

– Bom dia minha linda. – Ele sorriu. – Dormiu bem?

– Melhor impossível! – me levantei, me sentando.

– Vou pedir nosso café da manhã. – Ele disse.

– Que tal, irmos toma lá embaixo. – O olhei.

– Você quer?

– Claro.

– O que você quiser minha linda.

Então nos levantamos juntos e fomos para um banho os dois, lá rolou troca de carícias, beijos, mãos bobas, claro. Mas não rolou nada à mais. Ao sairmos do banho me vestir.

tumblr_npu9vaykMh1uujznpo1_500

Luan também se vestiu e então saímos do quarto pela primeira vez depois que entramos no hotel. Então descemos tomamos nosso café, super maravilhoso e fomos andar pela cidade. Então eu e Luan fomos explorar a linda cidade, fomos andar pelos campos onde encontramos um lugar maravilhoso e Luan tirou uma foto postando.

Murad-Osmann_10

“@luansantana: Eu amo amar você! @nicolecarvalho ❤️😍”

– Esse lugar é apaixonante, cara! – Sorrir.

– Com certeza é. – Ele me abraçou. – Nicole, olha lá que legal aquela ponte. – Luan mostrou logo na frente um ponte linda.

– Demais né? Esse lugar é todo maravilhoso, vamos ficar aqui pra sempre?

– Olha se não fosse nossa família, ficaríamos. – Ele riu.

– É e suas fãs matariam nós dois! – Ele riu concordando.

– Agora eu posso falar que você é Nicole Carvalho Santana, minha esposa. – Ele sorriu.

– Nossa que chiqueza! – O beijei. – Sua, apenas sua!

Então continuamos a andar pela cidade e a tirar várias fotos, gravar vídeos no snaps. E então postei uma foto com Luan.

tumblr_norutdQ02W1t5aojdo1_500

“@nicolecarvalho: O nosso amor se eternizando! @luansantana ❤ Melhor lugar, em melhor companhia. Eu amo você!”

O nosso dia foi perfeito maravilhoso, almoçamos num lindo e confortável restaurante. Corremos, brincamos como crianças. O fim da tarde foi se aproximando, onde voltamos pro hotel e eu liguei pros meus pais avisando que estava tudo bem, também liguei pros meus sogros.

A noite um jantar a luz de velas foi preparado na suíte do quarto para mim. A coisa mais linda e perfeita do mundo, e além de tudo isso, com direito a buquê, chocolates e muitos beijos.

Depois do jantar Luan vendou meus olhos com uma faixa preta, me deitou em minha cama com toda delicadeza tirou toda minha roupa. Seus lábios iam tocando meu corpo e a sintonia era perfeita, sua boca quente com o meu corpo frio, estava se eletrizando e o choque era  coisa mais prazerosa. Depois de tirar toda minha roupa, sentir um liquido cremoso em mim, e Luan passava a língua por todo meu corpo. Me beijava, dava leves chupões em meu pescoço.

Depois de muita judiação tirou aquela venda de meus olhos, e eu pude ver o que ele jogou em meu corpo. Era leite condensado, da mesma forma fiz com ele, o provoquei e o deixei louquinho se contorcendo.

E essa noite foi a segunda de muitas que ainda teríamos nessa lua de mel. E que noite!

3 dias depois…

Andávamos por um parque de Nova Zelândia depois de irmos em vários brinquedos, menos na roda gigante que Luan não quis ir comigo. Fiquei brava, mas ele me convenceu, ao sentarmos na grama pra conversarmos ele me abraçou e beijou minha bochecha e disse.

– Vou comprar um sorvete pra nós. – Ele sorriu. – Espera aqui?

– Espero amor.

– Ok minha linda, eu amo você! – Selou nossos lábios e saiu atrás de um sorvete.

Eu ali sentada na grama vendo as pessoas passarem felizes, casais. Quando mais pra frente vi uma casal com um casal de filhos com uns 5, 8 anos eles corriam e os pais atrás deles. Por um instante eu sorrir, vendo o sorriso deles estampados nos rostos. Quando me deparei e me lembrei que eu nunca iria poder ter meus pequenos. Lágrimas vieram instantaneamente em meus olhos, minha vontade de chorar era imensa. Uma lágrima escorreu e eu logo sequei quando vi que Luan voltava com os sorvetes.

– Minha linda aqui pra você.

– Obrigado meu amor. – Dei meio sorriso.

– Ta tudo bem?

– Claro, que esta. – Disse ao provar do sorvete. – Morango!

– Seu preferido!

– Você é maravilhoso.

Então continuamos a conversar, mas a todo momento que eu via as crianças uma decepção grande me invadia, e era impossível não me atingir.

tumblr_nbtceytGQr1rcrcdeo1_500 

“@nicolecarvalho: Meu amor, meu eterno amor. @luansantana.”

Ao voltarmos pro hotel tomei um banho junto com o Luan e depois me deitei na cama, ficamos a tarde toda no parque. E eu estava realmente bastante cansada. Então me deitei, e eu estava sim um pouco chateada.

– Amor, o que foi hein? Desde a tarde do parque cê ta assim tristinha.

– Não é nada amor, tá tudo bem.

– Não, não está.. foi por causa que eu não fui na roda gigante.

– Não Luan, claro que não. – Ri. – Eu sei que você é medroso, e que nunca iria!

– Isso é um desafio?

– Você aceita como um? – Ri.

– Boba. – Rindo. – Vai me diz o que está te deixando assim? – Ele se deitou do meu lado. – Foi algo que eu fiz?

– Não, nada que você fez, nada que aconteceu, pois não tem nada! – Disse rindo.

– Ta tudo bem.

– Eu sei que não está, e como estamos casados meu amor se lembre não temos que ter segredo! – Ele disse. – Fala vai!

– Amor… – Eu disse tristinha.

– Fala meu amor.

– Eu vi hoje no parque tantas crianças, com seus pais brincando, correndo, sorrisos esbanjando pelos rostos. – Meus olhos lacrimejaram. – Ai Lu, é complicado pra mim amor, eu não consigo me conformar.

– Quem disse que nós não vamos ter nossos pequenos? hein? Tenha fé Nicole, nós logo seremos pais. 

– E se não acontecer?

– Nic, você tem que acreditar, ta?

Eu o olhei e não conseguir dizer mais nada, me sentei enxugando meu rosto e fui até ao banheiro lavar meu rosto, onde comecei a chorar. Luan sabia que aquele momento eu queria ficar sozinha, ele me entendia. Ao sair do banheiro, meus olhos não negavam o quanto eu chorava, então me deitei na cama. Luan não estava ali, pude ouvir ele cantar da sacada. 

E nessa música tão suave, acabei dormindo.

Capítulo 57–Cerimônia

– Vamos! – Sorrir.

– Vamos amiga!

– Nicole eu vou na frente com o Fernardo, as plaquinhas das crianças onde estão?

– Com o pessoal da organização do casamento né Bruna? – Sorrir.

– Isso Mikelly, vão estar lá na frente pra nos organizar. – Bruna disse.

– Ótimo, Nic você está linda!

– Vocês minhas madrinhas que estão lindas. – Abracei elas, em conjunto. – Ai eu vou chorar!

– Sem choros amiga!

 

– É gente, vamos.

Então Mikelly saiu para o carro onde Fernando acenou pra mim, acenei de volta. E eu entrei na limusine, com Bruna, Jessica, Larissa, Duda, Lucas e Fernando. E então fomos conversando, e tentando me acalmar para esse momento.

No caminho eu fui calada, nervosa, pensativa e muito ansiosa. Ao chegarmos a Matriz, Bruna disse.

– Olha vou descer preparar tudo, respira e fica calma. – Sorriu.

– Tudo bem Bru.

Então todos desceram me deixando dentro daquela limousine, eu contava os minutos para poder entrar naquela igreja. Até que a porta se abriu.

– Você está pronta? – Era meu pai.

– Pai, eu estou nervosa. – Disse o olhando. – Um frio na barriga.

– É assim minha querida hoje é o dia que você sempre sonhou, lembra? Quando era pequena e dizia que queria seu casamento dessa forma? Então, é hoje. – Ele sorriu. – Só não pensei que fosse tão… tão de repente.

– Ai pai! – Disse sorrindo, segurei em sua mão para que eu saísse do carro. – Eu te amo muito! – O abracei.

– Eu que te amo, e eu nunca vi uma noiva tão linda quanto você! – Ele alisou meu rosto. – Uma verdadeira princesa. 

Eu sorrir, e logo veio Nandinho ajeitar o vestido. Na minha frente estavam meus padrinhos, minha mãe que sorria. Meus noivinhos.

tumblr_nebb96iolp1s7izdzo1_500

10748295_1563720017192898_277290045_n

penteado-para-floristas (20)

lc3a1-vem-a-noiva-grande-21

Estava tudo da forma que eu sempre quis e imaginei um dia. Então minha mãe me abraçou e disse que iria entrar e ir pro seu devido lugar, a cerimônia já iria começar. Então o pessoal organizador do casamento foi colocando todos da seguinte forma que entraríamos. Então meus noivinhos entraram, meus padrinhos e de Luan também entraram e por fim era minha hora.

– Pronta?

– Sempre pai. – Sorrir.

Então fomos entrando conforme a marcha nupcial, eu via as decorações da igreja, meus familiares, nossos amigos, familiares de Luan. E por fim lá estava ele, lá estava o meu noivo, o meu amor, não estava escrito o quão lindo Luan estava naquele terno. Ele também estava de corte novo. Nossos olhares se cruzaram, e então um sorriso surgiu ele sorriu e nervoso passou as mãos pelos cabelos impecáveis. Olhei pro meu pai que sorriu e eu comentei pra ele.

– Isso é um sonho!

– Não minha linda é a realidade! – Ele sorriu.

 Aqueles passos pareciam nunca acabar, parecia que quanto mais eu andava tudo aquilo, mas distante Luan ficava. Ele comentou algo com Rober nosso padrinho que estava perto dele no altar e sorriu. E por fim, cheguei ao meu amado. Meu pai me entregou ao Luan e o mesmo sorriu.

– Cuida da minha filha, rapaz. 

– Cuidarei Rodrigo, como minha vida. – Ele sorriu, e abraçou meu pai.

Por fim, ele me abraçou e selou nossos lábios e eu sorrir e nos viramos para padre Miguel.

(…)
A cerimônia acontecia, o Luan sorria numa intensidade que me contagiava a sorrir junto a ele, minha mãe chorava e meu pai do lado dela segurando o choro também. Cada palavra que saia do padre Miguel me tocava lá no fundo “Daqui pra frente não existirá dois caminhos sendo seguidos mais sim um só, o caminho único que o casal deve seguir em conjunto, um suprindo as necessidades do outro, um sendo o porto seguro do outro”.

Chegou a hora da troca de alianças, existe momento mais perfeito do casamento que esse? Não, de jeito nenhum, é o momento que fazemos promessas um para o outro.  Quem entrou com as nossas alianças dentro de um buquê rosas lilas natural foi minha irmã, a Duda, toda linda. Primeiro o Luan faz seus votos colocando a aliança no meu dedo.

Luan pegou minha mão esquerda e com a outra segurou a aliança. O sorriso não disfarçava a tamanha felicidade.

– Nicole, aceite essa aliança como prova do meu amor, da minha fidelidade e que nada nos separe pelo resto das nossas vidas.

Ele colocou a aliança delicadamente em meu dedo, e depois, por um impulso, Luan beijou no lugar onde estava a aliança.

Peguei a aliança que daria para Luan e logo recitei as mesmas palavras que ele disse.

– Luan, aceite essa aliança como prova do meu amor, da minha fidelidade e que nada nos separe pelo resto das nossas vidas.

– É claro meu amor. – Ele disse baixinho, e eu beijei a sua aliança, meus olhos lacrimejaram.

– Eu vos declaro marido e mulher. – Sorrimos para Padre Miguel. – Então Luan, pode beijar sua noiva Nicole.

Então Luan ergueu a sobrancelha, sorrindo timidamente, afinal estávamos em frente todos nossos amigos, familiares e chegou pertinho de mim, segurou meu queixo e sorriu novamente.

– Te amo, pra todo sempre. – Ele sorriu, e então me beijou. 

Após a cerimônia, algumas fotos ali no altar foram feitas com meus padrinhos, familiares, amigos. E depois saímos todos da igreja, onde recebíamos os parabéns. 

– Minha linda. – Minha mãe veio me abraçar, junto com meu pai.

– Enfim mãe, estou casada. – Sorrir.

– Parabéns Nic, foi lindo!

– Foi maravilhoso, você é a noiva mais linda filha. – Meu pai sorriu.

– Com certeza né Rodrigo? – Luan veio pro meu lado.

– Vocês são um tanto maravilhosos. – Barbara disse.

– Ô maninha. – Sorrir. – Abraçando-a. – Logo é você!

– Que logo, o quê! – Meu pai abraçou Barbara. – Já conversei com Arthur sobre isso.

– Vai pensando pai, vai pensando. – Eu ri.

– Essas meninas de hoje em dia.

– Vamos pro local da festa, vamos? – Luan disse.

– Bora amor. – Sorrir. 

Então junto com Luan entrei na limousine e dali fomos direto para um lindo salão de festas. Eu estava animada o bastante para ficar juntinho do meu marido, agora sim eu poderia falar, meu marido.

– Meu amor, agora somos só nós dois. – Ele me beijou, sorrindo. – Eu amo tanto você Nicole.

– Eu que te amo, eu nem acredito que eu realizei meu sonho e com a pessoa que eu mais amo na minha vida, você é tudo pra mim, meu eterno amor.

Noiva-emocionada-na-cerimonia 

“@nicolecarvalho: E quando eu vi, sua felicidade já tinha dado as mãos pra minha e teu coração já morava dentro do meu. Quando eu me dei conta, já eramos um só. Quando a minha ficha caiu, tua vida estava dançando com a minha, você já fazia parte de mim e eu de você. E foi aí que eu vi, meu amor, que não tinha mais como fugir: quando é pra acontecer, acontece.” @luansantana Eu ❤️ você! #CasamentoLuni

@jesslaguiar: Foi lindooo! ❤️ 

@brusantanareal: Realmente valeu a pena, vocês merecem, amo. ❤️

@nicoleprincesa: Gente, eu estou morta, parabéns! ❤️

@marquinhoswq_: Lindos, vem pra feeesta! ❤️❤️

@barbaracarvalho: Eu amo de paixão ❤️

@hugogloss: Estavam maravilhosos. ❤️ #Luni

@italoaguiar: Gente, vamos desejar boa sorte pro Luan, ele vai precisar! Hahaha amo ❤️

@roberlelis: Eu mais que ninguém sei do amor desses dois! ❤️

@lucasbardini: Merecem demais, toda felicidade do mundo.

@robertfreitas_: Minha maninha, amo você! @luansantana meu parceiro, cuida dela!  Felicidades! Vocês foram lindos. ❤️

@luansantana: E eu ainda poderia listar uma série argumentos para te convencer o quanto você me faz bem, o quanto tem preenchido os vazios em mim e que foi a melhor coisa que me aconteceu, mas deixo que o silêncio dos nossos abraços apertados responda por mim. Transfiro a responsabilidade de decifrar que bem incomparável é esse para nossos loucos momentos de paixão. Deixo que o entendimento seja feito pelos nossos dedos entrelaçados. E aonde você me levar, eu vou. Eu amo você @nicolecarvalho ❤️

Capítulo 56–O pesadelo

Um mês e meio depois…

– Luan você aceita Nicole Carvalho como sua legítima esposa? – O padre Miguel disse.

– Não, não aceito!  – Luan respondeu.

Não não pode ser como assim o Luan não aceita? Todo mundo levantou indignado e assustados.

– Como não Luan? – Eu já chorava.

– Eu não posso casar com uma pessoa que não possa ter filhos, que não possa me dar uma família, desculpa! Não posso fazer isso com a gente não posso! Eu te amo, mas quero ter uma família.

– Luan você disse que isso não era problema!

– Desculpa!

– Vocês são loucos? – Bruna nos olhou.

– O LUAN É LOUCO! – Gritei.

 

– Nãaaaaao! – Gritei.

– Nicole o que é isso? – Luan acordou do meu lado assustado.

– Luan, meu amor. – Eu acordei chorando.

– Ei minha linda, o que houve?

– Um pesadelo… 

– Ni, quer contar?

– Não melhor não, só me abraça.

– Ô minha princesa. – Ele me abraçou.

Eu não queria pensar que isso poderia acontecer hoje, logo hoje no dia do meu casamento com Luan tive esse pesadelo horrível! Estava dormindo na casa do Luan no quarto dele junto dele, minha festa de solteira que Bruna e Jéssica prepararam foi aqui na noite passada. E Luan tinha ido pra uma casa de show com os amigos na festa de solteiro dele.

– Nem vi você chegando de madrugada. – Eu disse, mais calma.

– Cheguei bem devagarinho para que não te acordasse. Fiquei feliz ao te ver aqui no meu quarto.

– Ah é? – Sorrir. – Chegou que horas?

– Cheguei às quatro e meia.

– Meia hora depois que peguei no sono. – Disse.

– Como foi sua despedida hein?

– Olha cheio de homens gatos. – Sorrir.

– Como é que é?

– É uai, saindo do bolo e tudo!

Eu cair na gargalhada com a cara que Luan fez, ri bastante.

– Besta, vieram minhas amigas, minha mãe, e fizemos umas brincadeiras, baguncinhas. Comemos, bebemos!

– Hm, bom mesmo hein!

– Aiaiai! E a sua?

– Olha cê sabe né eu me comportei, muito bem! – Sorriu. – Os caras fizeram maior zoação comigo, jogaram farinha no meu cabelo. – Luan fez cara feia.

– O dó! – Ri bastante.

– O dó né? – Fez bico. – Cheguei todo sujo de farinha na cabeça.

– Ô amor, é legal uai.

– Porque não foi com você!

– Ai Lu, como eu amo você cara. Nem acredito que é hoje nosso casamento. – Ele me abraçou forte.

– Hoje, será eu e você apenas. – Me beijou. – Confirmando nosso amor.

– Te amo.

– Te amo minha linda!

– BORÁ ACORDAR! – Bruna entrou no quarto tapando os olhos com as mãos. – Vocês estão vestidos né?

– Claro né Bru! – Eu ri dela.

– Uai meu amor, o que eu não sou nesse mundo é obrigada ver vocês nus! – Ela riu, se jogando na cama.

– Ô Piroca véia, o que cê quer?

– Sua noiva! – Ela sorriu.

– Pra quê? – Ele disse olhando as horas no celular.

– Dia de noiva né Luan? – Bruna disse. – Anda Ni, levanta que o carro já está aí fora.

– Mas Bru, não ta cedo demais não? – Disse, olhando a hora no celular.

– Não, não ta nada cedo. – Ela disse. – Temos que buscar Larissa, Barbara, sua mãe, Duda, Jéssica, minha mãe já está esperando também.

 – Ta bom, posso tomar um banho primeiro? – Ri.

– Claro, mas rápido vai!

– Ai ta bom. – Ri dando um selinho no Luan, e indo pro banheiro.

Luan On.

– E você que horas Rober vem te buscar? – Minha irmã me olhou.

– Espero que ele não dê um de louco como você e chegue aqui agora, é madrugada ainda cara! – Disse.

– Luan já são oito e meia da manhã meu amigo, se prepare também ta!

– Tá bom. – Ri.

– Quem chega atrasada é a noiva, não nos faça passar vergonha!

– Bru cê ta muito engraçadinha hoje hein! – Agarrei minha irmã fazendo cocegas. 

– Para Luan, para!

– Não. – Continuei.

– Por favor, poxa! – Ela ria.

E então tirei uma foto com ela.

tumblr_nhu3h73Oy51rbbwv5o1_250

“@luansantana: Perturbando logo cedo. Pi minha linda, te amo @brusantanareal ❤ “

@luanminhavida: Amoooor, lindos!

@luni: Hoje tem casamentooo!! #casamentoLuni

@marquinhowq_: Daqui a pouco tamo aí parceiro! hahaha

@amorls: amo ❤

@princesanicole: Cadê a Nic?

@primeiroamorls: Bom dia amor ❤

– Vamos Bruna! – Minha mãe gritava.

– Lu, fala com Nicole assim que terminar descer, estamos esperando lá em baixo. 

– Ok Pi! – Sorrir.

Então Bruna desceu, e eu fui responder meus amigos no whats. 

Luan Of.

– Cadê Bruna amor? – Falei saindo do banheiro, enrolada na toalha.

– Tá lá em baixo, esperando você. – Sorrir.

– Ótimo. – Disse abrindo o armário dele, e procurando roupas minha que ali tinham.

– É difícil ficar o dia inteiro longe de você e te ver assim enroladinha na toalha, assim cê me quebra!

– Uai! – Ri, vestindo minhas peças íntimas. – Só você não olhar!

– Cê ta chata hein! – Ele riu.

Me vestir.

tumblr_nsvox1B0LH1t5aojdo1_500

– Luan. – Disse pegando minhas coisas e colocando numa bolsinha. –  Não atrasa tá?

– Eu sei que quem chega atrasada é a noiva amor, mas por favor maneira no atraso! – Ele riu.

– Pode deixar.

– Espera vou descer com você. – Ele disse colocando uma bermuda e indo ao banheiro.

Logo depois voltou e então saímos do quarto, descemos e Bruna e sogra me esperavam impacientes.

– Vai tomar seu café minha querida!

– Não, ela toma no Spar, vamos Ni!

– Só uma frutinha amiga. – Fiz bico.

– Nicole, rápido te esperamos no carro. – Ela disse saindo.

– Bom dia meu filho.

– Bom dia mamusca, eu te vejo ainda hoje né?

– Claro, eu volto pra casa. – Ela disse.

Eu então seguir pra cozinha com Luan e sogra, cumprimentei Sr. Amarildo. Peguei uma pêra apenas. Dei um beijo no Luan.

 – Te vejo no altar! – Sorrir.

– Não atrasa, por favor. – Ele disse. – Te amo. – Selou nossos lábios.

– Vamos Ni! – Sogra disse.

– Vamos! Tchau Amarilo!

– Tchau.

Luan acenou da mesa de café e eu então sair. Eu estava bem nervosa, hoje seria o meu casamento com o cara que eu fiquei por exatamente quase 6 anos juntos. Eu o amava e ele também me amava, ele me completa. Nós somos felizes mesmo com tantas coisas acontecendo, mas hoje diremos nosso SIM perante nossos amigos, familiares e a Deus!

Quando sair junto com sogra olhei pra frente uma linda Limousine branca e Bruna escorada na mesma batendo os pezinhos, daqui a pouco ela bate é em mim. Quando ela me viu, disse.

– Amém!

– Nossa, quanta pressa. – Ri. – Calma tá?

– Ta, tá!

– Pra que essa Limousine?

– É o que vai nos levar a todos lugares hoje, e onde você irá chegar na igreja.

– Meu Deus, que lindo!

– É apenas o começo Nicole. – Sogra sorriu.

Ao entrarmos, Bruna disse para o motorista ir até uns quarteirões na frente, pois buscaria minhas irmãs e minha mãe.

– Nicole eu estou tão feliz por você, minha nora.

– Ai Mari, nem me fale! – Sorrir. – Eu tô feliz, eu amo o seu filho!

– Ele também te ama, viu? Pode ter a certeza disso.

– Obrigado. – Sorrir, abraçando-a.

Ao chegarmos na minha casa, minhas irmãs, Jéssica, Larissa e minha mãe entraram, então fomos conversando, rindo, tirando várias fotos. Junto com Luan escolhemos a filha mais nova de Fernando da dupla Fernando e Sorocaba para ser uma das minhas daminhas. Um afilhado de Luan seria um dos que também entraria no casamento, filho de uma prima dele. 

Então fomos todas para o Spar onde tivemos uma dia de beleza e merecido, com direito campanhe, massagens, limpezas de peles, almoço maravilhoso só pra gente! Era um dia de descanso e dia também de relaxar, coisa impossível pra mim no dia de hoje. Luan as vezes mandava mensagens dizendo que me amava, até Bruna mandar ele pastar por um áudio.

– Ô Bru! – Fiz bico.

– Manda ele da um tempo.

A tarde de muito descanso, e relaxamento havia acabado, sobrando só makes, cabelos, unhas, onde estávamos todas e tiramos uma foto.

3n1a2055-150324172610

“@nicolecarvalho: Só nos preparativos, meu coração não vai aguentar! @brusantanareal @jesslaguiar @larissawerneck @estelacarvalho @barbaracarvalho @lucianaaguiar #sogra Eu amo vocês! ❤ ” #CasamentoLuni

@brusantanareal: Da tempo de desistir! Hahaha, amo ❤

@jesslaguiar: Miga sua locaaa ❤ ❤ 

@larissawerneck: Vai ser a noiva mais linda ❤

@princesanicole: Ai mdsssss ❤

@roberlelis: Acho que o seu marido ta morrendo kkkkkk!

– Amiga! – Jessica me abraçou. 

– Ai meu core, não vai aguentar!

– Tenho a certeza que vai. – Minha mãe sorriu.

Horas depois…

– Agora é só o vestido!

– Ai gente eu tô com vontade de chorar, sei lá!

– Chora não muié, não vai borrar a maquiagem! – Larissa riu.

Todas elas já estavam arrumadas, minhas madrinhas. Minha mãe e minha sogra também. Minha irmã Duda de noivinha, a coisa mais linda!

– Vocês estão maravilhosas!
– Sim e estamos indo! – Jéssica sorriu.

– Mas vocês não vão comigo?

– Não, só a Bruna, Larissa e Jéssica irá ficar com você filha.

– Uai gente, porque?

– Temos que ir, vamos buscar nossos maridos.

– Aff, vocês hein! – Ri. – Então me aguardem lá!

– Pode deixar.

– Sogra não deixa ele atrasar!

– Ele não vai Nic! – Ela sorriu.

Elas saíram só ficando as três.

– Será que eu posso entrar? – Era Lucas!

– Amigo! – Sorrir.

– Nicole minha linda, como está maravilhosa!

– Obrigado. – Sorrir, o abraçando.

Ele cumprimentou todos, beijou Lari e voltou a me olhar. Ele estava de terno todo lindo! Aliás, ele é um dos meus padrinhos.

– O Luan?

– Estava com ele agora a pouco, ele já esta indo pra igreja. – Ele sorriu.

– Ai então vamos, me veste logo Nandinho. – Era um estilista top, amigo e gay. Amava ele!

– Nicole calma. – Ele riu. – Você pode atrasar uns minutos.

– Não quero atrasar, vai que ele desisti!

– Nicole Luan desistir? – Bruna riu.

– Só se ele for louco! – Jéssica riu.

 – Se acalme Ni. – Larissa disse.

 – Luan ta igual ela. – Lucas ria bastante.

 – Ai chato! – Disse fazendo bico.

– Vem vou te ajudar com o vestido. – Fernando disse.

Então fui para uma sala onde ele me ajudou a vestir, onde soltou meu cabelo e coloquei meu salto. Quando me vi vestida, meus olhos lacrimejaram, estava linda!

marco_costa_pp-65

Ao sair onde meus amigos estavam todos sorriram e disseram.

– Você esta linda!

 – Maravilhosa!

Quando vi Alice e Duda minhas daminhas estavam ali, e na mesma hora Bruna tirou uma foto.

tumblr_npjwskJSNU1r91h44o1_500

“@brusantanareal: Se Alice e Duda estão assim, imaginem quando o Luanzin ver, hahaha, tamo chegando! ” #CasamentoLuni ❤

Capítulo 55–Ficar sozinha

– Quero ficar sozinha Luan, por favor!

– Nicole eu estou aqui pra te ajudar meu amor, o que houve?

– Volta depois.

– Ni enquanto você não abrir essa porta não saio daqui tá? To te esperando!

Eu não queria abrir e ter que dizer tudo a ele, mas também não queria que ele soubesse por outra pessoa a não ser eu, mas eu não sei o que eu irei falar. Se não está sendo fácil pra mim, imagina pro Luan? E se ele não quiser mais se casar comigo? Nosso sonho é formar uma família, porque isso está acontecendo comigo meu Deus? Porque?

Respirei fundo, passou uns cinco minutos, abrir a porta, Luan estava sentado ali mesmo só me esperando.

Ao ver que abrir, ele se levantou. Me abraçou forte.

– Porque você está assim?

– Porque eu não sou forte, não consigo mais Luan! – Fechei a porta.

E ele ainda continuou me olhando da mesma forma.

– Ni, vem cá! – Luan me puxou e nos sentamos um de frente para o outro, e ele alisou meu rosto. – Fala pra mim meu amor, me conta o que está acontecendo?

– O resultado do exame saiu, eu não posso engravidar Luan. – Minhas lágrimas escorriam como uma correnteza de uma cachoeira. – Eu nunca irei ser mãe, eu não vou te poder te dar felicidade, uma família! Eu entendo se você não quiser mais casar comigo, desfazemos tudo e você arruma alguém melhor que eu… – Ele então chorando da mesma forma, calou meus lábios com um beijo.

– Quem disse que não poderemos ser feliz? Ter uma família? Eu nunca irei te deixar, eu amo você Nicole! Tente entender isso, tá? Eu não vou te largar por conta disso. Meu sonho é formar uma família com você, é sim! Não é porque não possa vir um bebê daqui. – Ele colocou a mão sobre meu ventre. – Que você não poderá ser mãe e eu pai! Tem vários bebês que podemos adotar meu amor. Você pode sim ser mãe!

– Mas eu nunca vou ter um filho meu e se Luan, você me entende, não é a mesma coisa. Não é!

– Meu amor, você acredita em milagres? Você tem fé?

– Sim eu tenho fé!

– Então só isso basta para um milagre acontece, e nossa felicidade chegar.

– Eu te amo, obrigado por ser o mais perfeito do mundo todo. Eu vivo você, você é minha outra metade.

– Não quero te ver chorando ai calada pelos cantos, tá? Eu amo você.

Luan me beijou.

(…)

Os dias foram passando, e desde o dia que recebi a notícia dos exames estava pra baixo. Luan viajou por duas semanas direto, sempre que dava nos falávamos.

Bruna e Jéssica insistiram bastante para irmos para uma boate, fomos, nem que seja um pouco nos divertimos. Elas me queriam bem, fomos ao shopping fizemos compras.

Fomos na mulher do vestido que estava ficando cada dia mais lindo.

Um mês e meio depois…

– Vamos logo Nicole.

– Ai Luan, calma uai.

– Tem meia hora que cê disse que estava pronta, por isso que eu vir.

– Eu estava deitada amor, calma.

Hoje eu e Luan olharíamos nossa casa, no alphaville mesmo. Gostamos daqui, ainda mais por ser perto dos nossos pais, e ser seguro.

– Anda vamos! – Luan saiu me puxando.

– Nossa, insuportável.

– Mas cê gosta de mim, então pronto. – Me lascou um beijo.

– Aiai!

Nós rimos e meu pai foi junto com a gente, rodamos o alphaville inteiro, quando eu gostava de uma coisa Luan não gostava de outra. Quando Luan gostava eu não gostava.

– Já sei qual é a casa perfeita pra vocês! – O cara disse.

– Onde?

– Venham!

Entramos no carro e fomos mais dois quarteirões, quando chegamos a tal casa, como era linda por fora!

– Que linda! – Eu e Luan dissemos juntos.

– Isso porque não viram por dentro ainda.

Ao entrarmos, a casa era linda espaçosa, tinha um quintal grande perfeito. Uma piscina com uma vista divina. Os quartos grandes como eu queria, a cozinha a coisa mais perfeita do mundo. Até que uma porta.

– Esse lugar ai Luan, tem tudo haver com você, pode entrar.

Na hora em que Luan entrou, era um estúdio muito bem planejado e perfeito, a casa era realmente maravilhosa.

– Caramba cara! Essa casa é perfeita!

– Demais né Luan?

– Demais amor.

– Você gostou Ni?

– Eu amei.

– Essa então?

– Sem dúvidas! – Sorrir.

Enquanto Luan e meu pai conversava com o imobiliário, eu fui andando pela casa, e vendo os pequenos detalhes.

– Imagina como vai ser lindo, nós aqui. – Luan apareceu atrás de mim.

– Já podemos vir? – Eu ri.

Ele riu.

(…)

Ao sairmos, meu pai disse.

– Nicole, Luan já vou porque tenho que ir na empresa.

– Ok pai, obrigado por vir com a gente.

– É Rodrigo, obrigado!

– Por nada.

Ao irmos pra casa do Luan, ele disse que ia tomar um banho. Fui pra cozinha onde Marizete preparava um café da tarde.

– Oi Mari!

– Minha nora, como está?

– Muito bem obrigado, e você?

– Estou ótima. – Ela sorriu. – Luan?

– Foi tomar banho, escolhemos a casa é tão linda!

– Tenho a certeza que é, vocês vão ser muito felizes Nicole. Tenha a certeza disso!

– Se Deus quiser.

Ficamos conversando até Luan voltar, e também Bruna e Robert chegarem.

– Gostava de você Robert, quando você não tinha que levar o Luan. – Ri, fazendo careta.

– Só por alguns dias Nic, desculpa.

– Tudo bem.

Tomamos nosso café da tarde junto com os pais de Luan e Bruna, ao acabarmos Luan se despediu para mais uma semana de shows. Eu então também fui pra casa para me arrumar pra faculdade, estava na semana de provas.

Na faculdade as provas foram até fáceis, eu estudei bastante também. Assim que terminei recebi ligação do Lucas.

– Ni, tudo bem?

– Oi Luc, tudo e você?

– Tranquilo, vamos hoje num barzinho? A galera toda topou.

– Serio?

– Sim, passa lá. Vamos te esperar, estamos chegando lá já.

– Ok, encontro vocês lá! Beijo.

Ao desligar, meu celular tocou novamente era Luan.

– Oi amor, tudo bem?

– Tudo princesa, onde você está?

– Indo pro barzinho com os meninos.

– Meninos?

– Henrique, Lucas, Gui, Ítalo, Bruna, Jess. – Disse.

– Ata!

– Hm, pensou que era quem hein? – Ri.

– Esses machos safados ai da faculdade. – Ele disse.

– Ah, com certeza saio sempre com eles né Luan?

– Boba.

–Uai. Tá no camarim?

– Sim amor, vou atender às minhas fãs agora. Beijo, fica com Deus, te amo!

– Beijo, te amo!

Então entrei no carro e fui para o barzinho onde Lucas tinha me mandado o endereço. Ao chegar, logo vi eles, me sentei, onde bebemos algumas coisas, comemos.  Tinha tempo que não reunimos tanto assim.

– Nic, faltam apenas um mês e meio pro seu casamento! – Bruna disse.

– Perderemos uma marinheira. – Jéssica riu.

– E a gente um marinheiro! – Henrique disse.

– Como vocês são bestas! Só vamos nos casar.

– Só? – Ítalo riu.

– Sai daqui Ítalo, seu chato!

Então pedi que Ítalo tirasse uma foto minha com as meninas, e eu postei.

tumblr_nkgi992v1z1tq9aa9o1_500

“@nicolecarvalho: Depois da facul, encontro com as mais lindas. 💘💘 @brusantanareal @jesslaguiar @larissawerneck”

@italoaguiar: E os créditos? kkkkkk

@guilhermeaguiar: as mais chatas! ❤

@luansantana: Lindas! Meu amor ❤

@nicoleprincesa: As melhores!

@luanvida: Olha o luanzin marcando território! Luni ❤ Lindas!

@robertfreittas_: Hmmm! hahaha

Depois tirei mais uma com 

tumblr_nh0cnycfUM1tekmkio1_500

“@nicolecarvalho: Os irmãos Aguiar ❤ @guilhermeaguiar @italoaguiar.”

@jesslaguiar: Faltou eu 😦

A noite com a galera foi muito boa, mas eu precisava voltar pra casa. Primeiro deixei Bruna em casa. Então eram meia noite quando cheguei em casa, minha mãe ainda estava acordada, meus pais faziam churrasco.

– Isso é hora? – Olhei pra eles.

– E isso é hora mocinha? – Duda riu.

– Aiaiai! – Ri.

– Isso aí Duda. – Barbara riu.

Fui na minha mãe me sentei perto dela e começamos a conversar, bater um papo, há tempos não separávamos um tempinho para conversar.

tumblr_ngskj5DRjc1rmdwhno1_500

“@nicolecarvalho: Mãe, a mais linda de todas! @estelacarvalho 😍 “

@princesanicole: Tal mãe, tal filha ❤

@luanminhavida: Cara sua mãe é linda, igual você! 😍

@gurizinho: 😍

@jesslaguiar: Tiaaaa ❤

@luansantana: Lindas!  😍

@brusantanareal: Irmãs? 😍 

Capítulo 54–Não é o momento

Luan claro ficou super sem graça, e sorriu.

– Obrigado Rebecca! – Ele disse. – Já conhece minha noiva? – Me segurou pela cintura. – Nicole Carvalho!

– Hm, noiva? Não sabia. – Ela riu. – Prazer Nicole. – Estendeu as mãos, e eu então apertei a mão dela com vontade.

– É todo meu, Rebecca né? – Fui super cínica.

Assim que soltei a mão dela, ela fez careta e disse.

– Sua festa está ótima Luan, deveria fazer mais vezes e me chamar! – Sorriu e saiu.

– Que piranha! – Disse nervosa.

– Ei amorzão, não liga ta? – Luan me abraçou.

– Justamente a que eu disse pra você não convidar! – Suspirei.

– Ei vai brigar logo hoje? – Ele me olhou.

– Não Luan, desculpa ta? – Disse. – Vou ao banheiro.

Ia saindo, ele me puxou.

– Não fica assim. – Me beijou. – Eu amo você.

– Eu também te amo. – Disse e sair do local.

No banheiro peguei um papel toalha para o suor do rosto. E retocar a make também. Até que Bruna também entrou no banheiro com Jéssica.

– Aconteceu algo? – Jéssica me olhou.

– Não, não aconteceu nada. – Disse. – Sabe onde tá meus pais?

– Vi eles sentados com meus pais agora Nic!

– Ah ótimo, vou até lá!

Sair dali deixando as meninas, e me sentei próximo a sogra e fiquei conversando com ela e com minha mãe.

Bruna On.

– Nicole tá estranha!

– Ta mesmo Bru. – Disse. – Se encontrarmos Luan, perguntamos, pois ela não vai nos falar, não agora.

– Também acho.

Saímos do banheiro.

Bruna Of.

– Porque não está com as meninas filha?

– Estão com os namorados dela mãe.

– E porque você não está com o seu?

– Ele ta com os amigos dele. – Ri. – Quero ficar com minha sogra, sogro e vocês uai.

Elas sorriram.

– O que o Luan fez? – Sogra perguntou baixinho.

– Nada Mari, fica tranquila.

– Certeza?

– Absoluta.

Então continuei a conversar, beber, comer com meus sogros e meu pai.

Luan On.

Uai cadê Nicole que não voltou? Fui até as meninas encontrei Bruna com Robert.

– Bru, viu a Ni?

– O que você fez com ela? – Ela me olhou.

– Nada uai, porque?

– Ela está sentadinha lá com os pais dela, e meu pais. – Bruna disse. – Luan toma cuidado!

– Gente eu não fiz nada, eu hein! – Sair dali, indo atrás da Nicole.

Ao chegar perto de onde meus pais e meus sogros estavam vi Nicole, sorrindo com algo que minha mãe dizia. Ela então me viu, e sorriu.

– Amor. – Chamei. – Vem ficar comigo!

– Ai Luan, senta aqui.

– Não, vem! – Ele me fez levantar.

E saiu me puxando pro meio do povo.

– O que foi hein?

– Não é nada Lu, porque?

– Cê ficou estranha uai.

– Não é nada tá bom? Sério mesmo, só me sentei lá, pra você curtir seu aniversário com seus amigos.

– Mas eu quero curtir e com você, com minha noiva, minha princesa. – Selando meus lábios, me enchendo de selinhos. – Eu sei que cê ficou assim por causa da Rebecca.

– Luan.. – Ele me interrompeu.

– Ni, amor… Eu te conheço tá, muito mais que muita gente, e sei que é por isso.

– Tá, tá Luan. – Suspirei.

Ele então me abraçou e disse.

– Te juro que nada mais importa, eu amo você.

(…)

Então cantamos parabéns para Luan, a festa realmente terminou às quatro da manhã. E então voltamos todos pra casa, cansados.

Eu fui embora com meus pais e minha irmãs, ao chegar em casa tomei um banho e dormir.

FJ

Beatriz uma colega da faculdade, marcou de vir para fazermos um trabalho aqui em casa. Ao acordar tomei meu café.

– Nicole, você tem visita! – Bárbara disse.

– Ok. – Disse da cozinha, me levantando terminando meu copo de suco.

Fui até a sala.

– Bom dia Beatriz! – Sorrir, cumprimentando-a com apenas beijinhos na bochecha.

– Bom Nicole! – Ela sorriu. – Vir cedo demais?

– Não claro que não, assim podemos começar cedo.

Então começamos a fazer nosso trabalho, meus pais acordaram e minha mãe junto com Angelina foram preparar o almoço. Eu fiquei amanhã inteira fazendo o trabalho com Beatriz, quando paramos para o almoço, logo após o almoço  voltamos a terminar o trabalho.

Quando eram quase quatro da tarde, acabamos e fui levar ela até a porta. E Luan estava chegando, descendo do seu carro.

– Bea, nos vemos amanhã!

– Sim Nic, um beijo e até!

Então Luan a cumprimentou e ela se foi, e ele então selou meus lábios.

– Oi meu amor, te esperei lá em casa pra me ajudar a abrir aquele monte de presentes.

– Ai Luanzinho, estava fazendo o trabalho da faculdade.

– Eu sei meu amor.

Então Luan entrou e ficamos conversando sobre a festa, até chegarmos no assunto casamento. Luan disse que tudo pro casamento já estava preparado, que ele tinha olhado com Bruna. Como eu deixei pra ele olhar.

(…)

Os dias foram passando e a cada dia eu estudando mais, Luan viajando. E eu e Bruna olhando meu vestido que eu tinha pedido pra fazer. Eu estava a cada dia animada.

(…)

– Filha você está preparada?

– Não mãe.

– Estamos com você pra qualquer coisa, tá?

Minha mãe e eu estávamos no hospital, pelos exames que eu fiz por causa da última gravidez ocorrida.

Então abrir o envelope meu coração foi até a boca, ao ler que, sim eu poderia ter filhos, mas que as possibilidades eram mínimas.

– Nicole não chora, temos tantos tratamentos. – Dra, me olhou.

– Meu sonho e o sonho do Luan é sermos pais como vou dizer isso a ele?

– Ai não disse que vocês nuncam poderão ser pais, as possibilidades são mínimas. – Ela disse novamente.

– É a mesma coisa de não ter como! – Me levantei. – Desculpa Dra. mas não posso continuar aqui.

– Filha, minha linda espera.

– Te espero no carro mãe.

Eu coloquei meus óculos de sol escuros, as lágrimas escorriam pelo meu rosto, e eu as secava. Minha vida tinha ido por ralo abaixo. Assim que entrei no carro, meu telefone tocou.

Olhei na tela Luan, eu não iria conseguir falar nada com ele, não agora. Preferir não atender, falaria com ele mais tarde pessoalmente.

Ao chegar em casa passei direto e subir para meu quarto, lá me tranquei no meu cantinho.

Mate ser interrompido por, Luan.

– Ni, sua mãe me ligou! Abre meu amor.

Ele não podia estar aqui! Não agora! 😭😢💔

 

 

 

 

 

 

 

Capítulo 53–Olha elas!

– Luan, como é bom revê-lo! Nicole, menina sumida.

– Padre Miguel! – Ele sorriu.

– Oi Padre. – Sorrir.

– Então vocês vieram marcar a data? – Ele nos olhou.

– Isso Miguel, pro dia quinze de julho… o senhor conseguiria pra esse dia?

– Vamos ver! – Ele sorriu pegando a agenda das datas.

– Vocês querem manhã, tarde ou noite?

– Ni?

– Noite pode ser? – Sorrir.

– A noiva que escolhe não é Luan? – O padre Miguel  já foi escrevendo.

– As muié que manda né Padre? – Luan riu.

– Bobo demais. – Ri.

– Às 19:30? – Ele nos olhou.

– Isso pode ser! – Luan disse.

A Matriz era linda toda decorada, seria um sonho, depois de marcarmos nosso casamento eu e Luan fomos almoçar fora. A noite Luan alugou um local e iria ter uma festa top com seus amigos. Tinha muita gente mesmo, quanto da família dele, quanto os amigos cantores. Muitas piriguetes! Discutimos bastante por isso, mas ele excluiu várias da lista, mas ainda ia algumas. A festa seria a fantasia, eu estava bem animada!

Ao sairmos da igreja fomos almoçar num restaurante mais calmo. De lá partimos pra casa, Luan me deixou na minha casa e foi pra dele. Ele combinou que na hora que fossemos pra festa ele passaria por mim e me pegaria.

– Filha, peguei sua fantasia, esta em cima da sua cama.

– Ni! – Duda veio correndo. – Sabia que eu vou de Elza!

– Hm que linda, meu amor! – Sorrir.

– E você Babi?

– Vou de mulher gato!

– Ui ui!

A hora da festa se aproximava e eu claro fui me arrumar, me produzir para a noite. Depois do meu banho sequei os cabelos, fiz a make e coloquei a fantasia. Ao terminar coloquei o salto em meus pés, e desci pela espera do Luan.

Meus pais já tinham se arrumado também, e minhas irmãs também. Não demorou muito e alguém bateu na porta.

Quando abrir a porta, Luan estava um gato!

– Que vampiro é esse? – Sorrir. – Meu Deus!

– Tô procurando por um pescoço de uma bela moça, acho que pode ser o seu.

– Ai seu idiota! – Rimos.

– Caramba! Vocês dois estão maravilhosos juntos!

– Que lindos! – Duda disse. – Luan ta gatão!

– E você ta uma linda princesa, Dudinha! – Ele disse.

– Tira uma foto pra gente Babi. – Luan pediu passando o celular dele.

– Agora!

Então fizemos nossa pose e Barbara tirou nossa foto e Luan postou em seguida, e eu também postei a mesma.

adorei

“@luansantana: Oiá aí se estamos gatos?! Haha, minha linda amo ❤ . @nicolecarvalho” #HappyDayLS Simboráaaaa!

@gurizinho: Meu Deus!! Que lindos! Curte seu dia amooor @luansantana ❤

@jesslaguiar: Amores da minha vida, cêis tão gatos demais!  ❤

@amorls: Lindos ❤

adorei

“@nicolecarvalho: Um vampiro desse, quem não quer ser mordida? Hahaha te amo meu amor @luansantana Parabéns! ❤ ” #HappyDayLS

– Uai menino você não foi ainda não? – Minha mãe olhou Luan.

– Fui ainda não sogra, vim buscar minha muié uai. – Ele riu. 

– Seus convidados já estão chegando, vejo por fotos na internet. – Meu pai disse.

– Vamos então amor! Valeu Rodrigão espero vocês lá!

– Tchau gente! –Eu falei.

E então entramos no carro do Luan. Seguimos para o tal local, conversando, rindo, Luan acelerou e em minutos estávamos lá. Na frente estavam cheio de convidados e fotógrafos na hora em que viram que uma Ferrari Branca se aproximavam a atenção foi voltada para nós juntou um monte de seguranças para que saíssemos do carro.

Ao descermos Luan passou a chave para Rober para que levasse o carro para o estacionamento, Luan veio pro meu lado e segurou minhas mãos e Luan acenava para a galera que o chamava, eram vários flash em cima da gente. Ao chegarmos no lugar, eles fizeram umas fotos minhas e do Luan e logo depois eu entrei, Luan ficou para uma entrevista na porta.

– Porque cê não ficou lá comigo muie? – Ele riu.

– Não sou mais acostumada com isso. – Ri.

– Caraca, isso aqui ta demais!

– Realmente tá maravilhoso!

– Olhaaaa elaaaaaas! – Hugo Gloss apareceu gritando. – Nicole maravilhosa, e o bofe magia delaaaaa!  

– E aí Hugo! – Luan cumprimentou.

– E ai Luanzinho gato, maravilhoso de vampiro, me mordeee! – Ele riu. – Parabéns!

Luan ria bastante e eu então?

– Obrigado Gloss!

– Olha elaaaas! – Sorrir o abraçando. – Pra ficar boa a festa só estava faltando você Hugo.

– Eu sei né meu amor! – Ele riu. – Amiga vou andar procurar um bofe magia por aí, depois nos falamos.

Ele saiu. 

– Ele é o máximo! – Ri com Luan.

– Ele é engraçado demais. 

– Amor vai ver seus convidados ta? Nos encontramos depois, vou procurar a galera, as meninas. – Sorrir, dei um selinho nele.

– Ta bom minha linda!

– Juízo com essas muié aí hein, tô de olho.

– Meu amor, cê é a mais gata dessa noite, só tenho olhos pra você.

– Uhum, tá! – Nós rimos.

Então Luan foi nos amigos, cumprimentar seus convidados. No palco cantava Fernando e Sorocaba, encontrei Jéssica, Bruna, Barbara.

– Cheguei amores meus! – Sorrir, no grupinho delas.

– Oi amorzão. – Jéssica sorriu. – Cara cê ta maravilhosa!

– Vocês que estão!

– Cunha. – Bruna sorriu.

– Oi?

– Vamos de fotos. 

Então me juntei com as meninas e  o Arthur também estava ali tiramos uma foto.

1941060_652590874866989_326033226_n

“@brusantanareal: Porque hoje é dia de festaaaaa! @jesslaguiar @barbaracarvalho @nicolecarvalho @arthursantoli” #HappyDayLS

– Cadê o vampiro? – Ítalo riu.

– Foi receber os convidados dele.

– E deixou uma gata dessa sozinha? – Lucas chegou rindo.

– Luc! – Sorrir. – Lari!

– Oi Nic! – Lucas me abraçou.

– Nicole, você está linda! – Larissa sorriu.

– Você meu amor!

– Gente como é bom juntar todos os amigos!

– Como assim todos se eu nem tô aqui ainda, acabei de chegar? – Marquinhos chegou junto com a namorada.

– Uai, mas ta todo mundo aqui homem! – Ri. 

Então ai chegou Douglas, Luan, Rober, Guilherme, Robert, Henrique e começamos a zoar, dançar, comer, beber. O show do Sorocaba estava bom demais. E eu dançando com o Luan, Sorocaba disse.

– Não quero atrapalhar o casal mais lindo da festa, mas Luanzin sobe aqui!

– Vai lá amor. – Sorrir.

– Te amo! – Selou nossos lábios e subiu no palco.

Me juntei com meus amigos novamente.

E escutei um grito de uma mulher lá trás. 

Luan gostoso! 

Respirei fundo, com certeza seria uma das periguetes que ele haviam convidado.

– Nossa, quem é essa desnecessária? – Bruna me olhou.

– Nem quero saber. – Disse.

Então continuamos a curtir o aniversário de Luan, e eles cantavam juntos, subiu Breno e Caio César no palco. Marquinho e Douglas, um monte de cantores pra cantar. Estava muito boa a festa, até que quando parou com os shows um Dj colocou músicas eletrônicas, e Luan veio comigo pra dançarmos. 

Até que fomos ao bar pegar algo pra beber, estava ao lado do Luan virados pro bar, e Rebecca Francys parou do lado do Luan e como se eu não estivesse ali, disse.

– Você ta um gatão hein Luan! – Ele deu uma risadinha assanhada.

Fitei meus olhos nela.