Voltei!

Estão preparadas pra continuação com os filhos?  Hahaha! Espero que sim hein meus amores, ainda não acabou! Hoje tem um capítulo novinho. Super animada!                                                 – Izabella Miranda

Anúncios

Capítulo 97 — Pois só quem sonha consegue alcançar! — Final.

Duas semanas se passou…

Nessas duas semanas Nick levou Lucas pra nós conhecermos, um garoto super educado, muito família, e por incrível que pareça, Luan gostou do garoto. E Nicole, Ah ela estava super caidinha pelo novo namorico. Ô saudades da minha adolescência, quer dizer nem me lembro muito mais! rs. Amanhã seria o grande dia, gravação do DVD do Luan. Que seria em BH – MG, mais um sonho a ser realizado, os fãs por incrível que pareça prometeram o pra sempre com você e todos os ingressos tinham sido esgotado, tirando os convidados, amigos e familiares. Sim esse DVD seria perfeito! Luan como em toda gravação de DVD super nervoso, com medo de nada da certo. Estávamos todos em casa na sexta, Luan havia acabado de chegar de uma reunião da central, eram umas seis da tarde. Estava deitada no sofá ao lado de Luan, Nicole e o namorado conversando no outro sofá, Breno na área da piscina com a Dani e Clara na faculdade, estava quase chegando já.

– Quem diria, todos os meus três filhos namorando. — Sorrir, olhando Luan.

– É o tempo passou neguinha, lembro como se fosse ontem carregando Breno e Nicole e Clara. A bagunça que era tudo isso, todos felizes como sempre. — Luan sorriu.

– Não me arrependo de nada que me aconteceu, ter te encontrado mudou minha vida e pra melhor. — Sorrir. — Sabe Lu, ás vezes penso e se eu tivesse continuado com aquel.. — Luan me interrompeu.

– Ei não vamos lembrar disso né? — Ele acariciou meu rosto. — Sabe que seremos felizes pra sempre, nunca ninguém além de Deus pode nos separar.

– Ah é? E vem cá.. E se aparecer uma loira bem gostosa, linda dos olhos claros? Hein? — Eu o olhei séria, e ele segurava o riso.

– Eu ainda preferia essa minha morena, a mulher da minha vida, a pela qual eu vivo todos os dias. — Me deu um selinho.

– Hmm.. será?

– Sei lá né amor, vai que a loira é bem gostosa.. — Luan esse sabia me irritar.

– Ô Luan Rafael! — Dei um tapa em seu ombro. Ele ria, passando a mão no lado em que bati.

– Tô brincando muié, meu Deus do céu. — Ele fez careta. — Passa os anos e a muié fica mais agressiva, ainda. “Crei Deus pai” — Lucas e Nicole riu. — Cuidado Lucas, essa daí é igualzinha a mãe cara!

– Que isso sogrão, tô tranquilo. — Ele riu. — São mulheres, todas assim.

– Ô Lucas! — Deu um tapa também nele.

Rimos.

– Viu como eles são Nick? — Eu ri.

– Eu estava brincando amorzinha. — Luan me abraçou.

– Sei..

– Borá jantar fora, gente?

– Tem que esperar Clarinha pai.

– O que tem eu? — Ela acabou entrando pela porta.

– Opa! — Sorrir. — Vamos jantar fora, vai se arrumar e desce.

– Ahh, preguiça gente. — Clara se jogou no sofá.

– Anda vai filha. — Luan riu. — Logo muié! Aproveitar, porque amanhã estaremos todos em BH.

– Ta bom gente, vou me arrumar. — Ela subiu correndo.

Fui chamar Breno pra se arrumar. Subi pra me arrumar também, me vestir.

IMG_0956

Todos arrumaram e estavam prontos para irmos.

– Eu vou ter que ficar de vela mesmo? — Clara nos olhou.

– Uai cadê o Guilherme, filha? — Perguntei.

– Faculdade né mãe.. Vamos então, antes que eu desista!

– Que mau humor! — Luan riu. — Venha aqui Clarinha. — Garrou no braço dela. — Vai desistir nada não, uai. Borá?

– Bora pai! — Ela riu.

Fomos todos pro carro conversando. Chegando no restaurante sentamos todos numa mesa que estava reservada e pedimos o jantar. Jantamos curtimos o máximo possível, há tempo não saíamos assim, Luan como sempre não parava em casa. Ficamos até tarde conversando, depois Luan foi pagar a conta e voltamos todos pro carro. Entregamos Lucas e Dani na casa de cada um e voltamos pra casa, afinal, amanhã eles também iriam junto com a gente pra BH na gravação do DVD. Chegando em casa fui terminar de arrumar as malas, Luan foi pro banho, eu logo em seguida. Depois deitamos agarradinhos de conchinha, e dormimos.

Estava ali admirando minha mulher, minha princesa dormindo. Como a amo! Hoje é a gravação de meu DVD e eu como de costume estava muito nervoso, mas desde sempre Alice me passou segurança, fiquei alisando seu rosto. Até que ela abriu um sorriso lindo, ainda de olhos fechados.

– Bom dia meu amor. — Dei um beijo nela.

– Bom dia meu anjo. — Sorrir. — Acordado já? Isso tudo é nervosismo?

– Não conseguir dormir direito. — Luan fez um biquinho.

– A tarde antes da gravação você dorme. — Sorrir. — Borá levantar! Tomar banho, já já temos que ir.

– Borá!

Luan se levantou.

– Vou tomar um banho.

– Vou acordar as crianças. — Sorrir.

Como toda manhã acordei as crianças  que logo se levantaram para se arrumarem, depois de acorda-los. Fui me arrumar, tomei um banho e vestir uma regata, short jeans e um cardigã por cima com alguns coraçãozinhos. Luan estava com uma bermuda preta e uma camisa branca.

– Lu, vamos tomar café amor? — O olhei da porta.

– Bora Lice! — Luan me agarrou por trás, mordendo meu pescoço.

– Opa! Sossega, pescoço não.

– Eu faço isso porque eu sei que é seu ponto fraco. — Ele riu.

– Besta!

– Mãe! — Breno quase gritou.

– Oi Bre? — Me sentei na cadeira e Luan do outro lado.

– Preciso da sua ajuda, pra uma coisa quando chegarmos em BH.

– Ué, tudo você pede seu pai.. hoje sou eu? — Ri.

– Ô mãe! — Breno reclamou.

– Ajudo guri, osh! — Ri.

– Bom dia papai, mamãe. — Nick sentou na mesa.

– Bom dia! — Respondemos.

– Cadê a Clara hein? 

– Tô aqui! — Ela respondeu por trás de mim.

– Todos animados pro DVD?  — Luan perguntou. 

– Demais pai! — Eles responderam. 

– Mas um sonho pai, você vai realizar! — Breno sorriu.

– Ainda tenho muitos sonhos a ser realizados sua mãe mesmo sabe.. — Luan me olhou sorrindo. — Mas de todos os meus sonhos o melhor foi, ter casado com a mãe de vocês e ter vocês comigo. Que são tudo na minha vida, e o que eu preciso pra ser feliz!

– Pai você sem dúvidas alguma, é o melhor pai do mundo! — Clara abraçou o pai e Nicole e Breno também.

– E vocês os melhores filhos, amo vocês!

– Ta e eu? — Falei olhando eles.

– Ô mãe, sem você não existiria a gente uai. — Eles vieram todos pro meu lado. — Te amamos demais. Nossa Rainha!

– Meus amores. 

Tomamos nosso café e Luan foi pegar as malas junto com Breno, até que Well chegou. Nicole e Clara me puxaram pra tirar uma foto antes de irmos.

bora

“Bora? Tamo chegando BH!! Hoje tem gravação de DVD @luansantana!”

– Vamos muierada! — Luan veio nos chamar.

– Borá Lu! E a sogra? 

– Já está no aeroporto esperando uai.

Entramos no carro e fomos todos super animados, até que Nic postou uma outra foto.

nicole

“O seu dia mais feliz, vai ser o mesmo que o meu 💭” Fotografa: @alicebsantana

– Olha mãe a foto que acabei de postar, você que tirou lembra? 

– Sim! – Sorri. — Guilherme, Lucas e Dani já chegaram em BH. 

– Pois é não gostei nada dessa história de Dani ter ido na frente. u-u — Breno disse.

– Pelo amor né Bre! — Nicole riu. —  Deixa de ser ciumento, osh! Deixa a guria.

– Aiai olha quem fala a ciumentinha da Nicole.

– Ô Luan! — Eu o chamei. — Seus filhos aaí ô!  — Eu ria. 

– Já notou que Breno e Nicole sempre que estão perto demais, começam? — Clara riu. — Isso deveria ser ao contrário. Por vocês serem gêmeos. Sosseguem até chegarmos a BH!

 – Isso aí filha! — Luan riu.

– Isso aí nada pai, uai.

Foram discutindo quem estava certo até chegarmos no aeroporto, eu ria demais de todos eles. Chegando no aeroporto sogros estavam lá. Cumprimentamos eles e entramos no jatinho, a viagem foi super tranquila. As crianças sentaram atrás, os avós também. Me sentei na frente na poltrona ao lado da do Luan.

– Será que já tem fã lá?

– Com certeza Lu.. — Sorrir. — Devem estar todos muitos ansiosos.

– Tipo eu! 

– Vai da tudo certo. — Dei um selinho. 

– Vamos tirar uma foto aqui.

Luan tirou e postou.

large (3)

“Meu amor, minha vida, meu tudo! ❤ Tamo chegando BH!!”

Passou umas meia hora o jatinho pousou, e já tinha dois carros esperando pela gente. Luan iria com o Well  pro local da  gravação, eu as crianças e a sogra pro hotel encontrar o restante do pessoal. Foi o que fizemos, em quinze minutos estávamos no hotel. Mandei uma sms pra Bruna.

Bru, acabamos de chegar no hotel! Onde você ta? Bjs gatinha :*”

– Nicole e Clara a chave do quarto de vocês, aí. — Entreguei elas, e ela subiram. — Bre, a sua chave.

– Opa, valeu mãe! Juízo nesse quarto viu?

– Mãe você ta dizendo pra mim ter juízo?

– Você mesmo Breno Santana.  — Ri.

Peguei a chave do quarto meu e do Lu e subi, sogros já haviam subido. Meu celular apitou era sms de Bruna avisando que em meia hora me encontraria no Hall do hotel. Respondi ela e tomei um banho pra refrescar, pós a viagem. Me vestir.

DSC02598

E desci pra encontrar Bruna.

– Bru! — Sorrir, Indo até ela e Ana Luiza.

– Oi Lice, que saudades!

– Muitas né? Sumiu, não aparece mais. Ei Aninha!

– Ei tia Alice.  — Ela disse.

– Uai gravações demais, é o tempo de esta no estúdio, voltar pra pegar Ana no colégio. Corrido!

– Ah pelo menos algo que você curte né? —  Sorrir.

– Sim, e cadê o Pi?

– Foi ensaiar Bru, nem veio pro hotel não. 

– Ah bom.

– Tia cadê a Nicole? — Ana perguntou.

– Lá em cima no quarto, quer ir lá Ana? 

– Quero, posso mãe?

– Vai cuidado hein!

Ela foi saltitante.

– Como cresceu hein Bru. 

– Demais nossa! Mas vem me conta tudo, por esse tempo sem nos ver…

Eu e Bruna ficamos conversando por horas, logo deu a hora do almoço Luan veio pro hotel com todos da banda, almoçamos ali mesmo no hotel.

– Olha o tamanho da minha afilhada gente! —Marla falava de Clara.

– Cresceu demais né Mar, maior que eu! — Ri. 

– Demais Lice, lembro quando peguei essa menina no colo uai.

– Pois é espicharam! Puxaram o Luan, porque eu baixinha do jeito que sou. — Rimos.

Ficamos ali conversando e almoçando, a mesa lotada. Era tão bom esta junto deles..

– Vamos arrumar não é mesmo? — Luan disse.

– Borá mor, tô animada hein!

Sorri ao me encarar no espelho, terminando de esfumar os olhos. O preto ficou leve, então passei meu batom vermelho fosco. Tirei o excesso e então dei um passo para trás e me olhei no espelho de corpo inteiro do hotel. O vestido preto de renda, mangas ¾, um pouquinho curto, e nos pés uma ankle boot preta também. Dei umas voltinhas analisando o look inteiro. Dei OK pra mim mesma e fui até a cama, peguei a bolsa com a câmera. Logo que terminei de arrumar Luan saiu do banho. Já vestido, todo lindo perfeito como sempre.

– Como estou? — Dei uma volta.

– Gata, gostosa, maravilhosa. — Me puxou pra um beijo. 

– Você ta maravilhoso Lu, como sempre.

– Princesa, bora então?

– Bora!

Descemos e encontramos todos lá em baixo, eram duas vans.  Saímos do hotel e logo entramos na van. Fomos conversando e tirando fotos no celular e postando no Instagram. Demorou uns vinte minutos para chegarmos ao local do show. 

Look de todos.

Clara

tumblr_mmw8pqJs5T1sr84fko1_500

Breno

tumblr_mp11baDd0w1s4xm91o1_500

Nicole.

bru-cogo

Bruna

Brusa

– Eita família bonita hein!

–  Demais da conta, todos reunidos. 

Rapidinho chegamos no local todos foram pra área vip dos convidados, onde estariam amigos e família. Fui com o Luan pro camarim, enquanto ele se arrumava pra atender seus fãs, estava eu ali sentada no sofá o olhando.

Quando dei por mim, estava relembrando de tudo que já passamos em cada camarim, viagem ou show. Sorri ao lembrar do primeiro show que fui, o quanto fiquei feliz por conseguir fotografar o show, oportunidade única. E depois disso tudo viramos melhores amigos,  mas sempre que nos víamos seus olhos sempre procuravam os meus. E foi aí que me apaixonei de vez. Tentava fugir as vezes, mas foi em vão. Além do mais, como fugir do amor? Fui a vários shows, me acabei de gritar com amigos, de sorrir vendo seus olhos nos meus em um dos primeiros shows quando fui com meus amigos e fiquei o olhando do camarote… Eu não conseguia segurar a imaginação, que vagava, me fazia pensar em ser sua namorada, em beijá-lo, abraçá-lo e tê-lo pra mim. Isso varria de minha mente a minha ambição de ser amiga dele. Mas era apenas o que eu era, amiga! Melhor amiga.  E tudo isso acabou virando amor, um amor que nunca me arrependo de ter conhecido, uma especialidade única, eu o amo e isso que importa.

Os pensamentos vagaram até o dia em que finalmente comecei a trabalhar com ele, e então eu fui. Fiquei muito feliz em começar um projeto com um cantor já conhecido, e depois disso fiquei triste por dois meses, por ficar muito longe da minha família. Mas sempre foi o que eu quis fazer, meu sonho mais uma vez ali estava se realizando. E então, para meu desespero, alguns meses depois descubro minha gravidez e eu pensei que sim ele iria se afastar de mim, sei lá.. mas esse realmente foi o meu pensamento. Sem querer quis me afastar dele, poderia acabar estragando sua carreira, mas não ele não deixou… Mas foi ai onde tudo começou, nosso amor, nosso romance..

Percebi então que estava chorando. Acordei então de meus devaneios com uma cutucada nas minhas costelas, pelo Luan. 

– Mô, por que está chorando? 

Enquanto Luan abria um sorriso tão fofo pra mim! Abri os braços, numa vontade imensa de abraçá-lo. Ele me abraçou do jeitinho dele, apertando só com um braço.

– Amor, só me abraça, mas forte! — Então ele me envolveu em seus braços. Apertei meus braços em volta de seu pescoço, sentindo seu cheiro, sentindo ele! Fechei os olhos e sorri, enquanto uma lágrima descia em meu rosto. Luan me soltou. Firmei os pés no chão e só então abri os olhos.

– Me diz porque ta chorando Licinha? 

– Não sei Lu, não sei.. 

– O princesa, chora não coisa linda, eu amo ocê viu? 

– Eu também te amo coisa mais linda da minha vida. — Sorrir. — Hoje Rob ta aí pra ajudar a fotografar a gravação.  Ta quase na hora, ta  pronto?

– Tô prontíssimo! — Ele me deu um beijo.

– Olha vou ali no Breno que me pediu uma ajuda, e volto antes de você entrar no palco. — Dei mais um beijo, mais um, e mais outro. Sorrir. — Vou sentir saudades.

– Eu já estou sentindo. — Ele me puxou. — Mais um beijinho.

Dei mais outro entre risos. — Volto já morzinho.

– Beijo!

– Beijo!

Fui atrás de Breno na área vip, que coisa linda que estava aquilo ali, meu Deus! A pista estava com as mesas e cadeiras, as fãs tudo sentadinhas, estava lindo. Os amigos meus e do Luan, estavam ali Bianca, Arthur com a filhinha deles, família de Luan, meus pais, estavam muitos artistas ali. Enquanto ia procurando Breno, fui tirando fotos da galera. 

– Mãe te encontrei! — Breno apareceu atrás de mim.

– Estava te procurando também, me diz o que é.

– Mãe como você sabe, meu pai é doido que eu cante com ele.. nesse DVD hoje, queria entrar no meio do DVD sem que ele saiba, ser uma surpresa, o que você acha?

– Super legal, e ele vai amar. Conversa com a galera da banda lá no camarim, e o pessoal da produção eles, vão te da instruções ok?

– Ta bom. Vou lá, obrigado mãe.

– De nada amor. 

– Aliceee! — As fãs me gritaram.

– Oi meninas, tudo bem?

– Tudo, e aí cadê o Luan?  

– Luan ta se aprontando, daqui a pouco ele ta entrando. — Sorrir. — Deixa tirar uma foto de vocês?

– Opa, agora!

Tirei a foto das meninas elas pediram pra ver, mostrei elas. E voltei pro camarim. Chegando lá estavam todos lá, tirando fotos com o Luan. E só faltava eu pra fazermos a oração e Luan já entraria no palco.

– Peço a Deus que venha abençoar mas essa conquista, que vamos realizar. Quero primeiramente agradecer a Deus e vocês por sempre me da esse apoio. O Testa que me acompanhou toda minha carreira, hoje  veio me presentear com sua volta a família LS. Quero agradecer a minha família que estão todos comigo mais uma vez, aos meus amigos,  só quero dizer que não estou realizando o MEU sonho e sim, o NOSSO sonho! Pai nosso…

Todos rezavam juntos, logo depois de rezar, todos colocaram as mãos uma em cima da outra e jogaram pra cima.

– 1, 2, 3 Luan Santana!

Todos nós abraçamos o Luan e ele super nervoso, parou em minha frente. 

– Eu tô pronto!

– Você sempre está, meu amor.

– Muito obrigado viu? Obrigado mesmo por tudo que já fez por mim e por tudo que faz! Eu te amo.

– Eu também. 

Nos beijamos era bem o que a imprensa queria, foram vários flash em cima de nós dois. Vi Rober pedindo eles para saírem, porque o show iria começar. Todos já tinha ido pra seu devido lugar.

– E aí fotografa, como nos velhos tempo.. Pronta?

– Pronta? — Olhei sem entender.. até que. — Claro que eu ganho né Testa, partiu palco fotografar.

– Quero só ver!

– Como nos velhos tempos: vocês não tem nada do que fazer né? — Luan riu.

– Borá Lu, palco anda! — Riu.

– Borá. — Luan pegou a jaqueta e foi vestindo pelos corredores, me abraçou logo em seguida.

– Te amo.

– Eu também vida. — Sorrir, dando um selinho. — Vai lá e arrebenta!

– Pode deixar! Como nos velhos tempos.

Eu e Rober olhamos pra ele e rimos.

E a introdução havia começado Luan estava super feliz, não podia esconder a felicidade.  No meio do palco tinha havia uma cadeira alta e ao seu lado o violão, Luan entrou todo feliz as fãs, tentavam se comportarem o máximo possível, afinal era um acústico. hahaha

– Bom noite BH! Que coisa linda, ta isso aqui! Obrigado a todos os fã clubes que estão aqui, a todos meus fãs, amigos e família. E só tenho uma coisa a perguntar pra vocês, e aí cê topa?

Ele se sentou e começou a tocar e cantar. Eu e Rober e Rodrigo Berthon tirávamos as fotos. O show estava lindos, as fãs disseram que nunca tinha ficado tão perto dele como hoje. Luan cantou várias músicas, novas e também do DVD nosso tempo é hoje, do ao vivo no Rio, Ao vivo em Campo grande, realmente foi uma grande mistureba! rs. Quando Luan disse que iria cantar Mais que amigos, vi Breno se ajeitando lá trás.  

– Tem pessoas que a gente conhece que eternizamos pra sempre em nossa vida, não é mesmo? Tipo amigos, tem amizades que realmente estão contigo a todo momento.. — Breno entrou interrompendo o pai.

– Como você pai meu melhor amigo,  meu herói, minha vida, que sempre me mostrou o que é o certo e o que é o errado. E o que eu devo fazer e o que não devo! Aprontamos demais juntos não é? Desde pequeno eu lembro, quando você ficava em casa aproveitamos  o máximo possível, quando D. Alice saia a bagunça que fazíamos lá em casa, quer dizer né pai.. ainda fazemos! — Ele riu. Luan também sorriu nessa hora, tirei a foto desses maravilhosos. — Eu só quero te dizer que você é muito importante pra mim, pra nossa família, pra suas fãs. Você é um anjo que o senhor, nos enviou.

Não é preciso mais adormecer pra sonhar com um anjo descendo do céu, basta você perceber que sou mais que um amigo fiel. Sou aquele que traz alegria de Deus e a entrega direto ao seu coração e com você vou sorrir e chorar, lado a lado vamos caminhar. Quando de ajuda você precisar dou minha vida pra te resgatar, esse é o desejo de Deus (de Deus).. De hoje em diante o seu anjo sou eu… Sou muito mais que um amigo sou o anjo que o Senhor enviou, pode gritar para o mundo ouvir sou o anjo que o Senhor enviou pra ti.  Não tenho asas e nem sei voar, mas o que o mundo não pode eu posso lhe dar, vou lhe mostrar o caminho de Deus só ele pode te santificar.Quando de ajuda você precisar dou minha vida pra te resgatar, esse é o desejo de Deus (de Deus).. De hoje em diante o seu anjo sou eu… Sou muito mais que um amigo sou o anjo que o Senhor enviou, pode gritar para o mundo ouvir sou o anjo que o Senhor enviou… Nós somos mais que amigos somos anjos que o Senhor enviou vamos gritar para o mundo ouvir somos anjos que o senhor enviou. Nós somos mais que amigos somos anjos que o Senhor enviou,vamos gritar para o mundo ouvir somos anjos que o Senhor enviou.. pra ti. — Os dois cantaram juntos, a música toda. Luan segurando o choro daquele jeitinho dele. Todos aplaudiram gritaram, choraram, com toda essa forma de amor de carinho, pelo pai.

– Pai eu te amo! —Abraçou Luan, não pedi um momento.. Os flash era de segundos em segundos, juro que eu chorei.

– Como você faz isso comigo Brenão? — Luan riu. — Ta vendo galera, meu filhão! Eu te amo rapais!

Se abraçaram mais uma vez!

– E pra finalizar essa noite maravilhosa quero agradecer a todos vocês que mais uma vez participaram desse sonho comigo, porque aqui não é o meu sonho é o NOSSO sonho, nunca será só eu! Será nós! Porque nós, somos uma família. Temos uma aliança lembram? — Ele ergueu a mão. — Nunca devemos retira-la. Isso que nos une mais e mais, só quero dizer uma coisa vocês são fodas! Vocês são os melhores fãs do mundo e pronto cabô.. Não tem disse que vocês é aquilo é isso.. VOCÊS SÃO OS MELHORES FÃS MUNDO, E EU SÓ DIGO UMA COISA, NUNCA PAREM DE SONHAR, ACREDITE NOS SONHOS DE VOCÊS. Assim como eu mesmo conseguindo realizar sonhos eu não desisto de querer realizar mais e mais, isso é o que me fortalece a continuar, sabem o que é? O amor, o carinho, o respeito de vocês! POIS SÓ QUEM SONHA CONSEGUE ALCANÇAR. 

– METEORO! — Luan começou a cantar.. — Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração você é raio de saudade meteoro da paixão, explosão de sentimentos que eu não pude acreditar. Ah! Como é bom poder te amar! Depois que eu te conheci fui mais feliz você é exatamente o que eu sempre quis ela se encaixa perfeitamente em mim o nosso quebra-cabeça teve fim. Se for sonho, não me acorde eu preciso flutuar… Pois só quem sonha consegue alcançar!  Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração você é raio de saudade meteoro da paixão, explosão de sentimentos que eu não pude acreditar. Ah! Como é bom poder te amar! Depois que eu te conheci fui mais feliz você é exatamente o que eu sempre quis ela se encaixa perfeitamente em mim o nosso quebra-cabeça teve fim. Se for sonho, não me acorde eu preciso flutuar… Pois só quem sonha consegue alcançar! Tão veloz quanto a luz pelo universo eu viajei vem! Me guia, me conduz , que pra sempre te amarei. Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração você é raio de saudade meteoro da paixão, explosão de sentimentos que eu não pude acreditar. Ah! Como é bom poder te amar! Ah! Como é bom poder te amar! 

– Acredite nos sonhos de vocês, nunca parem de sonhar, porque Deus não demora.. ele capricha! 

Luan se despediu e fomos todos pro camarim parabenizá-lo. Ela estava todo feliz, todo bobo, pelo filho ter cantado com ele. O sonho do Luan é que os filhos sejam cantor, mas quem sabe, um dia talvez! 

– Só sei dizer que o nosso amor é eterno, e que minha vida é sua, que sem você não da mais. Te amo e nunca esqueça Alice, minha vida só faz sentido se tiver você e meus filhos nela. Mui obrigado, eu amo você.

– Eu também te amo vida da minha vida. 

The End…

 

Fã, palavra que contém apenas duas letras. Mas que tem um significado tão extenso e intenso. Só realmente quem sente isso, sabe entender. Fã não é aquele que tem várias fotos com seu ídolo, não é aquele que tem todos os pôsteres, revistas… mas é aquele que ama o seu ídolo incondicionalmente. Que o admira, respeita, que acima de todas as coisas quer ver o seu ídolo feliz e não mede esforços para ver a felicidade de seu ídolo. Vota com fervura nas premiações, luta, chora e… vence! Pode demorar, mas vence. “Deus não nos dá um fardo maior do que nós podemos carregar” ou seja, se nós temos um sonho que por muitas vezes soa ser impossível, é possível conseguirmos. Deus nos deu esse sonho, e não foi em vão.         – Izabella Miranda.

 

Aviso! – Desculpem!

Meus amores, me desculpem por essa demora para postar o último capítulo, mas está muito difícil, não estou tendo tempo. Desse final de semana não passa, podem ficar tranquilas!  Me perdoem.  Ahh! E notícia boa pra vocês que pediram para continuar a Fanfic com os filhos de Luan e Alice.. Eu irei fazer sim, uma história deles de apenas 30 capítulos. E assim que acabar essa dos 30 capítulos, começarei a próxima! Hahahaha! Espero que gostem viu?  Olhem sábado postarei o último capítulo, cheio de emoções pra vocês! 

Capítulo 96 — Momentos só de saudades

3 semana depois…

– Breno, acorda e se arruma, vamos nos atrasar pra aula anda! — Dani amiga de Nick, e Breno haviam começado a namorar, ela entrou no quarto chamando o Breno. Eu que havia pedido.

– Ah mãe! — Breno reclamava, eu olhava da porta rindo.

– Que mãe o que guri?! Levanta, anda.

– Daani, quem te mandou subir aqui?

– A sogrinha meu amor. — Rindo. — Estou te esperando lá em baixo, não demora.

– Tinha que ser minha mãe, quem mais seria? — Breno reclamava.

– Ei, eu tô ouvindo! — Eu falei.

– Te amo mamusca! — Breno mandou beijo.

– É né?! — Eu ri. — Vem Dani, vamos tomar café enquanto Breno arruma.

– Borá!

Descemos e nos sentamos com Nick na mesa.

– Ô mãe! — Nicole disse.

– Oi Nick?

– É que sabe…

– Vish quando fala assim, tem coisa.  — Eu olhei pra ela me sentando.

– Ai Dani me ajuda, guria.

– É assim sogrinha. — Ela riu. — A Nick ta namorando.

Luan e Breno apareceram na porta da sala de jantar.

– COMO É QUE É? — Os dois disseram juntos.

– Vish fodeu! — Dani riu.

– Táquepariu Daniele! — Nicole disse.

– Uai você pediu ajuda menina, oxê! — Juro que eu não consegui segurar o riso.

– Luan sente e vem tomar café, anda amor. — Chamei Luan. — Você também Breno. — Me conte mais dele filha, eu conheço? — Sorrir, orgulhosa da minha filha.

– Perai! A Nick diz que está namorando e você leva tudo numa boa? — Luan se mordia de ciúmes, como sempre teve.

– Uai, normal na idade dela Luan. Igual o Bre, namorando a Dani.

– É mesmo sogrão! — Dani riu.

– Amor calada! — Breno riu. — Quem é o cara? Quero saber Nicole.

– Aiai Breno! — Nicole riu. — Então ele é o Lucas, meu amigo lá da agência onde faço os desfiles. — Ela disse com um sorriso apaixonado.

– Quero conhece-lo. — Falei animada.

– Vocês vão mãe. — Ela disse.

– Minha princesinha namorando. — Luan fez biquinho. Olha o drama.

– Papai sempre serei sua princesinha uai.

– Eu também! — Clara veio sorrindo. — O que ta havendo, que o papai começou com os dramas?

– Nick namorando! — Disse super animada.

– Opaa!! Quero conhecer o gato Nick!

– Qualquer dia ele aparece aqui Clarinha. — Sorria.

– Então vamos que levarei vocês pra escola. — Clara disse.

– Você ta bem Clara? — Nick riu.

– Nicole pare com isso. — Ri.  — Vão pra escola, se não vão chegar atrasados.

– Ta bom mãe beijo, te amo. — Nicole me abraçou. — Te amo papai. — Deu um beijo no Luan, que estava emburrado.

– Beijo mãe, flw ai pai! Até mais tarde. — Breno saiu.

– Beijos meus amores. — Eu disse. — Tchau Dani.

– Tchau Gente.

– Mãe não irei voltar pra casa agora, ta? — Clara saiu rodando a chave de seu carro nos dedos.

– Ta bom.

– Fui! — Ela saiu.

– Ei vidinha! — Sorrir. — Para com isso, vem cá vem!

– Não quero. — Luan fazia igual eramos mais novos. Que vontade de morde :3

– Mô vida.. — Passei meus dedos levemente por sua nuca.

– Hmm..

– Gostoso. — Sussurrei, dando uma mordiscada na orelha de Luan. Ele se arrepiou todinho.

– Para de provocar.. — Ele mordeu o próprio lábio.

– E porque hein? — Dei um leve cheiro em seu pescoço.

Me afastei rindo, o olhei. Ele riu. E foi pra correr atrás de mim, sair correndo pela casa e Luan atrás de mim, feito dois idiotas ficamos correndo pela casa, subi pro quarto e ele riu vindo atrás.

– Eu disse gatinha, pra você não provocar..

– Pare ai mocinho! — Eu ria. — Peguei um bombom que estava na cabeceira da cama e estava comendo, e provocando ele.

– Alice, para mô. Vem cá vem, que sua boca tá suja.

– Onde? Fala que eu limpo.

– Chocolate não se limpa se lambe. — Ele disse piscou.

Se aproximou de mim e limpou o chocolate que estava em minha boca com um beijo delicioso. O beijo foi ficando muito quente e intenso, ele segura em minha cintura e vai apertando e mordendo meu pescoço me deixando completamente arrepiada.

– Sabe que ai é meu ponto fraco né Luan. Assim não vale.

Luan não disse nada, apenas continuou beijando minha nuca e mordendo meu pescoço, com a mão ele vai acariciando minha perna e subindo aos poucos minha saia, suas mãos estavam quentes, aliás seu corpo todo estava. Luan começou um beijo mais voraz, ele brincava com a língua em minha boca, o clima começa esquentar e Luan coloca a mão por dentro da minha blusa eu me empolgo e tiro a camisa dele. Eu continuo o que estava fazendo, Luan já estava sem camisa e eu começo beijar seu peitoral . Luan vai tirando minha blusa deixando a mostra meu sutiã. Ele não resiste e avança em meus seios os beijado, acariciando, mordendo. Meu corpo arrepiava a cada mordida, beijo e caricia dele, e eu queria mais. Assim como a noite nós estávamos muito quentes, Luan me deita na cama e começa beijar meu corpo, ele
arranca meu sutiã com certa violência, eu me assusto mais gosto da atitude. Depois de horas nos amando, nos deitamos um do lado do outro, era como se fosse nossa primeira vez, sempre é assim, perfeito! Com a cabeça deitada em seu peitoral, Luan fazia leves carinhos em meus cabelos.

– Foi uma delicia, amor! — Disse ainda sem ar.

– Com você sempre é. — Ele disse me afagando os cabelos.

Ficamos conversando por um tempo ali mesmo na cama, eu deitada em seu peito e ele fazendo carinho em meu rosto.

– É melhor a gente ir tomar um banho né? — Disse. — Tenho que fazer o almoço.

– Só se for agora. — Luan se animou.

– Um de cada vez tá espertinho. — Me levantei enrolada no lençol.

– Assim não vale.

– Luan eu ainda não me recuperei dessa, dá um tempo né? — Eu ri.

– Mas é só um banho muié. Não vou te agarrar não. — Ele ria.

– Você já me disse uma vez que esse tipo de promessa você não cumpre, então sem chance. Eu vou primeiro depois você vai.

-Ah não. — Ele fez bico. Depois de tanta insistência acabei deixando ele tomar banho comigo e como eu previa NÃO foi SÓ UM BANHO.

Luan sendo Luan! Não é mesmo? rs. ❤

 

 Me vestir.

1973c89e763911e286b422000a9d0dd8_7

E deixei Luan se arrumando e desci pra preparar o almoço, as crianças já chegariam da escola. Estava fazendo o almoço quando me deparei com Luan me abraçando.

– Que susto amor! — Disse.

– Desculpe Lice. — Ele sorriu. — Ta chegando a gravação do DVD. — Ele sorriu.

– Mas um acústico. — Sorrir. — Suas fãs devem está quase morrendo de nervosismo, daqui duas semanas.

– Pois é, dessa vez em Minas!

– Já foi por todo Brasil e o mundo né? O 6° DVD gravado nos EUA, foi a coisa mais linda.

– Foi perfeito!

– Mas nada comparado ao O Nosso Tempo é Hoje. — Sorrir. — Aquele DVD realmente foi o melhor do mundo, da história. Ficou realmente marcado, dia 07 de julho de 2013. 

– Nossa amor, aquele foi um sonho! O que eu planejei a anos, fazer. E a galera amou! 

– Tudo que vem de você todos amam Luan, porque é feito com amor, carinho e eles fazem parte desse grande sonho com você.

– É sempre isso que eu tento fazer, levar a emoção, e o meu sonho pro público e se tornar sonhos deles também.

Ficamos conversando relembrando momentos realmente inesquecíveis. Nicole e Breno chegaram junto com Clara, e subiram para um banho antes. Depois desceram, todos juntos.

– Mãe não tô mais aguentando o Bre, cara. — Ela levou as mãos na cabeça. — Juro pra você, não dá.

– O que você tá aprontando Bre? — O olhei.

– Não quero que a Nick namore.

– Esse assunto novamente? Pelo amor, hein! Se você pode ela também pode, tem a mesma idade que você e ela disse que o namorado vai vim conhecer a gente, o que tem de mal aí?

– Ela é menina uai.

– Brenão meu filho eu sei o que você ta sentindo, não é fácil não. — Luan riu. — Quando sua tia Bruna começou a namorar o Breno, eu pirei de ciúmes, mas uma hora você acostuma. Já passei por isso duas vezes, pela sua tia e Clara, agora o jeito é aguentar com a Nick. — Ele fez biquinho.

– Ta bem papai? — Nicole riu abraçando Luan.

– Promete nunca parar de ser minha princesinha? — Luan abraçou a filha.

– Nunca papai! Sua e do Bre, meus. 

– O amor é lindo! — Clara ria, eu ri junto.

– Vocês é uma piada. — Eu disse. — Sentam e vamos almoçar, porque eu já já tenho que ir trabalhar.

– Só porque eu queria que você fosse comigo no shopping mãe. — Nick reclamou.

– Podemos ir mais tarde uai. Tenho um book agora a tarde, de quinze anos.

– Então hoje a casa ta liberada pra “nóis” — Luan riu.

– Só a gata sair que os ratos fazem a festa não é mesmo? — Eu ri deles.

– É mãe bem assim! — Clara disse.

– Tagarela! — Luan riu.

– Oxê, mas é a verdade papai.

Almoçamos todos juntos, estava ótimo, tudo muito bom. Depois do almoço Nicole e Clara me ajudaram a arrumar cozinha, enquanto Breno e Luan jogavam vídeo-game. Não faziam nada! Terminando, era hora de me arrumar. As meninas subiram atrás de mim, enquanto eu me arrumava elas me contavam sobre tudo, Nicole sobre os desfiles, e Clara sobre as fotografias. Eu amava poder passar um tempo com elas, pra saber o que passa pela vida delas, quero sempre está presente. 

Me vestir.

13997530393_211eaa4c16_b

– Nossa mãe a senhora ta gata viu! — Nicole disse rindo.

– Vocês que são minhas filhas. — Sorrir. 

– Tira uma foto aqui mãe. — Clara me puxou junto a elas. 

foto3

“A melhor do mundo, te amamos mãe! @alicebsantana ❤ “

– Vou indo meninas, arrumem algo pra vocês fazerem. Vão a praia sei lá, ficar dentro de casa é chato. —Sorrir, dei um beijo nas duas. — Até mais tarde.

– Beijo mãe! —Elas disseram.

Desci e dei um beijo no Luan e um no Bre. 

– Volto mais tarde, vê se vocês não ficam nesse vídeo-game o dia inteiro hein! — Disse.

– Ta bom amor.

Fui pro carro em questão de 20 minutos já estava lá, entrei todos estavam trabalhando. Eu sou apaixonada pelo meu estúdio pelas pessoas que trabalham comigo, pra mim era mais que um sonho ter um próprio estúdio fazer várias fotos de pessoas famosas ou não, e estando entre as melhores fotografa do Brasil. Sim eu tinha muito orgulho do que conseguir alcançar. A tarde foi passando e fui fazer asa fotos com a menina de 15 anos, era super fotogênica, ajudava muito também. Depois de mais de 600 fotos espalhadas pelo parque e praia, fomos descansar um pouco. Logo depois a menina junto da mãe foram embora, e eu fiquei naquela praia maravilhosa, fotografando aquele mar maravilhoso junto ao pôr do sol. Que magnifico! Logo meu celular tocou, era Lu.

– Oi amor? 

– Uai muié não ai voltar pra casa? — Ele perguntou.

– Já estou indo meu amor. — Risos. — Daqui uns minutos estou ai, viu?

– Ta bom princesa, beijos, te amo!

– Te amo meu amor. 

Desliguei e com a ajuda de minha equipe guardamos as coisas no carro e voltamos pro estúdio.

– Alice! — Rodrigo me chamou.

– Oi Ro?

– Suas filhas estão te esperando lá fora. — Ele disse.

– Eita! Entra meninas.

Elas entraram.

– Mãe! Estávamos na casa da vovó Stella e passamos aqui, você já está indo?

– Sim.  Vamos? 

– Borá! 

– Gente bom descanso pra vocês, beijo!

Despedir da galera e entramos no carro as meninas foram cantando o CD do Luan até chegarmos em casa. Quando descemos Breno e Luan estavam na porta de casa lavando o carro de Luan. 

– Chegamos! — Falei.

– Que bom que vocês chegaram! — Luan abriu a mangueira e jogou água em nós. 

– Ah não pai! — Clara disse, pegando um balde de água e jogando no Luan também.

Não deixei barato também caímos todos na farra. Que bagunça meu Deus. uhsauhsau’ Os vizinhos riam de nós, depois de lavarmos o carro, fomos entrando para um banho, ligamos pra pizzaria e anoite foi só zoera com a família. 

No dia seguinte.. fomos cedo pra chácara, lá estavam todos da família, depois de ajudar no almoço eu e o Luan fomos dar umas cavalgada, adorava anda a cavalos e paramos num cantinho bem reservado. Me deitei na rede e Luan veio. E eu pedi. 

– Tira uma foto minha morzão? — Ele sorriu.

– Dai muié! — Pegou meu celular e tirou a foto.

Quando vi havia ficado linda. Postei.

tumblr_inline_mpg3jeafKR1qz4rgp (1)

“Legal ficar sorrindo à toa, toa
Sorrir pra qualquer pessoa ✌”

– Vou curtir a tua foto, ta?

– Ta amor.

Luan curtiu minha foto, e comentou.

“Oi gata, vem sempre aqui? :p”
“ @luansantana todo dia kkkkk”
“Quer sair comigo?”
“@luansantana tenho namorado, i’m sorry…”
“Ele dever ser gato neh?”
“@luansantana muuuuuito 😍 kkkkk besta!

– Besta, amor?

– Uhum. — Risos. Que xavequinho horrível. Ainda bem que você não me xavecava, senão você não conseguiria me conquistar.

– Aé? Duvido!

– Fique duvidando então.

– É melhor ficar duvidando mesmo.— Me deu um beijinho demorado.

Ficamos conversando e brincando na rede por mais uma hora, pois Bruna acordou e foi nos atrapalhar. Bruna se deitou na rede e nós três ficamos conversando até que Luan vai ao banheiro.

– Ai Bru, que saudades dos velhos tempos guria.

– Nem se fala Lice. Ô saudades!!

– Volteeei! — Luan como sempre o crianção, pulou na rede e fomos os três pro chão. Sim ficamos deitados ali, com o meu grito todos vieram da casa ver o que era, quando viu começaram a rir, e tirar fotos. Que vergonha!

– AII GENTE, gordos!

kkkkkkkkkkk =x

Aviso!

Amoors como vocês já sabem estamos em meta final da fanfic O Nosso Tempo é Hoje! Pois é, mais uma fanfic chegando ao final. Só que essa semana novamente estou tendo provas, então tá complicado postar.. Juro pra vocês que sábado dia 10.05.14 terá um capítulo novinho postado pra vocês, e no domingo também. Pode ser que acabe nesse final de semana, ahh e muito obrigado por sempre comentarem, eu amo vocês! Beeeijos amors.  – Izabella Miranda.

Capítulo 95 — História

No Dia Seguinte…

Acordei já eram 9:30 Luan dormia, como todos da casa! Me levantei e fui pro banho, fiquei pensando como o tempo havia passado, fiquei umas meia hora debaixo do chuveiro, terminei e me vestir.

hawai (15)

Desci e Nené já tinha chegado, e também já havia preparado o café da manhã.

– Bom dia Nené! — Sorrir.

– Bom dia Alice, tudo bem?

– Ótima! — Falei bebendo um pouquinho de suco. — Vou ali acordar o povo, daqui a pouco vamos pra casa da sogra.

– Ah ok! — Ela disse

Subi e passei no quarto de Nicole.

– Nick, filha!

– O que é mãe?

– Eita mal humor! — Ri. — Acorda, daqui a pouco vamos sair.

– Ta bom. — Sair, indo pro quarto de Breno.

– Bre! — Chamei-o.

Ele não respondia.

– Breno Rafael! — Chamei novamente. Nada!

– Breno Rafael Bittencourt Santana! — Quase gritei.

– Epa! — Ele disse. — Eu já tinha escutado da primeira vez, ta?

– Mas não respondeu, oxê! — Falei.

– Uai mãe, ta cedo e hoje é domingo cara.

– E é aniversário de casamento dos seus avós. Temos que passar no shopping e ainda escolher um presente. — Disse. — Anda levante, e arruma este quarto né Breno? — Entrei naquele quarto bagunçado, e abrir a cortina. — Quero ver quando tiver uma namorada, Deus me livre! Ela vai ter medo de entrar aqui.

– Iih D. Alice, eu acho que elas não vão importar com o quarto e sim com o Dono dele, que é um gato né?

– E convencido né meu amor? — Eu ri da careta dele.

– Mas mãe, vem cá senta aqui! — Ele me puxou.

– Diz..

– É que sabe eu tô apaixonado, pela Dani. — Ele disse meio envergonhado. — E queria muito sei lá, a gente poderia namorar..

– Vocês já ficaram?

– Mãae! — Ele ficou com mais vergonha ainda.

– Uai Bre, isso é normal.. No meu tempo, na sua idade eu era terrível. — Sorrir. — Ô saudades viu!

– Com quantos anos você e o meu pai começaram a namorar?  — Ele me olhou.

– Eu tinha 20 anos, conheci seu pai pessoalmente quando fui fotografar o show dele, lá onde nasci Florianópolis.. Nisso ele ainda tinha namorada, e eu também tinha.. Nada aconteceu! Passou uns meses fui chamada pra trabalhar na equipe do seu pai como fotografa,  nisso viramos amigos, muito mesmo sabe? E quando eu fiquei solteira o Luan já estava, foi quando nos aproximamos mais e mais, e chegou um dia em que ficamos. E uma vez ele disse que estava apaixonado por uma garotam sabe? E me pediu ajuda pra pedi-lá em namoro, juro que fiquei puta de raiva Breno.

– Mas e aí mãe?

– Ele inventou um jantar de mentirinha pra mim pra ele pro Rober e a tal garota, mas quando cheguei lá no local eu era a garota. Não tinha nenhuma menina além de mim lá, e nem Rob estava lá. — Ri. — Nesse dia começamos a namorar. Eu estava grávida da Clara, seu pai me ajudou a cria-lá. Depois de alguns anos, com algumas brigas, separações, nos casamos, e depois fiquei grávida de você e da Nick. E estamos juntos aí até hoje, e nada e ninguém separa nós dois, por que o nosso amor é maior que tudo que possa querer nos derrubar!

– Que lindo a história de vocês mãe, parece um filme sério! Acho lindo o amor de vocês, lembro quando era pequeno via vocês tão felizes. Isso me deixava feliz, e ainda deixa! Já sei o que vou fazer. — Ele sorriu.

– Hmm, meu garotinho apaixonado. — Ria.

– Para mãe! — Ele disse sério.

– Parei, vai tomar seu banho e descer pro café. Ok?

– Ta.

Fui pro quarto da Clara, e ela já estava de pé.

– Bom dia minha filha! — Sorrir. — Já ia te acordar.

– Bom dia mamis, vamos pra casa da vovó né?

– Vamos sim! Hoje todos estarão lá, se arrume e desça pra tomar café.

– Ok.

Saindo do quarto da Clara.

– Nossa que milagre é esse, meu Deus?!

– O que é muié? — Luan olhou pra trás.

– Você acordar sem ninguém te chamar? O.o

– Ah Alice!— Ele riu. Me puxando, e me dando um beijo demorado.

– Que nojo! — Nicole saia do quarto, estavam assim.

Nick

– Que nojo, porque guria? — Luan agarrou a filha, enchendo ela de beijos.

– Que amor hein, o de vocês! — Ri.

Breno saiu do quarto.

– Temos que conversar depois pai! — Breno estava assim.

photo-4.PNG-3-660x932

– Nossa mãe, esse seu filho se não fosse meu irmão eu pegava! — Clara também saiu do quarto.

– Mas gente! — Eu ria.

Todos rimos com o comentário de Clara.

– Depois conversamos Brenão! — Luan disse. — E aí filha como está a faculdade?

– Ah pai, ótima! Adoro fotografar, você sabe.

– Igual sua mãe. — Nos sentamos pra tomar café.

– É super divertido! — Eu disse.

– E você filhão, decidiu mesmo o que vai querer?

– Ué, o que eu sempre quis deste pequeno.. Quero ser cantor!

Voz de Breno era linda, como a do pai. Era suave, como o vento. Perfeita!

– Só não canta aqui agora, pra evitar quebrar as janelas Breno. — Nicole adorava irritar Breno.

– O Nicole, vou nem falar nada.. Isso é inveja! — Ele riu.

– E você Nick?

– Modelo papai. — Ela sorriu.

– Todos com suas profissão, família decidida hein!

– Nick a Dani vai? — Breno perguntou.

– Ela disse que iria com os pais dela, como a vovó conversa com mãe dela.

– Ihh, vejo um garoto apaixonado. — Clara riu.

– Investe filhão, porque aquela ali é pra casar viu! — Luan disse.

– Eita pai calma, nem aconteceu nada ainda. — Ele riu.

– Ahãm ta bom! — Eu ri. — Luan Breno acha que nós dois somos bobos! — Ri — Somos não viu!

– Ta parem, vamos logo pra casa da minha vó, andem! — Ele irritou levantando. Levantamos rindo dele.

– Pega o violão pra mim, Breno.

– Vou pegar pai.

Fomos indo pro carro, me sentei na frente e as meninas atrás depois veio Breno e se sentou também.

– Mãe tira uma foto minha e da Clara aqui, vai! — Peguei o cel do Breno e tirei.

Ele postou.

download (8)

“Com a mais velha e a mais chata! u.u  @clarabsantana ❤ Te amo!”

– Com a Nick a agora mãe!! — Breno puxou Nick pra foto.

nick e bre

“Com minha gêmea, essa é mais que chata é insuportável! Mas amo ela demais ❤ @nickbsantana”

– Vou começar a cobrar de vocês. —Eu ri.

– Que isso mamis, não é preciso.. estamos bem obrigado. — Breno riu.

– Chegamos ai!

– Não era na casa da vovó? — Nick me olhou.

– Primeiro presentes né guria? — Saímos do carro.

– Você no shopping sem o Well, pai? — Clara olhou.

– Ué né, acontece. — Rimos.

Depois de andarmos o shopping inteiro e a galera pedir foto com o Luan, decidimos comprar. Logo depois, estávamos a caminho da casa da sogra. 

– Vovó e vovô! — Nick abraçou eles. — Parabéns pra vocês, viu? 

– O Nick, obrigado querida!

– Mari. — Sorrir, abraçando e entregando o presente. — Parabéns que cada dia que passe esse casamento, fortaleza mais e mais!

– Ah Lice, obrigado minha nora!

– Mamusca, paizão! Parabéns, amo vocês.

– Eita filhão.— Amarildo abraçou o filho.

E Breno e Clara abraçaram eles também. Meus pais estavam ali, corri pro abraço deles, estava com tanta saudades.

– Mãe, pai! — Abracei os dois. — Como vocês estão?

– Estamos bem e você? Cadê as crianças?

– Estamos aqui! — Breno sorriu.

– Breno a cada dia mais parecido com o Luan. — Meu pai disse.

– Gato né, vô? — Eu ria.

Breno, mais convencido? Só ele mesmo!  

Hoje estavam todos na casa da sogra, Família inteira de Luan, Bruna, Breno e a filha Ana Luíza, Bia e Arthur com o filhinho deles Leonardo, amigas de Bruna e nossos também estavam ali hoje, todos que no decorrer da nossa vida estiveram com a gente, é treze anos todos com seu futuro formado, filhos, marido e uma vida inteira pela frente, e o mais importante.. todos felizes! 

Me sentei com Bruna e as meninas e ali conversávamos coisas do passado, que simplesmente marcou em nossas vidas, coisas que serão inesquecíveis em nossa história.

– Eita gente, olha hoje estamos todas casadas, com marido e uma família pra cuidar. — Sorrir. — Meus filhos estão mais altos que eu.

– E lindos, né amiga? — Bia disse.

– Diz isso pro Breno, eita menino convencido. — Bruna riu.

– Igual Luan, quando mais novo. — Ana amiga de Bruna riu.

– Clone de Luan, gente! — Eu ri.

– Vocês falando de quem? — Sogra e minha mãe se sentaram com nós. 

E ali ficamos conversando, tanto tempo sem uma foto com elas. Pedir Breno que tirasse.

03-resumo-instagram-da-semana-just-carol

“Relembrando os bons momentos, o saudades do tempo que não volta mais. @brusantanareal, @anacatorres, @biaarantes_ #sogra #mamis ❤ “