Capítulo 100– A cegonha, inesquecível.

Teve uma hora que até o Luan pegou o violão e cantou. Logo depois resolvi ir até o quiosque, pra pegar uma água de coco e Luan também veio junto comigo , Bernardo e Bruna. Robert ficou, agora era a hora Gabriel estava no quiosque.

– Que maravilha que você apareceu, vir até aqui atrás de você. – Ele disse ao me ver.

Luan já fixou os olhos no Gabriel, e Bruna atrás de Luan riu.

– Gabri, Gabriel? – Me fiz de surpresa gaguejando.

– Surpresa em em ver meu amor?

– O que você está fazendo aqui? – Perguntei.

– Vir por causa disso, por que isso me interessa e quando você pretendia me contar? – Ele me entregou uma cópia dos exames que deram positivo.

Luan foi mais ágil que eu, pegando o papel.

– O que é isso aqui Nicole?

– É incrível que você não está vendo aí positivo.

– Cara cala boca que a pergunta não foi pra você!

Bruna pegou Bernardo do meu colo.

– Luan não é nada disso que você está pensando.

– Ah não Nicole? O cara que eu nunca vi na minha frente vem me aparece com um exame de gravidez que contém seu nome, e está positivo. E porque é do interesse dele? Nicole você é minha mulher!

– Luan!

– Não não fala nada! Para eu não quero te escutar, tiro essas férias pra ficar com vocês e você me dá isso?

– Luan me deixa falar!

– Não eu não quero, e estou indo, não vem atrás de mim. E você cara, você…. – Luan empurrou o Gabriel.

Ele me olhou, mas não disse nada e saiu aindando pela praia.

– Ni pelo amor de Deus, vai atrás dele..

– Calma Bru, o Luau é justamente por conta dessa brincadeira toda.

– Luan não vai! –  Eu gritei, e algumas luzes se acenderam, um microfone me deram. – Como você pode achar que isso é verdade? Eu amo só você, e o único aqui que será pai outra vez é você! – Ri, ele me olhou. – Ele é o Gabriel um amigo, que me ajudou nessa e o que você pensa que vai fazer pirou? Volta aqui papai, você é uma pessoa pra qual quero a vida toda.

Ele sorriu e eu falei.

– Vou cantar uma coisinha pra você… O Robert pegou o violão e começou a tocar. – Diz que pensa tanto em mim que tá querendo me ver, dizque tá me lembrando bastante acredito em você..
Tô sabendo de tudo tô lendo seus recados minhas fotos que você curtiu
Tô seguindo você..E aí, o que é que a gente vai fazer? Diz aí, se você quer e eu também tô querendo você. Tantos sorrisos por aí, você querendo o meu
tantos olhares me olhando e eu querendo o seu, eu não duvido, não que não foi por acaso se o amor bateu na nossa porta, que sorte a nossa. – Alisei minha barriga e finalizei a música. – Que sorte a nossa amor é termos mais esse presente, não fica bravo não tudo isso é por que eu te amo, vem cá vem!

–  Porque você faz isso Nicole?

– Porque eu amo você, e isso é pra você nunca em hipótese alguma duvidar desse amor. – O abracei. – Obrigado por tudo, e parabéns papai. – O beijei e todos aplaudiram, Bruna tirava fotos.

– Cara eu queria muito te da uns socos  na cara. – Luan disse rindo ao falar com o Gabriel.

– Eu falei com Nicole acalma a fera antes de descer pra praia, não quero apanhar. – Gabe riu. – Mas parabéns cara, vem mais um aí pra vocês! Fico feliz.

– Luan esse é Gabriel, um amigo que trabalhávamos juntos na agência.– Ri. – Mora aqui em Cancun, e foi a primeira pessoa que veio na mente.

– Tinha que ter o Gabriel no meio disso. – Robert ria. – Quem mais toparia essa loucura? Só alguém mais que a Nicole?

– Que isso Robert, como você está cara?

– To bem demais!

Então todos cumprimentaram, e pedimos uns drinks e uns tira gostos pra comemorar.

Peguei Bernardo com Bruna.

– Filho você viu o que a mamãe disse? – Luan sorria. – Você vai ter uma irmãzinha ou um irmãozinho.

– Mas espera aí. –Ele disse.

– O que meu amor? – Olhei Ber.

– Vou ter que dividir o meus brinquedos com ele?

– Vai sim uai.

– Ah não mamãe!

– Uai rapaz não pode ser assim, um irmãozinho pra você brincar é muito bom sabia? Igual a mamãe tem duas irmãs, o papai tem uma.

–Mas além de dividir os brinquedos tem que dividir o papai e a mamãe. – Ele fez biquinho.

– O coisa ciumenta da mamãe, nós vamos te amar do mesmo jeito! – Ele sorriu.

– Menino tão novinho desse jeito é já cheio de ciúmes?

– É papai, porque sabe eu amo vocês! – E nos abraçou.

– Nós que te amamos meu amorzinho.– O enchi de beijos.

O restante da semana e da viagem foram de muitas brincadeiras, muito passeio e muito descanso. Talvez possamos dizer que a melhor férias de julho que podemos ter, com o melhor presente.

Ao voltar pro Brasil, minhas férias continuaram e junto com Luan eu e Bernardo fomos pros shows com ele, por cada canto do Brasil. Luan amava quando íamos com ele e era  uma felicidade e tanta pra Ber.

5 meses, Dezembro.

Eu estava com seis meses de gestação, barriga bem grandinha já. E pra felicidade da família era uma menina, Bernardo deu graças a Deus que não teria que dividir os seus brinquedos. Eu ria demais dele. Nossa filha com a ajuda da mãe do Luan escolhemos o nome seria Helena Carvalho Santana.

Bruna estava noiva de Robert, Jessica grávida de 3 meses de gêmeos, um era meu afilhado. Barbara foi para Londres estudar, e nem no natal viria pra passar com a gente, por conta de uns trabalhos finais.

Hoje véspera de Natal estamos indo todos pra chácara comemora com minha família e a família do Luan. Resolvemos fazer a brincadeirinha de todo ano, o amigo oculto. Imagina o tanto de gente pra participar? Com certeza seria um dos melhores natais.

Junto com Luan e Bernardo, saímos na sexta cedo direto pra chácara. Sem contar que Bernardo nos fez encher o carro de brinquedos, que era coisa demais.

Tiramos uma foto.

image

“@luansantana: Meus bens maiores, minhas joias, amo vocês ❤️👫👶🏻”

– Eu vou na piscina, não vou? – Ele perguntava.

– Vai Ber, já te disse isso umas dez vezes.

– É pra você não esquecer mamãe.

– Mas eu não vou esquecer. – Ri.

– Ano que vem tem alguém que já vai pra escolinha aprender a escrever, quem é? – Luan disse.

– Ah eu que não quero!

Ele disse e eu e Luan não nos contemos, e começamos a rir bastante.

– Mas é verdade amor, ele tá muito novinho não? Vai fazer 3 anos agora.

– Não mais assim que é bom, começar cedo. Porque amor, quando Heleninha nascer você vai ver o que vai acontecer se ele ficar o dia todo em casa com vocês.

– É sei que Bernardo, não é um anjinho né filho? – Nós rimos. – Mas ele já prometeu que vai ajudar a cuidar da Heleninha né?

– Olha é sim mamãe.. – Ele disse pensativo. – Mas sabe uma coisa, o papai disse que ia me falar, mas não falou. Então me fala você, como a Heleninha foi parar aí dentro de você?

– Ah não Luan! – Eu disse seria enquanto Luan chorava de rir com a pergunta que Bernardo havia acabado de fazer.

– O muie, fala pra ele como foi.

– Vou te dar um tapão aí você vai ver. – Ri. – Filho uma cegonha trouxe uma sementinha pra mamãe e é mamãe comeu e aí veio a Heleninha.

– Mas o que é uma cegonha?

– É um pássaro branco meu amor. Igual foi com você!

– Não Ber não foi assim, papai vai te explicar como foi!

– LUAN RAFAEL!?? – Gritei.

– To brincando filhão. – Luan chorava de rir. – É isso aí mesmo que sua mãe disse.

– Tá, então eu quero a sementinha também pra nascer uma Heleninha pra mim.

O Luan parou em frente a chácara e chorava de rir com o Breno eu também não me aguentava com ele. Assim abriu os portões nossa família já estava lá curtindo o dia de piscina.

– Mas filho é só mulher que pode, homem não.

– Ahhh, tá! – Ele riu.

– Aí amor esse menino é meu filho, não tem como negar nunca! – Luan ria.

– Idiota! – Ri. – Você me paga Luan!

Ao descermos na chácara, Bernardo foi o primeiro a correr e ir atrás de alguém. Eu e Luan pegamos nossas coisas, Luan ainda rindo, não me deixou carregar peso.

– Para de rir Luan. – Ri dele.

– Eu não aguento amor.

Quando chegamos na sala estava lá ele contando pra Bruna, meus pais, pais do Luan, alguns tios nossos, como foi que Helena foi parar na minha barriga.

– Cara eu tenho dó dos filhos de vocês!

Bruna disse rindo.

– Juro pra você que minha resposta foi melhor do que deixar pro Luan! – Ri bastante.

– Aí meu Deus!

O dia todo foi de muitas diversões com a família. Me sentei com Luan e Bernardo, e Duda tirou uma foto nossa.

image

“@nicolecsantana: Melhor dia pra ser comemorado com vocês, eu amo muito vocês! ❤️👫👶🏻🎄 #familia #merrychristmas Feliz natal pra vocês!

Bruna também postou uma foto que tirou comigo.

image 

“@brusantanareal: Eu já amo você minha afilhada, minha pequena! Nossa pequena Heleninha ❤️👶🏻”

Fomos todos nós arrumar para festa de natal em família. Depois de prontos, descemos e fomos conversar com a família tirar fotos, pedi que Bruna tirasse uma minha e postei.

image

“@nicolecsantana: Então é natal! 🙏🏻🎄 #merrychristimas”

Também tirei uma de Bruna.

image

“@brusantanareal: Feliz natal da gente pra vocêssss! ❤️🎄🐶 #puff”

Na hora do amigo oculto foi muito divertido, pós meia noite todos nós nos juntamos a mesa da família e nos sentamos para o jantar. Fizemos uma oração para que Deus protegesse a gente por mais esse restinho e o que vem pela frente. A noite estava sendo muito agradável, Luan com os tios e primos tocando violão cantando, tava massa!

Estava sentada na sala da chácara, e Bernardo dormindo em meus braços. Logo mais apareceu Luan e se sentou ao meu lado.

– Sabe é inacreditável! – Ele sorriu. 

– O que amor, o que é inacreditável? 

– Que naquelas férias de julho quando viajei eu conheci você é hoje estamos aqui casados com uma família formado e está vindo mais uma princesinha pra nós, cara e de arrepiar! Isso foi um milagre nas nossas vidas. Você lembra, de quando recebeu a notícia de que não poderia ser mãe? Como ficamos arrasados? E hoje graças a Deus temos o nosso meninão que nos motiva a cada levantar, a cada dia e vamos ter mais uma nossa Helena. 

– Isso sim eu digo que é milagre de Deus, e sabe de tudo que vivi esses anos todos, não me arrependo de nada que aconteceu nas nossas vidas. Você é meu tudo, quer dizer vocês são a minha família o meu bem maior. 

– Você é linda Nicole, você é maravilhosa! – Ele me beijou e quase acordamos Bernardo.

– Shhh, shh!  –Luan fez rindo.

– De uma coisa eu sei que nunca me esquecerei, foi das férias em julho! Do dia que eu conheci o amor da minha vida, eu só sei dizer obrigado e eu te amo!

– Não é eu que te amo!

– Não, sou eu que amo vocês! – Bernardo acordou e ainda sonolento diz. 

FIM.

Anúncios

Capítulo 99–Cê tem certeza disso?

– Vai ficar doido, só que eu queria fazer uma pegadinha. Dessa vez Bruna, quero deixar ele puto antes de contar que ele será papai novamente.

– No que você está pensando? – Ela sorriu.

– Então eu pensei nisso.. 

Contei tudo pra ela que ficou me olhando com uma cara de “Nicole você é doida”.

– Cê tem certeza disso? Você sabe como Luan é.

– Ah Bru, quem nunca caiu numa pegadinha. – Ri.

– Tá e quem será essa pessoa, então…

– Pois é, tá aí..

– Vem mamar vem jogar bola, vem tia Buna.

– Nós vamos filho.

Então levantamos e fomos jogar “futebol” de praia com eles, todos ali eram bem ruim, mas eu e Bruna as piores sem duvidas. Bruna pediu que tirasse uma foto dela com Bernardo.

image

“@brusantanareal: Por eu amar você, pequeno da tia Buna 💓👶🏻

Ficamos ali, almoçamos no quiosque que tinha ali na praia, sushi. Pro Bernardo que não comia, comprei uma comida pra ele que comeu tudo. Depois se sentou pra descansar e brincar com a areia, tirei uma foto da Bruna e do Robert, que ele pediu.

image

“@robertfreitas_: Só sei que te amo! @brusantanareal ❤️”

Depois de um tempo peguei Bernardo e junto com Luan fomos pro mar, nem precisa dizer que Ber estava morrendo de medo da água né?? Depois fomos dá uma voltinha, Bruna tirou uma foto minha e do Luan, e postei.

image

“@nicolecsantana: No melhor lugar do mundo, com melhor pessoa da vida ❤️  @luansantana”

Então a tarde foi se acabando e voltamos para o hotel, dei o banho no Bernardo e enquanto vestia ele, Lua foi pro banho. Logo depois, também tomei o meu me vestir.

– Amor eu vou ali na Bruna, já volto tá?

– Tá Ni. Vou pedir a mamadeira do Ber.

– Já pedir amor, já já  sobem.

– Ok.

Dei um beijo nos meus amores e sair, passei na Bruna e disse.

– Robert chama a Bru pra mim?

– Amor!

– Oi Cunha? 

– Vamos lá no hall comigo.

– Vamos. – Ela disse. – Já já eu volto amor.

Bruna desceu comigo.

– Tem um amigo meu que mora aqui, o Luan não conhece eu liguei pra ele e conversei o que quero fazer ele topou na hora. Só que na hora o Robert não pode estar perto, pois ele o conhece.

– Ele está lá embaixo?

– Sim chegou.

Assim que chegamos ao Hall vi Gabriel, quando ele me viu me abraçou.

– Caramba Nicole, quanto tempo cara!– Ele me abraçou. 

– Demais Gabe, essa é Bruna minha cunhada.

– Prazer Bruna.

–Prazer Gabriel.

– Mas você irá fazer isso mesmo?

– Sim ué, porque?

– Fiz a mesma pergunta pra ela.

– Olha já pensei até o lugar, vai ter um luau na praia amanhã à noite. Você vai chegar perto de mim e do Luan e vai perguntar tudo aquilo que eu te falei.

– Luan do jeito que é vai se irritar, mas logo vamos acalma-lo.

– Você é louca, sempre foi!

–Ah Gabe, tem que ter um pouco de loucura né? 

– Quero só ver a cara do Luan cara.

– Eu também Bru, então ótimo Gabe amanhã estaremos lá às sete e meia da noite. 

– Ok, podem me aguardar! Por favor, leva a fera calma pra lá, não quero apanhar. 

Nós rimos bastante e despedir dele. Voltamos pro quarto e Bruna ria de toda minha ideia, era realmente uma grande loucura.

Quando voltei pro quarto Bernardo chorava.

– Quero a mamãe, mamãe! – Ele chorava.

– Uai, porque tá chorando meu amor?

– Quero você mamãe.

– Como ta manhoso meu Deus! – Luan riu.

– O neném da mamãe, vem cá vem! – Peguei ele enchendo de beijinhos.– Quer beijinho também é Luan?

– Olha amor, não quero só beijinho quero é…

– Luan shhh! – Ri dando um selinho calando ele. – Calado vai. Mamãe vai te fazer dormir tá? 

A mamadeira chegou e eu fiz Bernardo dormir em minutos, e o levei pro quarto em que Maria Lúcia ficaria com ele. Dei um beijinho no meu menino.

– Dona Maria, qualquer coisa me chama tá?

–Pode deixar Ni, fica tranquila.

Ela sorriu, dei mais um beijinho no meu menino e sair indo pro meu quarto. Luan nem me deixou trancar a porta direito e já me pegou de jeito me prensando na porta.

– Nossa senhora! 

– Que foi hein? – Disse beijando meu pescoço.

– Esse seu fogo!

– É pouco pro que tenho acesso aqui, hj. 

Ele passou a chave na porta e fomos nos beijando até cairmos na cama, rimos. Luan estava tão tão, animado que meu Deus, tivemos uma noite maravilhosa em Cancun. Depois de um banho juntos e nos amar mais uma vez debaixo do chuveiro, deitamos e dormimos.

(…)

Me vestir, para o Luau. (Primeiro look)

image

Quando estávamos prontos para o luau, peguei Bernardo e descemos pra encontrar Bruna qué ria da loucura que eu iria fazer logo mais. 

E então fomos andando até o local, Luan comprou sorvete para Bernardo que pediu e Luan atendia algumas fãs que ali estavam. Mas logo nos sentamos e começaram o luau.

Capítulo 98–Viagem à Cancun

– Oi Robert? – O olhei.

– Vocês falando de exames, aí, que exames são esses?

– Ah estava falando dos exames de uma paciente lá do consultório. – Desfarcei.

– Hm, borá esquecer os trabalhos! Vamos nos divertir! 

– Vamos, cadê meu marido?

– Aqui estou amor. – Luan segurou na minha mão e entramos.

Na hora que entramos Bernardo estava lá sentado ao lado da madrinha Jessica, conversando feito não sei o que, só sei que nao parava de falar. Estavam na mesa todos nossos amigos, era um encontro que estávamos a meses pra fazer, mas nunca dava pra todos.

– Oi meus amores, boa noite! Saudades de vocês.

– Oi galera! – Luan disse.

– To aqui falando com o Bernardo Luan, que ele tá parecido com o pai com essas roupas. – Guilherme riu.

– Também achei Gui.– Luan riu. –Meu filho né gente!

– Ei espera aí que é meu também. – Ri.

Nos sentamos junto ao nossos amigos, e logo veio garçom, onde trouxe os cardápios. Então pedimos o sabores que todos concordaram, pegamos nossas bebidas. Luan disse se podia beber, eu disse que tudo bem, que eu beberia um suco e levaria o carro.

Aproveitei pra tirar fotos com os amigos.

image

“@nicolecsantana: Brunitcha! 😜 @brusantanareal”

 – Vem cá filho pra mamãe colocar na sua boca, vem. Deixa a dinda comer.

– Mas mamãe eu sou grande, eu já sei comer.

– O meu amor, eu sei mamãe só vai ajudar.

– Vem garotão você senta no colo do papai.

Ele veio e sentou no colo do Luan, e eu o ajudava a comer. Que comia com uma boquinha tão amorzinho, ele me abraçou depois de ter comido.

 Assim que terminei de comer, fui levá-lo pra lavar a boca.

– Mamãe, eu não quero entrar no banheiro das meninas com você.

– É só pra lavar a mãozinha e a boca Ber, nem tem ninguém aqui dentro.

– Mas eu acho que eu deveria entrar no outro.

– Mas no outro a mamãe que não pode entrar.

– E porque não?

– Pergunta seu papai se ele iria gostar. 

Vou la. Ele saiu do meu colo e foi correndo até o papai dele e fez a pergunta, Luan disse que não iria gostar, pois eu era mulher dele e Bernardo ainda prestava maior atenção no pai. 

Depois de mais algumas horas ali, voltamos pra casa onde dei um banho no Bernardo e coloquei pra dormir, logo que tomou sua mamadeira.

Ao voltar pro quarto tomei meu banho, e me deitei junto de Luan.

– Você é tão linda.

– E você tão lindo! – Sorrir.

– Amanhã vamos pra nossa viagem.

– A noite certo?

– Sim, Cancun nos espera meu amor. – Selou meus lábios.

– Vai ser umas das melhores viagem pra mim.

– Nós merecemos né essas férias de julho, trabalhamos tanto.

– Demais mesmo amor, e me diz… 

– O que princesa?

– A babá que você olhou pra ir com a gente?

– Então minha mãe me ligou falando que sua mãe passou o número pra ela de uma senhora que te olhou amor.

– Será que é a Dona Maria Lucia? –Sorrir.

– Te olhou então confio nela amor… Deixa eu ver o nome aqui. – Ele mexia nas gavetas ao lado da cama. 

– E aí?

– É ela mesmo.

– Vou ligar amanhã cedo, mas será que de uma hora pra outra ela irá aceitar?

– Vamos torcer que sim. – Rindo.

No outro dia, sábado de manhã liguei para Dona Maria Lúcia, e Luan foi passear com Bernardo na casa dos avós. Maria Lúcia logo aceitou, disse que mais tarde passaríamos na casa dela. E fui terminar de arrumar nossas coisas. Bruna e Robert também iriam com a gente. 

(…)

A viagem foi longa, cansativa e com Bernardo tagarelando até pegar no sono. Chegamos em Cancun no outro dia as dez da manhã, subiram Bruna, Robert, Maria Lúcia com Bernardo na frente, enquanto eu e Luan resolvíamos algumas coisas na recepção. 

Na hora que entramos no elevador, Luan tirou uma foto.

image

“@luansantana: A mulher mais perfeita do mundo, só a minha, te amo ❤️” Chegamos! 🌴☀️💦

@luanprincipe: Amorzões. 💓

@luni: Melhor casal da vida❤️

@nicoleminhavida: Amores

@nisoul:te amo 💜

Ao chegarmos no quarto fui buscar o Bernardo com Dona Maria, o combinado foi que ele ficaria com ela a noite, durante o dia com a gente pra aproveitarmos os dias.

– Nossa mamãe, você demorou sabia?

– Ô amorzinho, mamãe tá aqui, vamos pra praia vamos?

– Vamos, vamos, vamos!  – Ele disse animado.

– Dona Maria, se você quiser ir com a gente. Ou quiser passear, o nosso combinado mesmo será aquele.

– Tudo bem Nicole, eu vou descansar um pouco da viagem.

– Tudo bem, qualquer coisa só ligar.

Então voltei pro quarto e fui trocar Bernardo que estava animadíssimo para o tal passeio à praia, depois de nos trocarmos, chamamos a Bruna e Robert e fomos para a praia.

Luan e Robert foram na frente com Bernardo brincar de bola na areia, e eu e Bruna colocando nossas toalhas debaixo da sombra do guarda-sol. 

– E quando vai contar pro Luan?

– Logo.

– Aqui mesmo?

– Sim pretendo.

– O que será que ele vai achar? 

Capítulo 97–Resultado

– O rapais não chora não. – Luan tirou Bernardo do meu colo, revirando os olhos e me dando as costas. – Caiu, levantou uai.

– Dodói papai. – Ele dizia chorando, e contando pros avós. Me sentei perto deles, mas continuei em silêncio.

– Mamãe, quero água. – ele pediu, e eu passei a garrafinha pra ele que bebeu quase tudo.

Ficamos a tarde inteira na casa dos pais do Luan. Desde o tombo que Bernardo levou, Luan não trocou uma palavra comigo. No carro foi a mesma coisa, Bernardo foi quietinho estava cansado.
Assim que chegamos em casa, peguei a bolsa do Bernardo e desci, entrei em casa subi pro quarto dele.

– Vou te dar um banho né amor?

– Vamos mamãe.

– E o dodói tá doendo?

– Tá sim.

– Mamãe vai fazer um curativo tá? E dá um monte de beijinho pra sarar.

– Tá mamãe.

Então dei um banho em Bernardo, depois de colocar o pijama, fiz um curativo no joelho dele e dei um beijinho como prometido. Ele logo correu pro meu quarto, atrás do pai dele.

Arrumei o quartinho dele e fui pro meu, onde os dois estavam deitados. Entrei direto pro banheiro e lá no chuveiro eu chorei feito crianças, quando não consegue o que quer.

Ao sair do banho, coloquei uma camisola e desci pra cozinha. Eu estava sem fome, então fui fazer algo para que Luan e Bernardo comesse.

Resolvi fazer macarrão com queijo, Bernardo amava e Luan também gostava. Assim que terminei coloquei no prato pros dois coloquei na bandeja e subir pro quarto.
– Olha o que a mamãe fez pro neném dela…

– O que mamãe?

– Macarrão com queijo.

Ele sorriu e entreguei o do Luan e coloquei na boca de Bernardo que comeu tudo.

– Agora vamos lá escovar os dentinhos para dormir, vamos?

– Vamos, olha papai eu comi tudo.

– Vai ficar forte igual o papai né filhão. – Luan disse.

Enquanto fui ajudar Bernardo com os dentinhos, Luan desceu com as louças. Quando voltou eu estava no quarto do Ber, fazendo-o dormir. Coisa que não demorou muito por ele ter brincado o dia todo.

– Boa noite meu amorzinho. – Beijei sua testa e sair do quarto indo pro andar debaixo.

Me sentei na escada e comecei a chorar, chorar por medo. Por não conseguir ser mãe, Luan por conta que Ber caiu ficou o dia todo sem conversar comigo. Eu não sei se sou uma ótima mãe, mas eu sei que amo meu filho.

– Você não vai jantar?

Ele apareceu na porta do quarto, e eu enxuguei minhas lágrimas antes de olhá-lo.

– Não, estou sem fome. – Disse.

– Ele dormiu?

– Sim.

– E você não vem?

– Daqui a pouco.

Minhas lágrimas insistiam em cair.

Cinco minutos depois, ele se sentou do meu lado.

– O que foi?

– Eu sou uma péssima mãe.

– Quem te falou isso amor? Para com essa besteira, você não é um a péssima mãe. Nunca foi e nunca será!

– Mas o Ber caiu e…

– Nicole quem nunca caiu de bicicleta, correndo quando criança? Ele está bem foi só um machucadinho no joelho.

– Você ficou o dia todo emburrado pro meu lado, porque?

– Porque eu pensei que fosse você que estivesse com raiva por eu ter deixado o Bernardo sozinho, você fechou a cara.

– Fiquei sem trocar nenhuma palavra com você durante a tarde toda por nada?

– Ué cê ficou emburrada o dia todo.

– Eu?

– Claro, e sobre o Bernardo ter caído. Toda criança cai amor, sei que você o priva muito. Mas ele é criança, tem que correr, brincar, e é isso!

– Tá bom…

– E não se esqueça você é uma ótima mãe, esposa, mulher, você é linda, maravilhosa, que eu amo.

Ele então selou meus lábios, e me ajudou a levantar, e voltamos pro nosso quarto.

Luan ficou com a gente durante duas semanas, na segunda semana fomos pro pantanal. Bernardo amou, correu no meio do mato, brincou. Esse sim era filho do Luan, passamos 3 dias lá, e depois fomos para Campo Grande ver a família de Luan.

Tiramos varias fotos e postamos.

image

“@nicolecsantana: 👫💓 @luansantana”

@brusantanareal: Foto by: Minha! 😂💓

@luanmeuamor: lindos 💜

@jesslaguiar: Vocês são lindos ❤️

@ninossaamorzona: Linda 😍

Eu e Luan aproveitamos essas semanas demais, jantamos sozinhos, tivemos noites maravilhosas de amor, deu para matar a saudade.
3 meses depois…

Estava no consultório trabalhando, até que me ligaram do Consultorio para pegar um resultado de exame. Fui até lá quando peguei não acreditei no que vi.

Então logo liguei pra Bruna pra que fosse pro meu consultório. Luan estava em casa com o Bernardo, deixei os dois logo após o almoço e fui trabalhar.
Assim que Bruna chegou, eu estava atendendo minha última paciente.

– Que papel é esse Ni? – Entreguei para Bruna.

– Um exame que eu fiz, abre e olha.

– O que é? Ta me deixando aflita!

– Meu Deus. – Bruna me olhou.

– O que é?

– É seu? – Bruna voltou a ler o papel e a me olhar novamente. 

– Sim. 

Ela me olhou e calada ficou me olhando.

(…)

Estavamos na sala de casa com Jessica conversando, sexta feira à noite, pensando no que fazer e postando uma foro antiga minha e do Ber.

image

“@nicolecsantana: Olha o que eu encontrei em meio há tantas fotos, aí meu menino novinho. 💜😍”

– Ou vamos marcar hoje uma pizzaria com todo mundo, estou afim de comer pizza! 

– Modelo comendo pizza Jessica?

– Mamãe eu quero pizza.

Bernardo disse.

– Eu também amor, acho uma ótima ideia.

– Não podemos pedir em casa? – Perguntei, estava cansada, havia trabalhado o dia todo.

– Não tem graça. – Luan e Jessica disseram.

– E desde quando precisa ter? –Ri. – Avisa o pessoal no grupo aí, vou me arrumar e arrumar Ber.

– Obaaa! – Bernardo subia as escadas correndo.

– Devagar filho.

Enquanto eu dava banho no Ber, Luan arrumava a roupa que ele iria. Quando terminei vestir Ber.

image

– Vai lá e pergunta a dindinha se esta gatão. – Coloquei ele no chão.

– Dindinha Jess, eu to gatão? 

– Você tá a coisa mais maravilhosa do mundo meu meninão! – Ela riu. – Essa roupa seu pai que comprou né?

– Como adivinhou Jess?

– Cara do Luan.

Nós rimos.

– Galera topou?

– Sim, sim!

– Vou me vestir!

image

Luan se vestiu.

image

– Papai, vamos?

– Vamos sua mãe já terminou?

– Ela tá lá no quarto.

– Nicole, é só uma pizzaria com os amigos. – Jessica me gritou.

– Aí como você é chata!

– Mamãe, a dinda não é chata.

– Verdade filho ela não é não. – Eu ri.

– Só insuportável. – Luan riu.

– Papai! – Bernardo exclamou.

Ao chegarmos na pizzaria, Bruna e Robert chegavam juntos e já tinha uma galera lá dentro nos esperando. Vi alguns paparazzis. Luan me deu um beijo, e foi estacionar o carro junto com Robert. E Jessica entrou com Henrique e Bernardo, que insistiu que entrassem.

– E aí? É o resultado do exame você disse pra mais alguém? – Bruna me olhou.

Quando eu iria responder, escutamos uma voz.

– Resultado exame? De quem? 

Gelei e paralisei da mesma forma.

 

Capítulo 96– Eu avisei

Acordei atrasada no outro dia, não que eu tinha que ir pro consultório, pois hoje é domingo. Mas já eram dez da manhã e eu ainda estava na cama, pulei da cama me lembrei do Bernardo.

– Quem desligou o meu despertador?

– Eita muié, foi eu se acalma aí vai. – Ele me empurrou na cama de novo, entrando no quarto.

– Luan tenho que ver o Bernardo, ele deve está com fome.

– Relaxa mamãe, que eu já dei banho, já tomou mamadeira e agora está deitado vendo filme na sala.

– Nossa! – Sorrir surpresa. – Ele sorriu.

– Você tem que descansar, uai.

– Obrigado amor. – Sorrir. – Ele não reclamou?

– Um tiquinho assim. – Ele mostrou rindo. – Veio chupando o dedinho e falando, mamãe, mamãe.

– O dó Luan. – Ri.

– Cê fica deixando esse menino manhoso demais amor.

– Nossa, nem tô. – Sorrir, e dei um selinho nele. – Olha eu vou tomar um banho pra ver meu garoto.

– Vou começar a ter ciúmes.

– Aí amor, bobo! – O abracei.

– Nicole? – Isa bateu na porta.

– Entra Isa.

– Bom dia. Aqui já guardei os presentes  do Bernardo, só que alguns brinquedos ficaram lá na sala ele não deixou que subisse e lavei algumas roupinhas que ele ganhou de já estão secando.

– Que maravilha Isa! Muito obrigado.

–Por nada, o quarto posso arrumar agora.

– Pode sim, fica a vontade. Vai amor desce e fica com o Ber.

– Tá bom. – Ele me beijou e eu fui pro banho.

Assim que terminei me vestir.

image

Ao terminar desci e não tinha ninguém, fui na cozinha pra tomar um café, peguei a xícara e sair pela casa procurando o Luan e o Bernardo.

Ouvir gritos do meu menino lá de fora, quando cheguei na área de churrasco lá estava Luan ajudando Ber com a sua bicicleta, vejo que isso iria me dá muito trabalho.

 – Bom dia amor da mamãe!

– Mamãe Nicolee!  – Ele saiu com a ajuda do papai da bicicleta e correu pulando em cima de mim.

Afastei a xícara de café pra evitar que derramasse.

– Tá tudo bem meu amor?

– Tá sim o papai tá me ajudando a andar na bicicreta mamãe, sabia?

– Ah que delicia né meu amor?  – Sorrir.

–Mamãe?

– Oi?

– O papai não deixou acordar você, ele disse que era pra deixar você dormir. Porque você não acordou mamãe?

Luan nos olhou e riu.

–Foi ruim o papai fazer tudo pro neném?

– Não, a dedeira que o papai fez tá deliciosa, sabia?

– Bom saber meu filho, bom saber.  – Sorrir.

O desci e ele correu pro lado da cachorrinha Lolly.

Fui até Luan me sentando pertinho dele.

– Toda manhã vocês conversam assim?

– Toda manhã, porque logo após eu vou pro consultório e ele fica com a Isa. Aí quando eu volto ele fica me abraçando, aí amor cê vai ver essa semana como ele ficará com você. Ele sente sua falta, bastante.

– Ele tá crescendo demais né amor? Há pouco tempo atrás só ficava no colo, agora já corre pra todo lado. –Luan Sorriu.

– Tá crescendo demais e cada dia mais lindo e parecido com o papai.  – Sorrir.

– Vai ser galã esse rapaz.

– Vai ser o galã da mamãe.

– Da mulherada né amor?

– Sai Luan, tem mulherada nada não.  – Fiz bico.

– Mamãe, nós vamos pra casa da vovó Mari ela ligou sabia?

– Ligou? E o que ela disse?

– Que nós vamos pra casa dela.

– Ah é?  –Ri.  – O que ela queria amor??

– Nós chamar pro almoço com eles hoje.

– Ah bom.

– Nós vamos ta?

– Tranquilo.

Então ficamos ali sentados conversando e vendo Breno fazer arte, tiramos uma foto.

image

“@luansantana: Bom dia! Domingão com meu amor @nicolecsantana ❤️”

– Papai eu posso levar a bicicreta? 

– Pra onde rapais?

– Pra casa da vovó uai.

– Sua mãe deixa? Pergunta pra ela.

Eu ri olhando a carinha que ele fez.

– Mamãe cê vai deixar?

– Pode, seu pai vai te ajudar lá?

– Ele vai sim mamãe. – Ele riu.

– Ah garotão, nós vamos levar sim! 

Então entramos e Luan foi colocar a bicicleta no carro e eu subir pra arrumar a bolsa de Bernardo.

– Ni? Pro almoço o que vão querer? 

– Nada Isa, dia de folga pra você hoje. – Sorrir. – Vamos pra casa dos pais do Luan.

– Ah que maravilha, então posso ir visitar minha irmã?

– Claro. – Disse colocando algumas coisinhas do Bernardo na bolsa, fraldas.

– Ótimo! Posso ir ou quer que faça alguma coisa?

– Tá liberada Isa! 

– Obrigado Ni.

Abracei ela que desceu disse que iria se arrumar. Eu terminando, desci e me deitei no sofá deitando a cabeça na perna do Luan e Bernardo logo veio pra cima de mim, deitando.

Assistíamos desenho.

(…)

Mas tarde naquele dia..

– Mamãe agora que comi todo o papa, eu posso ir pra pracinha?

– Espera um pouquinho tá Ber? Daqui a pouco todo mundo vai com você.

– Mas aí vai demorar mamãe.

– Não vai não tá?

Estávamos na sala com pais de Luan, Bruna, Robert, Luan e Bernardo falando mais que não sei o que! Fazia as baguncinhas dele com Bruna e Robert.

De tardizinha, fomos pra pracinha do condomínio levar Bernardo para passear de bicicleta. Luan colocou ele é ia segurando, e ele todo se achando. Bernardo, gritava “olha mamãe, olha mamãe!” E sorria como nunca, e eu me sentei com sogros e Bruna na praça. Conversa vai conversa vem, Luan reversou com Bruna. Logo depois Bernardo veio tomar água e descansar também.

Tirei uma foto com Bruna.

image

“@brusantanareal: Com a melhor pessoa da vida, te amo! @nicolecsantana 💜”

@amorbru: lindaaaass 💓

@luanmeuar: por serem as mais lindas! 💜

@jesslaguiar: amo! ❤️

@italoaguiar: saudades! 😢💜

Bernardo estava brincando sozinho com sua bicicleta, eu disse pra ele descer ele continuava. 

– Deixa ele amor. – Luan disse.

– Luan tem que olhar ele tem apenas dois anos.

– Tá eu to olhando…

– Depois não vem falar que eu não avisei.

Logo mais tarde escuto um resmungo, quando vi Bernardo no chão chorando.

– Olha o que eu falei. –Disse levantando.

Quando cheguei perto dele o peguei.

– Eu falei né Ber, olha aí. Eu avisei.

O joelhinho todo ralado.

– Caiu mamãe, caiu. – Ele chorava, e Luan veio atrás.

Eu olhei Luan.

Capítulo 95–Festinha

– Nic você irá que horas lá no local da festa?

– Vou lá após o almoço, eles disseram que estaria tudo pronto. – Sorrir.

– Vou com você.

– Vamos sim. – Me sentei perto do Bernardo. – E aí gostou dos presentes que o papai trouxe amor?

– Sim mamãe, oia o monte. – Ele disse sorrindo. – Cadê aquela caixa grandona? – Ele me abraçou.

– Mamãe vai pegar lá em cima tá?

– Vamos esperar a mamãe trazer né Ber.

Eu subir e quando entrei no quarto Luan abria as cortinas.

– Já de pé? – Ele olhou pra trás sorrindo.

– Já os vizinhos ao lado dando uma festa na piscina, isso não me deixou dormir.

– Ah e você tá olhando o que ali na janela? Hein?

– Oxe nada muie, nada! – Ele me abraçou rindo e beijando meu pescoço.

– Sei. – Ri. – Vir só pegar o boneco do Ber.

– Conseguiu achar?

– Do jeitinho que ele queria. É maior que ele amor.

– Quero ver quando ele ver.

–Vem, vamos descer amor pra você ver.

– Vamos.

Descemos pra sala e Bernardo veio correndo pro colo do Luan.

– Papai, papai eu gostei do presente, tia Buna me ajudou a abrir.

– Ah é? E esse aqui que a mamãe trouxe você quer abrir.

– Quero!

Então ele desceu pra abrir a enorme caixa.

– Oi Pi!

– Oi Bru, tudo bem? – Ele abraçou a irmã.– Cara o Robert, tá louco de saudade.

– Eu também. –Ela fez bico.

– Na festa vocês ficam juntos. – Disse.

– Literalmente irão. – Luan riu.

Assim que Bernardo abriu a caixa ele dava pulos de felicidades e repetiam as seguintes palavras “é o boneco do homem de ferro papai, mamãe é o que eu queria, titia  olha meu boneco”.

Eu ficava feliz em ver meu menino feliz, e Luan o ajudava a abrir a caixa e retirar o boneco de dentro. E depois de tomar um café da manhã  ele correu pra brincar com o filho.

Depois do almoço.

Campainha tocou.

– Papai, tá chamando a porta.

– Vamos lá abrir vamos?

Os dois foram correndo.

– Olha quem está fazendo dois aninhos hoje! – Era os pais do Luan, com uma caixa cheio de presentes.

– Onde iremos guardar tudo isso meu Deus!

– Calma Ni, na festa ele ganha muito mais.

– Que legal o monte de brinquedos que eu to ganhando né mamãe? 

– Demais né amorzinho. – Sorrir.– Como fala com a vovó e o vovô?

– Obrigado vovó e vovô! – Ele abraçou os dois.

– Preferimos trazer pra depois evitar trazer lá do salão  de festa.

– É melhor Mari.

– E vocês já foram lá? 

– Vou com Bruna daqui a pouco Amarildo, só pra ver como está tudo por lá mesmo.

Então ficamos conversando com  os pais do Luan. Mas era hora irmos para o local pra ver tudo, deixei Ber com Luan e seus pais e sair com Bruna.

(…)

– Nossa que arraso! – Bruna disse ao olhar toda decoração da festa de Bernardo.

– Tá a coisa mais linda Bru.

– Demais, Ber quando ver vai ficar doidinho. 

Então agradeci a todos da organização e descemos pra casa novamente, antes que ficássemos atrasados pra festa. Ao chegar em casa lá estavam meus pais, e  Bernardo estava em cima de uma bicicleta.

– Mamãe olha isso, eu ganhei do vovô Rodrigo.

– Que lindo meu amor!

– Isso é pra dá trabalho pra mamãe! – Luan riu.

– Literalmente né amor? 

– E como tá lá amor? – Luan me olhou.

– A decoração ficou maravilhosa!

 

Na festa…

Quando chegamos na festa Bernardo ficou encantado, os fotógrafos já estavam todos preparados para os cliques. Tinham todos nossos amigos, amigos cantores do Luan, nossa família, tias, primos  e primas do Luan.

A festa estava sendo do jeito que estávamos querendo. Todos estavam amando, ainda mais o Bernardo que tinha várias crianças para brincar com ele.

– Ficou lindo amor! 

– Demais! – Sorrir. –Cadê ele Luan?

– Relaxa minha mãe pegou ele pra brincar um pouco. Vem bora pra lá e comer alguma coisa, que você ainda não comeu nada.

– Mas.

– Mas nada muie, vem! – Ele me puxou.

– Tá bom.

– Olha que delícia esse salgadinho.

Ele me deu para morder.

– Hm, isso está muito bom! 

– Demais, quero ver é correr na esteira  depois. – Herman personal do Luan disse. 

– Ô meu amigo! – Luan riu. – Tamo firme e forte!

– Com certeza né Herman! – Eu ri dele.

Então Bruna veio atrás de nós.

– Vamos cantar parabéns anda! – Bruna nos puxou.

– Calma Bru. – Ri.

– Eu to calma.

– Não parece Pi. – Ele riu.

Entao pegamos nosso pequeno e todos se colocaram ao redor da mesa e começamos a cantar.

– Parabéns pra você nesta data querida, muitas felicidades muitos anos de vida. 

Breno estava amando tudo, e eu feliz cortamos o primeiro pedaço de bolo. Que ele mesmo comeu se sujando toda a boca.

 – Que delicia hein papai! – Luan disse rindo.

Então desci Breno e fomos nos sentar na mesa da família.

Onde fizemos várias fotos, Luan logo depois foi cantar com amigos e tios. É a festa saiu do jeito mais lindo que poderia.

No fim do dia, estávamos todos exaustos. Agradecemos a todos por virem, e meus pais, pais de Luan e eu levei os presentes nos carros, como eram muitos colocamos tudo no chão da sala. 

Bernardo chegou em casa dormindo com sono, apenas dei um banho nele, que tomou a mamadeira e acabou dormindo na minha cama.

Tomei meu banho logo após o Luan, e quando sair do banho Luan estava deitado na cama olhando o filho.

– Vou levar ele pro berço amor.

– Deixa que eu levo Ni. – Sorriu, me dando um beijo e levando o filho.

Me deitei na cama estava muito cansada, e Luan logo ao meu lado.

– Bernardo é muito sortudo!

– Porque amor?

– Por ter a mãe mais linda e cuidadosa do mundo. – Ele me abraçou.

– Own Luan. Ele tem é sorte de ter você como pai, carinhoso, presente mesmo nos momentos mais difíceis. E eu amo isso, em você! E pode ter certeza que ele também.

– Vocês são o meu maior motivo pra continuar, minha família, minha vida, meus Porto seguro. – Ele me beijou.

– Te amo!

– Eu também te amo, minha vida. Essa semana teremos uma surpresa pra vocês.

– Sério? O que? 

– Surpresa amor, então nem vem.

– Luan!

– Nicole! 

– Aff.

– Aff, como é linda até emburrada.

– Nem To emburrada.

– É esse bico aí, hein?

Ele subiu por cima de mim, me beijando. E já imagina onde foi parada né? Que noite foi essa? Pelo amor de Deus!

Capítulo 94–De volta

A noite se aproximava, ao chegarmos ao alphaville deixei Bruna na casa dela, logo mais ela iria lá pra casa. E continuei a rota. Ao chegarmos, peguei Breno e as sacolas, logo Isadora veio me ajudar.

– Que bom que voltaram!

– Alguém ligou Isa?

– Só o pessoal do buffet confirmando tudo, e Jessica diz que vem mais tarde. Ahh o Lucas e a Larissa também.

– Opa! – Sorrir. – Que maravilha!

– Tia Isa, eu comi batatatinha!

– E estava gostosa?

– Aham.

Coloquei Bernardo no chão, e meu celular tocava. Era o FaceTime, era Luan.

Atendi, e quando vi ele estava sem camisa deitado na cama do hotel. De touca, que visão!

– Oi meu amor!

– Oi minha linda, chegaram bem?

– Bom chegamos agora, estou com saudades.

– Eu também. Cê tá tão linda.

– Estou com uma cara de cansada amor.

– Você é maravilhosa.

– Mamãe, mamãe é o papai Luan! – Me sentei perto do Ber no sofá.

– E aí garotão!

– Papai Luan, vem pra cá.

– Amanhã quando você acordar papai estará aí, To com saudades sabia?

– Eu também, papai eu comi batatatinha. Mamãe me deu.

– Hm, guardou pro papai?

Ele colocou a mãozinha na boca rindo.

– Comi tudo papai, comi tudo.

– Depois compro mais. Comprou presente?

– A mamãe comprou uma caixa grandona, só que só pode abrir amanhã.

– É isso aí, papai também vai levar um monte pra você.

– Oba!

– Nicole quer que eu dê banho no Ber?

Isa perguntou.

– Por favor Isa! Ber despede do papai, pra você tomar um banho.

– Tchau papai, amanhã nós vamos jogar bola, não é?

– Vamos, obedece a mamãe tá? Te amo.

Ele mandou beijo e saiu com a Isa.

– Ele fez muita bagunça esses dias?

– Nada que não seja normal amor. – Ri.

– Amor, vou me arrumar ali também. Eu amo você, até amanhã!

– Beijo amor, bom show até amanhã te amo!

Logo desligamos e eu subir para guardar as roupas e tomar meu banho. Assim que me vestir, quando desci Ber estava vendo desenhos deitado no sofá, A campainha tocou e eu fui atender, era Lucas, Larissa, Jessica e Henrique.

– Oi gente! – Sorrir. – Entrem!

– Oi amiga! – Jess me abraçou.

– Oi Ni! – Lari me abraçou. – Cadê o meninão?

– Eu to aqui! – Ele apareceu.

– Pra frente sempre como os pais. – Lucas riu.

– Ele é um Carvalho e Santana, né? – Henrique riu.

– Aí idiotas!

– Mamãe!

– Oi?

– Isso é feio! – Ele disse e todo mundo riu.

– É verdade Ber! – Lari disse. – É feio!

A campainha tocou outra vez, quando abrir era Bruna. Ela iria dormir aqui hoje.

– Casa cheia! – Ela chegou sorrindo. – Oi amigos!

– Oi Bru! 

Todos estavam animados para festa de Bernardo amanhã que juntaria todos nossos amigos e nossa família.

Isadora terminou o jantar e nos chamou, fomos pra sala de jantar e Bernardo eu dava a comida dele. Ele prestava bem atenção na conversa da galera.

Quando terminei, pedi Isa que o levasse pra cima e escovasse os dentinhos dele e o deixasse vendo desenho na sala. 

E então pude jantar com meus amigos. Ao terminarmos, eles despediram e foram embora.

– Titia Buna. – Ele coçava os olhinhos.

– Oi meu amor?

– Você faz minha mamadeira.

– A mamãe faz meu bem.

– Não mamãe, quero a da titia.

– Tô perdendo pra tia Buna é? 

– Esse menino me ama. –Bruna beijou ele. – Vou lá fazer.

Me sentei no sofá e ele veio pro meu colo alisando meu rosto, do jeito carinhoso dele de sempre.

– Cê tá com soninho né? – o abracei dando um beijo.

– Sim. mamãe eu to querendo o meu papai.

– Amanhã quando você acordar, o papai estará aqui já, ta?

– Tá, então eu vou dormir pro papai chegar mais rápido. – Ele deu um lindo sorriso.

– Olha a titia fez Be.

Então peguei a mamadeira de Bernardo, ele agradeceu a tia e mamou, e antes mesmo de terminar dormiu. 

Fui levá-lo pro quarto e o coloquei no berço. E voltei pra sala.

– Um filme?

– Topo!

– Olha no netflix aí, ou prefere ir lá pra  sala de cima? 

– Aqui mesmo tá bom Ni.

Então me sentei no sofá ao lado de Bruna e colocamos num filme, vimos até o final ele acabou já era uma da manhã e resolvemos ir dormir. Bruna foi pro quarto de hóspedes,  e eu passei  no quartinho do Ber ele dormia.

Então apenas encostei a porta do quarto e fui dormir também.

Algumas horas mais tarde…

Escutava o chuveiro do quarto ligado. Olhei pro canto do quarto a roupa do Luan.

– Oi amor! – Ele saiu do banho.

– Oi meu amor, como você está?

– Cansado, mas com saudade. – Veio me dá um beijo.

– Eu também. – O abracei. – Que horas são? 

– Quatro da manhã, volta a dormir. – Ele beijou minha testa e vestiu uma cueca, deitando ao meu lado.

– 3 semanas em casa né?

– Olha… 

– Ah não!

– Duas semana amorzinho, vamos pra algum lugar, ok?

– Tá bom. – Sorrir.

– E como tá o garotão? 

– Enorme, viu ele?

– Passei pra dá um cheiro nele. – ele sorriu.

– Vamos dormir, amanhã o dia será longo! 

– Bem longo. – Luan riu.

Dormimos.

(…)

– Papai, papai, papai! – Ele entrou gritando no quarto.

– Aí não. –Reclamei. – Quem tirou você do berço amor?

– A titia Buna. Papai, papai acorda papai.

Ele estendeu os bracinhos pra que eu colocasse ele na cama. O peguei.

– Deixa o papai dormir, ele chegou muito tarde.

– Ahh, mamãe! 

Fez um lindo bico.

– Deixa amor. – Luan riu. – Oi meu garotão!

– Papai, tem um monte de caixa lá na sala. Quem trouxe?

– Eu.

– Oba!

– Hoje tem alguém fazendo dois aninhos, quem é?

– É eu, é eu! – Ele me abraçou.

– Parabéns pra você, nesta data querida muitas felicidades muitos anos de vida. – Cantamos pra ele.

–Viva o Bernardo! 

–Vivaaaa! – Ele gritou.

– Ô animação hein camarada! – Luan riu e olhou no relógio. – As sete da manhã num sábado. – Luan revirou os olhos e riu.

– Ô amor! – Ri. – Volte a dormir, vou descer com o Ber.

– Cê faz isso?

– Só porque eu te amo muito! – Ri, dando um selinho nele e vestindo meu roupão. – Vem amorzinho, deixa o papai descansar pra sua festinha mais tarde.

– Tá, papai posso abrir as caixa?

– Pode abrir todas. – Ele sorriu.

E então saímos do quarto, Ber estava numa animação que só!

– Bom dia Bru. – Sorrir.

– Bom dia, eu disse para ele não ir lá.. Até tentei ajudar!

Me sentei pro café.

– Bom dia Isa!

– Tá certo Bru, eu imaginei que ele faria isso. – Ri. –Sempre faz! 

– Tia Buna, vem vamos abrir meus presentes.

– Vamos! 

Bruna pegou Bernardo e foram pra sala abrir todos aqueles presentes que Luan tinha trago. Entrei nas minhas redes sociais pra ver, e o que era assunto era o aniversário de Breno. Se iria ter festa ou não? 

Então postei uma foto e postei.

image

“@nicolecsantana: Bom dia pra quem foi acordada às 7h da manhã pelo seu filho gritando, “papai, papai” 😍❤️

Fui até a sala e lá estava ele.

image

“@nicolecantana: E aqui já está ele abrindo os presentes que já chegaram, com a ajuda da titia @brusantanareal. Parabéns, meu amorzão são dois aninhos de muito amor, carinho, felicidades das nossas vidas. Que Deus continue te protegendo, e que cada ano que passe se torne mais hominho carinhoso que a mamãe ama. Te amo Ber.” 😍😍💜