Capítulo 69–Marcas

– Não, eu não sou ficante do Luan, sou esposa!

– Você é casada com ele?

O olhei e o ignorei, respirando fundo.

Sair de perto dele indo pra perto da galera da equipe que estava ao lado do palco. Logo veio Robert pra ficar ao meu lado.

Me entregando uma garrafinha de água.

– Pra você Nick!

– Obrigado Robert. – Sorrir.

– Vai começar!

A introdução do show começou, a vibração e gritos dos fãs era de causar arrepios. A banda animada, Luan sorrindo. Era uma sintonia perfeita!

– Boa noite Nataaaal! – Luan entrou cantando.

Os fãs iam à loucura junto com o ídolo,  alguns fãs me chamavam lá de baixo acenavam eu fazia o mesmo. Cantava junto, era ótimo está curtindo o show do meu cantor favorito, do meu amor.

Alexandre se aproximou de mim, assim que Robert foi pro outro lado.

– Você é muito linda!

– Alexandre né?

– Isso linda, mas pode me chamar de Ale.

– Eu acho que você deveria ter um pingo de respeito, já disse que eu sou casada e meu marido está ali. – Apontei Luan. – Se puder parar, eu agradeço!

– Poderia ser menos grossa! – Ele ignorou o que eu disse.

– Da pra sair de perto?

Me afastei novamente, cruzei os braços suspirando, estava perto do Well. Logo Luan veio beber um pouco de água, e disse.

– Tá gostando amor?

– Tá lindo amor, continua! – Sorrir, selamos nossos lábios. – Te amo!

– Linda!

Luan foi pro palco pegou a garrafinha que bebia água e tacou pros fãs, que quase se mataram pela a mesma. Luan ria que adorava.

Sair dali e fui até o camarim buscar o meu celular que eu havia deixado para carregar, na hora que eu ia abrir a porta para voltar ao palco, ele entrou no camarim também.

– Caramba! Para de me seguir, que saco!

– Quanto estresse!

– Licença! – Disse ao tentar abrir a porta do camarim.

– Não você não irá sair! – Ele disse e agarrou o meu pulso com uma força tremenda apertando-o mesmo. Com certeza por eu ser branca demais no dia seguinte estaria com hematomas e dores.

– Você está me machucando, me solta se não eu grito!

– Pode gritar mocinha, ninguém irá te escutar. Pois o seu maridinho esta fazendo o show.

– Idiota, me solta!

Gritei, e uma força tremenda que não sei de onde eu arrumei, conseguir me soltar dele e dei um tapa na cara dele.

– Sua louca, você vai me pagar por isso!

Ele veio pra cima de mim para me agarrar.

Luan On.

– Robert cunhadão, pra onde a Ni foi?

– Ela disse que ia buscar o celular no camarim Luan.

– Vá ver se ela está bem por favor!

– Pode deixar, volta pra lá!

Luan Of.

– Eu tenho nojo de pessoas como você, nojo!

– Você vai se arrepender por isso.

– Vai contar pra mídia é? Vai lá! Ou quer que eu mesma conto?

Foi hora que conseguir me soltar dele  e sair do camarim, quase correndo e esbarrei do nada em alguém.

– Ai, desculpe! – Disse assustada sem ver quem era.

– Tá tudo bem Ni? –Era o Robert.

– Tá tudo bem Robert, demorei pois estava conversando com Jess pelo celular. – Sorrir. – Vamos? – Olhei pra trás e lá estava Alexandre vindo atrás de nós.

– Você está assustada.

– Foi porque me esbarrei em você do nada…

Ao chegarmos no palco, eu estava ficando cada vez nervosa.

No final do show.

– Lu vamos logo pro hotel? – O olhei assim que as cortinas do palco se fecharam.

– Por que amor? Tá passando mal.

– Luan! – Alexandre veio.

– Vou pro camarim Lu.

Sair andando na frente, ele apenas me olhou e respondeu o tal de Alexandre.

– E ai Alexandre o que achou do show?

– Vamos no seu camarim lá comversamos.

Escutei.

Olhei pra trás, suspirei.

– Ai não, de novo não! – Me estressei e ao chegar no camarim me sentei no sofá.

Eles entraram conversando junto deles o Roberto. Eu fiquei na minha sem dizer uma só palavra.

– Uai Luan, e você que nem apresenta… Ela é Nicole Carvalho ex modelo, não é? É sua parente? – Alexandre olhou de mim pro Luan.

Olhei pra ele incrédula, e ele me olhou com ciniquismo.

– Nicole, ah cara ela é minha esposa somos casados. Vem cá Ni!

Olhei pro Luan e me levantei.

– Prazer Nicole. – Roberto disse gentilmente.

– Prazer é meu.

– Prazer Nicole. – O tal de Alexandre teve a cara de pau de me abraçar e me da dois beijinhos na bochecha. – Eu não desisto. – Sussurrou no meu ouvido.

– O prazer é todo meu! –Disse ao pisar  forte em seu pé.

E então ao lado do Luan fiquei.

– Podemos ir?

– Calma já vamos.

Luan disse, eu então sair do camarim.

– Robert a vam já está lá fora?

– Sim está Ni, não vai esperar?

– Vou esperar lá dentro tá? Avisa o Luan.

Sair dali e logo vi algumas fãs que me gritaram, acenei pra elas. Dentro da van estava uma casaco de frio do Luan, como estava frio vestir o mesmo.

Quase quinze minutos depois ouvir Luan despedir e logo entrou na vam, não disse nada pra mim, a não ser sentar do meu lado e me abraçar. Apenas me aconcheguei nele e acabei dormindo, meu pulso doía bastante.

Luan On.

– Amor. – Chamei.

– Oi?

– Chegamos no hotel, acorda.

– Ah!

Então ajudei a Nicole e entramos no hotel indo direto pro nosso quarto. Na hora de tirar a roupa, a olhei.

– Hoje não rola amorzinho? – dei um beijinho no rosto, pescoço. Ela estava chateada, vestindo um pijama.

– Luan desculpe. – Ela disse.

– Ni, o que houve? O que aconteceu no show?

– Não aconteceu nada, tá?

– Jura?

– Sim Lu, só estou cansada.., amanhã, amanhã faremos tudo que você quiser!

Luan Of.

Ao olhar meu pulso estavam as marcas de dedos do estúpido do Alexandre. Apenas me deitei e Luan foi pro banho.

Ao deitar escondi meu pulso debaixo das cobertas, pois estava vermelho. Luan ao sair do banheiro vestiu apenas sua cueca.

– Porque ficou daquele jeito lá no show?

– Que jeito? – Perguntei.

– Triste e irritada, eu te conheço Ni.

– Não é nada. – Sorrir.

–Nicole não minta pra mim.

– Vamos dormir tá?

Me virei pro outro lado e fechei os olhos, onde lágrimas escorriam.

– Boa noite.

Ele disse.

– Boa noite.

(…)

Luan On.

Ao acordar no outro dia as onze da manhã, Nicole ainda dormia, e ao ver o seu braço descoberto pude ver marcas em seu pulso. Mas espera ai isso é marca de mão, quem machucou Nicole? 

Me levantei e fui ao banheiro, fiz minha higiene e quando voltei Nicole acordava. No frigobar, peguei uma água e seu remédio.

– Bom dia princesa, você está melhor?

– Sim amor, bom dia!

Quando fui entregando o copo de água e o remédio para ela, ela foi pra pegar os mesmos com o pulso machucado. Ao ver que eu vi ela logo trocou a mão pegando o remédio e tomando.

– Nicole, que machucado é esse no seu pulso?

Luan Of.

Engoli seco ao Luan ver a marca em meu pulso, que já estava bem nítido, o que eu iria falar para ele? 

Capítulo 68–Por uma semana.

Quando olhei eram duas meninas no jardim a casa ao lado, não conhecíamos, eram vizinhos novos dos sogros.

– Homem lindo! – Falei para Luan, que riu.

– Ai Nicole cê só me faz rir amor.

– Eu né?

Entramos na casa dos pais de Luan e Bruna já estava arrumada para sair também.

– Não iria me esperar?

– Claro que ia né Cunha, afinal vocês iriam passar aqui pra buscar o Robert.

– Cadê ele? – Luan perguntou.

– Meu pai pediu a ajuda dele pra alguma coisa Pi, lá fora.

– Vou lá!

Luan foi e eu fui até a sala onde estava sogra, e me sentei com Rober e Well onde ficamos conversando. Logo Luan voltou com Robert e seu pai, e depois de um café que tomamos era hora de irmos para estrada.

– Mãe, quando voltar venho aqui tá? – Luan sorriu e beijou o rosto da mãe.

– Vem sim meu filho, e me ligue tá?

– Pode deixar.

Ao despedimos, fomos todos para o carro.

– Bru, larga ele que precisamos ir. – Ri.

– Ai sua sem coração! Tchau amor, até, eu te amo!

– Até minha linda, também te amo! – Ele se despediram Robert entrou no carro e fomos seguindo.

– Ele é tão romântico! – Rober zoou dentro do carro, todos nós caímos na gargalhada.

Não demorou muito ao chegarmos no aeroporto, tinha algumas meninas à espera do Luan, ele então foi atende-las com o Rober e Well e eu fui pro jatinho.

– Pra onde vamos hoje? – Perguntei Robert.

– Natal.

– Amanhã?

– Porto Alegre.

– Ok.

Me sentei na poltrona e fiquei mexendo no celular.

– Borá então! – Luan entrou no jatinho, sentou do meu lado e beijou minha bochecha.

– Animado hein? – Sorrir o olhando pra ele.

– Claro a mulher da minha vida vai ficar uma semana comigo viajando pelos meus shows, isso é uma maravilha!

– Coisa mais linda do mundo!

Ao chegarmos a Natal depois de quase duas horas e meia de voo. Acordei Luan que dormia, e então o jatinho posou. E dali fomos para o hotel, no elevador.

– Não atrassem por favor, banho, jantar e show! – Robert disse.

– Ok! – Dissemos.

(…)

– Eu estou bem cansada! – Me joguei na cama depois do banho.

– É apenas o primeiro show da semana amor.

– Que eu ainda nem fui. – Ri.

– Ò muie linda meu Deus! – Luan deitou sobre mim, e começou a me dá vários beijos pelo rosto, pescoço.

– Lu para!

– Não Ni!

– Luan nós temos que nos vestir.

– Amor…

– Depois do show amor.

Ele parou e me olhou.

– Cê tá falando sério amor?

– Estou.

– Olha.

– É sério agora levanta de cima de mim, e vamos nos vestir anda amor.

– Tá chata. – Ele riu.

– Te amo também.

Ele levantou rindo e eu junto, e então fomos nos vestir.

image

– Nossa que gata!

– Gostou? – Dei uma voltinha.

– Tá linda!

Ele me deu um selinho e foi arrumar o cabelo.

– Luan e Nicole! – Rober gritou do outro lado da porta. – Cinco minutos!

– Estamos indo.

– Pega meu celular e o carregador ai amor! – Luan pediu.

Peguei tudo e guardei dentro da minha bolsa passei o celular dele pra ele e então saímos do quarto encontramos Wellignton e então descemos pro restaurante, onde jantamos e logo partimos pro local do show.

– Nicoleee! – As fãs me gritavam assim que me viram.

– Olha eu vou começar a ter ciúmes hein? – Luan disse rindo.

Não me aguentei rindo bastante do comentário de Luan.

E então entramos no camarim, logo veio alguns homens entrando Luan estava arrumando o cabelo.

– Luan, os contratantes! – Rober disse ao entrar atrás deles.

Eu fiquei sentada continuando a mexer no celular.

– E ai! –Luan falou.

– Luan é um prazer tê-lo aqui novamente!

– Que isso Roberto, é sempre muito bom voltar aqui.

Luan ficou conversando com os contratantes, e o que me dava raiva eu que um tal de Alexandre um deles, não parava de me olhar e isso estava começando a me incomodar. Conversava com minha mãe pelo Whats.

– Ô Luan, então depois nos encontramos no palco! – O tal de Alexandre disse.

– Beleza Alexandre. Valeu ai Robertão!– Luan disse e eles então saíram.

– O que cê tá mexendo nesse celular ai hein? Tá quietinha.

– Conversando com a mamis. – Sorrir.

Se sentando do meu lado.

– Vai vamos tirar uma foto ai e postar, borá!

Ele se ajeitou e então tirei a foto.

image

“@nicolecarvalho: Já era amor antes de ser, já era seu antes do sim, já era nós antes que eu pudesse escolher.” @luansantana. Sou acompanhante essa semana!

.
@jesslaguiar: O amor é lindo!

@nicoleprincesa: Diva, amor meus!

@afetoluans: aff seus lindos!

@barbaracarvalho: Vão trabalhar!

@luansantana:

@luanzinho:

– Agora é hora de atender minhas negas. – Ele sorriu.

– É lindo demais o amor delas por você Lu!

– Minhas fãs são as melhores, amo demais.

– Isso tudo é porque eles têm o melhor ídolo do mundo!

– Que amor!

Ele me deu um selinho e Rober entrou junto com Robert.

– Vamos começar o atendimento?

– Borá cara!

– Querem que eu saio? – Perguntei.

– Não Nick, se quiser ficar pode. – Robert sorriu.

– Ok. – Sorrir.

Então entrou uma fã que ao ver Luan paralisou, foi engraçado e lindo.

– O muie, cê não vai vir não? – Luan riu.

Ela toda sem jeito correu e o abraçou.

– Luan obrigado meu anjo. – Ela sorriu.

– Pelo que minha linda?

– Só por ser você.

Ele então tirou a foto com ela e se despediram e foi entrando várias fãs, e ele um amor com todos. As meninas algumas pediam para me abraçar, outras me olhavam feio, outras já estavam meio que nem aí.

Depois do atendimento de fãs disseram que o show começaria em 20 minutos, enquanto Luan de aprontava em frente o espelho, eu comia alguns morangos que tinha no camarim e conversávamos.

– Borá Luan?

– Borá cara. – Luan disse vestindo a jaqueta de couro, e eu arrumei o colarinho da mesma.

– Amor bom show, vai lá e arrasa! – Selando nossos lábios já ao lado do palco.

– Obrigado minha linda! Te amo.

– Eu também.

Rober, Well e Robert foram com ele até atrás do palco e lá conversaram. Rober foi fotografar o show. Robert ficou ao meu lado e ao meu outro lado, Alexandre.

– Você está ficando com o Luan Santana? – O tal de Alexandre me olhou.

Capítulo 67–Jonh

– Af Luan, não escuta esse menino! – Suspirei.

– Uai, o cara fala pra minha esposa que ama ela e você quer que eu não escute?

– Seria o melhor.

– Me explica isso. – Ele me olhou.

– Pra que amor?

– Ni, por favor…

– Tudo bem. – O olhei. – O Jonh começou com umas chatices pro meu lado há uns meses e eu só ignorando. A Lui sempre me fala, “Nicole ele disse que gosta de você”. Aquilo pra mim não fez diferença alguma sabe, eu simplesmente ignorei! E hoje a Lui disse “ele vai dizer que te ama!” Eu não acreditei, e é isso ele foi capaz! Esse cara é ridículo sabe que eu sou casada, e fica nessa!

– Que vontade de voltar lá e quebrar a cara desse idiota! 

Luan fez um bico.

– Não vale a pena. – Alisei sua nuca, e ele me olhou. – Sou casada com você, eu amo você, e a única pessoa que me importa é você! Tudo é você, tá? Te amo. – Sorrir.

– Cara mulher mais linda não existe! – Ele sorriu, parando em frente ao Alphaville e me deu um selinho. – Eu amo você. 

O olhei encostando no banco do carro sorrindo feito boba.

– Que foi amor? – Ele sorriu.

E então o porteiro nos deixou entrar, ele seguia pra casa dos meus pais.

– To aqui pensando o que seria da minha vida sem você, sério.

– Olha para com isso se não vou ter que ir pra nossa casa e não pra casa dos seus pais.

– Ei, nada disso! – Ri.

– Credo amor, é só uma comemoraçãozinha à mais. – Ele gargalhou.

– Safado! – Rindo, retirando meu cinto e ele parou o carro.

– Linda! – Me puxou me dando um selinho demorado, e com algumas mordidinhas.

E alguém bateu no vidro da janela.

– Da pra parar com essa pouca vergonha ai! – Era Jessica e Henrique.

– Ihh, tenho medo de nós estarmos no nosso momento no nosso quarto e esses dois chegar!

– Olha meu amigo, eu me recuso! – Henrique riu.

– Me poupe, né Luan?

Descemos do carro rindo.

 – Ai gente não sei quem é mais bobo. – Ri.

Assim que Luan travou o carro, segurou minha mão e fomos conversando com eles. A porta da casa estava entreaberta e entramos.

Ao entrar lá estava meus pais, irmãs e amigos.

– Amanhã Nicole já estréia o consultório? – Ítalo sorriu.

– Acho que não! – Luan riu.

– Luan já está roubando Nicole. – Bruna revirou os olhos.

– Só uma semaninha, poxa! – Eu disse fazendo bico.

– Isso ai amorzinho. – Luan riu, me abraçando.

– Mas semana que vem estreiar meu consultório!

– Opa! – Barbara disse. – Serei a primeira!

– Não cunhada, eu! – Luan disse.

– Que vocês o que, sou eu.

– Olha gente chega, isso depois vocês resolvem, tá? 

Comecei a rir e fomos aproveitar a noite na casa dos meus pais, logo fomos todos jantar, muitas brincadeiras, fotos postadas.

Luan foi conversar com os amigos, e eu me sentei junto com minha mãe, sogra e amigas que falavam de tudo é minha mãe dizia estar orgulhosa em saber que mais uma etapa está completa.

Luan pegou seu violão no carro e começou a tocar, e todos a cantar aquele acústico. Era bem divertido. Ficamos ali até umas uma da manhã.

– Mãe, eu já vou tá? Muito obrigado por hoje, afinal, por todos vocês, pai,  minha família, aos meus amigos. – Sorrir.

Todos foram embora, ficando apenas meus sogros Bruna e meus pais.

– Mãe, amanhã vou viajar com o Luan tá? – Disse. – Volto no domingo, pois segunda tem que ir pro consultório.

– Ótimo filha, vai com Deus que ele acompanhe você e o Luan e toda equipe durante essa semana.

– O sogra amém! – Luan abraçou minha mãe, logo eu em seguida.

Despedir dos meus pais, minhas irmãs e dos meus sogros veríamos eles amanhã ainda.

– Bru, amanhã te vejo a tarde tá? 

– Ok Nick! Beijo!

Entao entramos no carro e Luan acelerou e logo chegamos em casa, após guardar o carro entramos em casa.

(…)

– Nicole! – Luan me chamou assustado.

– O que foi? – Acordei e me levantei da cama no pulo.

– Amor dormimos demais cara! Já são uma hora, Rober acabou de ligar e passa aqui daqui uma hora e meia.

– Nossa! Minha mala está pronta, vamos arrumar a sua ok? E nós arrumamos logo após, almoçamos pois a Isa já deve ter feito algo.

– Ok! Vou pegar minha mala.

Luan me deu um selinho.

– Boa tarde! – Riu.

– Bom começo não? – Ri também me levantando indo ao banheiro, onde fiz um coque no cabelo e lavei o rosto, escovei os dentes.

Assim que voltei pro quarto Luan já tinha escolhido várias peças de roupas, sapatos, perfume, eu fui pegando o restante que faltava. Assim que terminamos, Luan foi tomar banho e eu desci para ver se o almoço estava pronto.

– Isa, boa tarde! – Sorrir. – Acho que dormimos demais. 

– Demais mesmo Nick. – Ela sorriu. – Fiz o almoço pra vocês, acabei de fazer.

– Ai Isa, você é linda demais! Vou lá me arrumar, e essa semana você está liberada!

– Vai junto a semana toda?

 – Sim, só volto domingo.

– Ok Nick, vou colocar a mesa.

– Obrigado.

Subir e Luan se vestia no quarto, e ele sorriu me puxando me abraçando e me molhando. E eu corri pro banheiro, não poderia enrolar, tomei meu banho, levei cabelo, ao terminar vestir um short jeans, uma blusa normal, uma sapatilha nos pés. 

Sequei os cabelos, e Luan apenas colocou apenas um boné e um óculos.

– Vamos? Temos meia hora para o almoço.

– Vamos. – Ele riu. – Quanta correria meu Deus!

– Devemos agradecer ao Rob, por nos acordar.

– Com certeza amor!

Entao descemos com tudo, e o quão pesado estava não dava pra descrever. Ao deixar tudo na sala, fomos pra sala de jantar onde a mesa já estava posta e almoçamos a deliciosa lasanha que Isadora havia preparado.

(…)

– Vocês estão prontos, é isso mesmo produção? – Rober riu ao abrir a porta.

– Acabamos por agora, mas estamos. Você nos salvou hoje.

– Valeu Testa! – Luan riu.

– Oxê, To entendo nada. 

– Você nos acordou na hora em que ligou pro Luan, valeu.

– Ah só podia ser.

Rimos.

– E ai Luan! – Era Well. – Patroa!

– E ai cirilo!

– Oi Well! 

Ele logo pegou as malas e eu peguei minhas coisas, sair na frente mexendo no celular ao despedir de Isadora. Luan logo atrás entramos no carro para irmos até a casa da sogra para despedir deles.

Ao chegar na frente da casa descemos, até eu escutar um cochicho.

– Nossa, olha que homem lindo! 

– Uai é o Luan Santana né? Você quer o que? 

 

 

 

Capítulo 66–A formatura

– Robert, quanto tempo maninho! – O abracei.

– Nick, como você está?

– Estou bem, e mais linda!

– Cabelos diferentes! – Ele sorriu.– Oi amor!

– Oi meu bem. – Eles se beijaram.

Fomos entrando pra casa dos meus sogros, e encontramos logo na sala Amarildo.

– Oi Amarildo! – Sorrir, indo o abraçá-lo.

– Oi minha nora! – Ele também me abraçou. – Animada pra formatura?

– Bastante! – Sorrir.

– Robert, meu genro!

Deixei eles na sala e fui procura minha sogra e meu marido. Ao chegar na cozinha Luan ajudava a mãe.

– Oi! – Sorrir. – Será que vocês querem ajuda?

– Amor! – Ele disse animadamente.

Ele me olhou, e por alguns instantes ficou ali parado.

– Mais loira é? – Ele sorriu. – Corte novo também.

– Estou bem de marido não é, Mari?

– Com certeza o melhor que pode escolher Nick! – Ela me abraçou. – Visual novo, lindo!

– Obrigado sogra. – Sorrir, abracei Luan e o beijei.

E então comecei a ajudar eles no almoço. Bruna e Robert logo vieram até a cozinha, ficaram conversando com a gente. Assim que almoçamos, ficamos conversando com meus sogros. A comemoração da minha formatura seria na casa dos meus pais, após a formatura.

(…)

– Você realmente está ficando maravilhosa! Mais do que já é! – Ele sorriu, colocando a gravata.

– E você de terno está me lembrando no nosso casamento, e eu amo! – Sorrir. – Vem te ajudo na gravata.

– Sabe, o dia do casamento foi o melhor da minha vida. – Ele sorriu. – Eu amo você Nicole, fico tão feliz por você hoje amorzão.

– Obrigado, eu também estou muito feliz. E fico mais feliz ainda em saber que você estará comigo nessa noite. – Dei um selinho. – Pronto!

– Não pude estar no seu trabalho final,  hoje eu tinha que está aqui, é importante pra você e pra mim também.

– Eu amo você!

– Não mais do que eu amo você.

Ele sorriu e foi terminar de arrumar o cabelo, fui terminar minha make.

Meu celular tocava em cima da cama.

– Ni, Luíza! – Ele balançou o celular.

– Obrigado amor.

Atendi.

– Sim Lui?

– Onde você está?

– Estou em casa, terminando de me arrumar.

– Acabei de chegar e ele está aqui, e disse que hoje irá falar que ama você!

– Ata, pirou foi? – Comecei a rir.

– Você pensa que o Jonh está de brincadeira?

– Se está ou não, não me interessa Lui… Serio! – Disse e Luan me olhava. – Olha vou sair de casa agora tá? Me encontra na porta?

– Sim.

– Ótimo, obrigado.

Desliguei.

– Tá tudo bem?

– Sim amor está, vamos?

– Vamos!

Fomos pro carro e eu ainda estava de chinelo, levei as sandálias nas mãos. Eu estava com o que Luiza me disse na cabeça, ao chegarmos no local da formatura, calcei minhas sandálias e sairmos juntos e Well e Rober já estava  nos esperando na porta para não calçar tanto tumulto.

– Oi Ni! – Rober sorriu.

– Nicole! – Well sorriu.

– Oi gente, feliz por ver vocês! Obrigado por virem.

– Luan você vem com a gente certo?

– Sim Rob, vou ficar perto da galera dos pais da Nic e meus pais. Amor tudo bem se eu ir agora?

– Sim amor, a Lui está ali! – Mostrei. –Vou pro meu lugar, te encontro no final com todos tá?

– Sim, antes vem! – Ele me puxou. – Testa tira essa foto pra nós.

– Claro luanzin!

Então ele tirou nossa foto e Luan postou.

image

“@luansantana: Minha menina, eu amo você parabéns por mais uma conquista em sua vida! Estamos todoscom você! Te amo @nicolecarvalho ❤️”

– Boa sorte, eu amo você! – Me deu um selinho, e eles seguiram.

Fui andando até Luiza, que não me olhava com uma cara muito boa.

– Você realmente não acredita em mim?

– Em você sim, nele não! – Sorrir. – Você está linda.

– Seu novo visual está show! 

– Obrigado! Vamos logo?

– Vamos!

Entao fomos entrando e tiramos algumas fotos, e pra minha alegria quem sentou ao meu lado? Jonh!

– Esta linda! 

– Ah, obrigado.

– Vi que chegou muito bem acompanhada.

– Afinal, sou casada não é mesmo?

– Hm, se você diz…

Ignorei seu comentário e continuei a conversar com Luiza, chegavam no grupo do Whats dos meus amigos fotos deles Bruna, Robert, Jess, Henrique, Luan, a galera toda, com um cartaz estamos com você Nicole!

– Que lindo!

– Oi? – Luiza me olhou.

– Isso. – Mostrei a ela.

– Que amor!

Então continuei a ignorar os comentários do Jonh que estavam me irritando e a formatura começou, então começaram a subir os formandos.

– Jonh Austin! – O diretor chamou.

Ele levantou, olhou pra mim.

– Escute bem o que eu tenho pra falar..

Ele então foi e subiu.

– Boa noite gente, foram anos de muito aprendizado hoje estamos saindo. E eu conheci uma pessoa que vou levar comigo pra sempre a vida toda, ela é inteligente, uma pessoa que é muito fácil apaixonar e foi por ela que terminei esse curso. E eu sou eternamente grato a essa pessoa, e eu amo ela! Muito obrigado. – Ele disse e eu olhei Luiza.

– O que esse menino tem na cabeça? 

– Não sei, só sei que bem da cabeça ele não bate.

– Agora que você viu isso?

Ela riu apenas.

(…)

– Nicole Carvalho Santana! 

E lá eu estava em cima daquele palco, minha família torcendo por mim. 

– Eu só queria mesmo agradecer a todos que confiaram em mim, primeiramente a Deus, minha família, amigos. Sou feliz pelas amizades que fiz nesses anos, e sei que o aprendizados vamos levar pra vida toda! Muito obrigado aos professores, e a todos!

Todos aplaudiram.

(…)

– Cara você está linda! – Jessica me abraçou. – Parabéns!

– Obrigado amiga.

– Minha filha, minha menina! – Meu pai me abraçou fortemente. – Você está linda, parabéns por mais essa conquista.

– Minha menina agora é minha dentista! Parabéns. 

– Obrigado pai, mãe! – Abracei eles.

Abracei todos os meus amigos, familiares.

No portão estava junto com o Luan e Rober conversando para irem todos pra casa dos meus pais.

– Você é um cara muito sortudo, Luan Santana! – Jonh disse.

– Oi? Quem é esse cara?

– Sou o cara que acho eu você é muito sortudo!

– Aff cala boca Jonh! Nunca mais iremos nos ver, graças a Deus! Vamos amor?

– Vamos!

– Infelizmente não iremos mais nos ver, sentirei sua falta Nicole.

– Eu nem um pouco! – Disse e entrei no carro.

– Cara cai fora! – Luan disse, se irritando!

– Well faz esse favor. – Pedir.

– Nicole eu amo você!

– Só o que me faltava!

Luan entrou no carro, e logo acelerou.

– Nicole eu amo você?

 

Capítulo 65–Entrevista

 

– Nicole eu sei que você já sabe, e o que te falaram…

– É apenas brincadeira né? – Sorrir. – Eu sei Jonh, já disse entrando no carro.

Ele continuou parado e bateu no vidro do carro. Suspirei, abrir o vidro.

– Só pare com essas brincadeiras, pois não são legais, eu sou casada e sou feliz com meu marido. E não quero que nenhuma brincadeira, coloque tudo isso a perder!

– Nicole!

Acelerei. Sabia que eram brincadeiras de Jonh, af!

Jonh On.

– Caramba! Não é brincadeira! – Gritei batendo no capô do carro.

Jonh Of.

– Oi amor! – Sorrir ao entrar em casa, e vê-lo dedilhando o violão.

– Oi Ni, como foi a prova? – Ele sorriu,  e me deu em seguida um selinho.

– Bem assim eu espero. – Ri. – É cadê a Isa?

– Preparou o jantar e eu disse que ela poderia ir descansar.

– Já jantou?

– Te esperando, vai comer?

– Pode ser agora? – Ri. – To com fome.

– Vamos logo minha linda.

Então jantamos juntos, fazendo juras de amor um pro outro a coisa mais linda do mundo. A maior melação, diria Bárbara!

No dia seguinte, acordei cedo e também acordei Luan. Afinal, logo teríamos o pessoal da caras em nossa casa e não seria legal nos encontrar na cama. Então tomamos nosso banho, colocamos nossas roupas. Rober ligou para Luan dizendo que a maquiadora e cabeleireira estavam do lado de fora da casa nos esperando.

– Amor, não demora tá? – Sorrir. – Estou descendo.

– Ok Ni.

Desci e recebi Paloma e Isis, que eram uns amores. A casa estava um brinco, agradeci Isa por isso. Enquanto ela terminava o café da manhã, as meninas começaram a me arrumar e eu conversando com elas.

– Bom dia! – Luan chegou lindo e maravilhoso na sala, me deu um selinho.

– Bom dia amor. Essas são Paloma e Isis.

– Acho que me lembro delas nas últimas entrevistas! – Ele abraçou elas. – Bom revê-las!

– O mesmo Luan! – As meninas sorriram.

E continuamos a conversar e a me maquiar.

Campainha tocou.

– Eu atendo! – Luan disse.

Ouvir bastante vozes, era a galera da caras e equipe de Luan que havia chegado.

As meninas terminaram meu cabelo, que fizeram vários cachos. Eu estava linda!

– Obrigado pelo trabalho meninas!

– Por nada Nicole. – Isis sorriu.

Fui então junto de Luan receber todos em nossa casa. A equipe já foi arrumando as coisas para as fotos. Isadora preparou uma linda mesa de café da manhã, e disseram que as primeiras fotos seriam na mesa de café da manhã. Depois de várias fotos pela casa toda, piscina, quarto, jardim, cozinha, sala e por toda parte da casa. Era a hora da entrevista, nos sentamos e depois de um café maravilhoso para toda equipe. Continuamos a entrevista.

– Luan e Nicole, muito obrigado por receber mais uma vez nossa equipe tão bem em sua casa. – Cássia sorriu. – Luan como está a vida de casado?

– O muie o prazer é nosso receber vocês aqui. – Luan disse. – A vida de casado esta maravilhosamente bem, eu casei com quem eu amo de verdade, com quem eu penso estar pra sempre ao lado.

– Ownn! Que lindo! – Risos. – Nicole o que todos querem saber… Luan é romântico?

– Cássia, tá pra nascer mais romântico. É café na cama, sempre cuidadoso. – Risos. – Composições, carinhoso, o marido perfeito o marido dos sonhos.

– Que casal mais lindo! Quem é o mais ciumento?

– Ele! – Eu disse.

– Ela! – Ele disse.

– Os dois então? – Ela riu.

– Sim, mas ela é mais!

– Cuido do que é meu, certo? – Gargalhei.

Fazendo com que todos rirem.

– Planos futuros de vocês?

– Ser feliz, independente de qualquer coisa. – Luan sorriu e segurou minhas mãos.

– Own, e filhos vocês pensam em ter?

Pronto! Ela tocou o dedo na minha ferida, Luan me olhou, entendi seu olhar.

– É o que todo casal quer, não é verdade? Formar uma família, e sim teremos nossos filhos!

Sorrir e o abracei.

– Nicole você deixou a carreira de moda, porque?

– Novos planos, nova vida, nova história, amo moda, mas queria algo a mais. E optei pela Odontologia.

– Que logo estará formada.

– Sim! – Risos.

– Luan, os shows, projetos? DVDs? Como estão os preparativos?

– Sempre cheio de novidades para meus fãs, composições, musicas novas. São mais de 20 shows por mês, e graça aos meus fãs e meu Deus está tudo correndo bem.

– 20 shows por mês? E dá pra matar a saudades da esposa?

– Sempre matamos essas saudade, antes que elas nos mate! – Ele riu.

Ri também.

– O que as Luanetes são pra você?

– Minhas Luanetes? São meu tudo, minha vida, sem eles nada disso teria sentido! Elas são responsáveis por tudo isso e eu serei eternamente grato a eles por isso, eu amo todos os meus fãs!

– Por isso elas falam que tem o melhor ídolo do mundo, Luanetes de sorte!

Depois de mais algumas perguntas sobre nosso relacionamento, nossa vida, shows do Luan, tiramos mais algumas fotos e por fim, acabou!

– Se saíram muito bem! – Fábio disse.

– Foram ótimos! – Rober sorriu.

– Eu disse que você sairia bem!  – Luan selou meus lábios.

– Não teria conseguido sem você.

5 meses depois…

– Não esquece o remédio amor!

Luan havia acabado de chegar de Londres, ficou por lá uma semana com uma tour, não pude ir por causa da última semana de aula, e hoje ele chegou de madrugada.

Me levantei as dez e meia, hoje é minha formatura. Animada? Nunca estive tanto! Só de pensar que minha família, a família de Luan estaria era maravilhoso!

– Não esqueço amor. – Dei um selinho nele.

– Onde vai?

– Com Bru, Jess, Babi e Lari pro salão. – sorrir. – Te encontro na hora do almoço, na casa dos seus pais. Por favor, não atrase.

– Tá bom, tá bom. – Ele riu.

– Tchau! – Disse pegando minha bolsa e meu celular e saindo correndo.

– Ei, ei, ei!! – Luan gritou.

– Oi?

Voltei pro quarto.

– E o meu beijo?

Ai meu Deus! Ri dele, indo até o mesmo e dando um beijinho, logo em seguida fui tomar café e sair.

– Nicole, não sei se você sabe… Mas se você fazer isso nós vamos te matar.

– Ai Jess, é só um corte!

– Olha o corte que você quer fazer! – Bruna me olhou. – Não, não deixo.

– Larissa, fala com elas que sim.

– Não, oxe! Seu cabelo tá a coisa mais linda, a única coisa que você poderia fazer…

– Era repicar! – Bárbara sorriu.

– Nossa vai ficar lindo, afinal está enorme.

– Repicar? E jogar mais umas luzes? – Olhei pra elas.

– É pode ser!

– E então minha diva, o que vamos fazer? – Leonardo me olhou.

– Luzes e repicar, vai estou confiando em você!

– Hm!

Enquanto me preparava para a noite do ano, as meninas também se arrumavam. Eu queria muito poder cortar meu cabelo, afinal estava batendo na bunda e o calor que eu sentia, não estava escrito. Mas as meninas me convenceram, e logo mais estaria mais loira.

Luan On.

– Isadora! – Chamei.

– Sim Luan? – Ela apareceu.

– Como foi a semana com a Nicole?

– Tranqüila, Nicole toma os remédios direito. – Ela sorriu.

– Que ótimo! Fico feliz em ter você com ela, cuida bem dela quando não estou e me sinto mais calmo.

– Nicole é como uma filha pra mim Luan, e eu já disse isso pra ela!

– Só não deixa Dona Estela escutar isso, hein! – Ri.

– Ah tranquilo! – Ela riu também.

– Estou indo pra casa dos meus pais, tá liberada!

– Obrigado!

Luan Of.

– Nic, vou indo Lucas está lá fora me esperando, vamos almoçar juntos! – Lari me abraçou. – Nos vemos na sua formatura!

– Beijo Lari, nos vemos.

Depois de mais ou menos meia hora, estávamos prontas, e eu estava muito linda.

– E ai? – Sorrir dando uma voltinha.

– Arrasou! – Bruna disse.

– Luan irá pirar quando ver!

– Cê tá muito gata mana!

Me olhei no espelho, jogando o cabelo.

– Leo, você arrasou meu amor! – Sorrir. – Tá divino!

– Que bom que gostou, ficou linda!

Logo após pagarmos e deixarmos Jessica e Bárbara em casa, fui com Bruna pra casa dela.

– Tem mais gente ai, não tem?

– Esse carro é do Rob. – Disse.

– Ah é!

– Ei vocês duas, me esperem!

Capítulo 64–Caras

– Fazer umas fotos comigo amanhã amor. – Luan disse.

– Fotos pra quê?

– Para revista Caras amor, é uma entrevista. Eles querem que nós abrirmos nossa casa para as fotos. Você aceita?

– Que horas serão essas fotos?

– Parte da tarde Ni. – Rober disse.

– Uai claro que pode. – Disse. – Mas poderia ter avisado antes né?

– Ele ta enrolando há uma semana Ni.

– Cala boca macaco! – Ele riu. – Ótimo amor, amanhã eles vem. Oi Jess!

– Oi Luan, tudo bem? – Ela sorriu. – Quanto tempo.

– Uai cê some.

– Sumo né? Sei! Oi Rob.

– Oi Jessiquita! – Sorriu.

– Luan a Jéss vai comigo na consulta, ta? – Sorrir, dando um selinho nele.

– Ta bom meu amor, qualquer coisa liga.

– Ok, tchau pra vocês!

– Tchau!

Saímos no meu carro e fomos a caminho do hospital, Jéssica sempre que podia me fazia companhia nas consultas. Ao chegarmos tive minha consulta doutora conversou bastante comigo, fizemos mais uma ultrassom e ela dizia que meu útero a cada dia ficava melhor.

– Isso é um bom sinal?

– Sim Nicole, é um ótimo sinal, mas claro que o tratamento deve continuar.

– Claro Elisa, tudo por um filho.

– Isso, então você compra mais uma caixa desses comprimidos ok? E no próximo mês volte.

– Obrigado. – Sorrir.

Sair do consultório um pouco mais feliz de quando entrei, não que era uma notícia tão certa, mas poderia estar no caminho certo. Contei a Jéssica que assim como eu ficou muito animada, todos torciam por mim. Mídia nenhuma sabia disso, eu não quis compartilhar com o mundo. Eu já sofria sozinha com meu marido, família e amigos, não precisaria compartilhar esse sofrimento com o mundo todo.

Então resolvermos da uma volta no shopping, tirei uma foto com ela.

tumblr_nx22hoikJl1rnqfh0o1_500

“@nicolecarvalho: Em melhor companhia, feito irmã! @jesslaguiar ❤ “

Fizemos algumas comprinhas, mas resolvermos ir logo pra casa ainda tínhamos a faculdade hoje. Deixei Jéssica em casae voltei pro Alphaville, na porta do condomínio fui surpreendida por vários fãs do Luan que pediram para que eu parasse o carro.

– Oi gente!

– Oi Nicole. – Eles disseram.

– Tudo bem?

– Estamos.

– Nicole, você pode entregar o Luan esses presentes?

– Claro gente só me passar tudo. – Sorrir. – Entrego ele assim que eu chegar.

– Ótimo. – Elas sorriram e foram me entregando, o que não era pouco.

Peguei tudo e coloquei no banco de carona, ao despedir das meninas meu celular apitou com uma mensagem do Luan. Apenas vi na tela.

Onde cê tá hein?”

Ri apenas e digitei com uma mão.

Dentro do condomínio já amor, já chego. (:

Então em minutinhos guardei o carro e sair como uma louca com minhas sacolas na mão, presente de Luan. Nossa era coisa demais, entrei em casa e quem me ajudou foi Isadora.

– Que isso Nicole? – Ela riu.

– Presentes do Luan, fãs me entregaram. – Ri.

– Nossa, quantos! – Sorriu.

– Pois é, cadê Luan?

– Tô aqui amor. – Ele sorriu descendo as escadas. – Cara quanta coisa.

– Suas fãs pediu para que te entregassem, então avisem no twitter que entreguei tudo.

– Pode deixar. – Ele me deu um selinho. – Cê demorou, porque?

– Fui no shopping com a Jéss, rapidinho amor.

– Sabia. – Ele riu.

– Bobo.

– E a consulta.

– Vem vamos guardar essas coisas e eu te conto tudo.

Então foi o que eu fiz contei ao Luan que ficou feliz ao saber da consulta, ele disse que nosso milagre estaria por vir. Eu acreditava, querendo ou não de alguma forma eu acreditava.

– Amor, eu pedi que Isa fizesse frango com quiabo pro jantar. – Ele sorriu. – Tudo bem?

– Claro. – Sorrir. – Só vou fazer uma prova hoje e volto ta?

 – Estudou? – Ele me olhou tão fofo.

– O quanto pude.

– Matéria fácil?

– Sim, não é tão complicada, já fiz piores. Eu acho. – Ri.

– Sei que você vai se dá bem amor, você é inteligente 

– Amém. 

Deitados ainda na cama agora em silêncio.

– Amanhã… Além das fotos você sabe que ajudará na entrevista né amor? 

– Tenho? 

– Sim senhorita! São com nós dois. 

– E você só fala isso agora? – Me levantei indo ao clouset, separar uma roupa para faculdade.

Optei por uma calça jeans, camiseta e um cardigan preto, e sapatilha. Deixei no quarto, peguei minha toalha.

– Amor você sempre sai bem em entrevistas.

– Você nunca me viu em uma. – O olhei rindo.

– Vi sim. Quando você ganhou aquele concurso lá, eu nem te conhecia ainda vi uma parta da sua entrevista na televisão, e olha que amanhã é só pra revista. – Ele sorriu, me puxou me deu um selinho. – Também irá se sair muito bem.

– Assim espero. – Sorrir, indo pro banheiro, antes de entrar me virei. – E da próxima vez avise dias antes, tá? 

– Sim senhorita Santana! – Ele piscou e riu, me fazendo ri também.

Então entrei pro banho antes que eu me atrasasse para a minha aula. Tomei um banho maravilhoso, e pensando na entrevista de amanhã. Era muito tempo junto com o Luan, mas nunca participei de programa, entrevista nenhuma. Apenas compareci em vários eventos, festas onde fomos fotografados juntos. Nada mais que isso!

Ao terminar, me vestir e arrumei meu cabelo, apenas passei um gloss nos lábios. Cheguei no quarto ele me olhou.

– Quer que eu te leve amor? 

– Não não, não é preciso. – Sorrir. – Fica ai quietinho, tudo bem? Antes das nove estou aqui. – Deu um selinho. – Te amo.

– Também te amo minha linda, boa prova e qualquer coisa liga tá?

– Obrigado. 

Nos beijamos e Luan desceu comigo ate o carro, e então dei partida. Ao chegar na faculdade, encontrei Luiza.

– Que bom que chegou.

– O que houve? – Perguntei.

– Jonh.

– O que ele aprontou dessa vez? 

– Nada ainda, mas tenho medo que ele apronte algo pra você.

– Pra mim? – A olhei assustada.

– Jonh disse esta gostando de você.

– Ahh por favor, Luiza. – Ignorei aquilo.

– Não acredita em mim né? Imaginei. Só estou tentando te ajudar, antes que ele faça alguma merda.

– Ok Lui, mas cara ele sabe que eu sou casada. E mais, não exista nada que possa acontecer entre nós dois.

– Com certeza não, mas ele disse isso pros garotos e eu escutei. Só estou te alertando!

Ela saiu na frente indo pra sala, suspirei e meu celular apitou.

Boa prova, estou torcendo por você, vai se dá bem. Te amo! ❤️”

Obrigado amorzão, eu te amo, vou entrar pra sala. 😘❤️”

Então foi o que eu fiz, ao entrar na sala tinha um lugar lá trás ao lado do Jonh, ele assim que me viu sorriu, eu apenas fingir que não vi e me sentei na primeira cadeira da fileira. Era melhor evitar qualquer coisa!

– Então vamos começar a prova!

(…)

– Podemos conversar?

Ao sair da sala após a prova, que parece que fui bem, encontrei Jonh.

– Desculpe, estou atrasada.

– Nicole, por favor.

– Não Jonh. – Sair indo pro estacionamento. 

Ao abrir a porta.

– Quero muito conversar com você. 

Ele estava atrás de mim.

– Seja breve e rápido! 

O olhei.

Capítulo 63–Ciúmes

– Eu quero mesmo saber o que está acontecendo. – Ele suspirou. – Te ligo todos os dias e você não me conta.

– Te contar o que Luan?

– Sobre esses gritos que você vem dando a noite e não consegue dormir, o que são esses pesadelos hein?

– Isa já foi falar com você?

– Nicole, eu coloquei Isadora aqui pra você não ficar sozinha, e ela tem sim a obrigação de me contar o que ocorre aqui quando eu não estou. – Ele disse. – O que está acontecendo com você?

– São pesadelos bobos Luan! – Disse bebendo um pouco de suco.

– Certeza? Me conta o que é?

– Amor os meus pesadelos são medo de perder você ta? Por coisas que eu não posso te dar, é isso! Sendo que você pode encontrar uma mulher que pode te dar tudo pra você ser feliz.

– Ni quem colocou isso na sua cabeça? Quem disse que ao seu lado eu não vou ser feliz? Se eu te escolhi foi porque eu tenho a certeza de tudo, e que você é quem eu quero pra vida toda.

– Mas eu não posso te dar uma família Luan, isso eu não posso. – Abaixei meu rosto, enxugando uma lágrima que ousou cair.

– Meu amor para de pensar essas besteiras por favor, cara eu amo você. E está fazendo o tratamento para termos nossos filhos, e se não der não tem importância. Quantas crianças existem no mundo que estão abandonadas precisando de uma família? Que precisam de um pai uma mãe? Ei, eu amo você e isso não vai mudar em nada e estarei sempre com você. – Ele me beijou.

– Meu anjinho muito obrigado amor. – Dei um selinho demorado, e ele me puxou para um abraço.

– Tem que parar de pensar essas bobeiras.

– É inevitável!

– Não é não, são esses seus pensamentos que levam à esses pesadelos. – Ele me olhou nos olhos. – E poxa, não quero você dessa  forma.

– Tudo bem, prometo tentar.

– E eu te ajudar, ta?

Sorrir e abracei Luan apenas e fomos tomar nosso café da manhã. Ele contando como foi os dias dele eu contando dos meus e logo então ele subiu pra tomar um banho e disse que iria descansar um pouco, apenas me deu um beijo e subiu.

Retirei a mesa do café já que eu não tinha nada para fazer, e depois de lavar as louças que eu e Luan tínhamos usado, assim que terminei Isadora chegou na cozinha.

– Nicole me desculpe. – Ela disse.

– Pelo que? – A olhei.

– Por ter contado pro Luan, mas você não pode continuar sofrendo por isso sozinha. – Ela disse, parecia ter medo de eu xingar ela, ou algo pior.

– Isa tá tudo bem. – Falei sorrindo. – Não estou com raiva de você ou algo assim.. eu teria mesmo que contar pro Luan há qualquer momento. Fica tranquila! Sei como Luan é também ele fica pressionando as pessoas até elas falarem o que está acontecendo, eu sei bem.

– E foi isso que aconteceu.. – Ela disse sem graça.

– Ta tudo bem tá? Esquece isso! – Sorrir. – Vou fazer meu trabalho da faculdade.

– O que vai querer no almoço? – Ela me olhou.

– O que você achar melhor e ta tudo certo. – Disse indo pro escritório, me sentei e comecei a pesquisar sobre meu trabalho final, lendo artigos, e já montando o mesmo.

Na verdade nem vi a hora passar, só olhei a hora quando Luan apareceu na porta do escritório, eram quase uma hora da tarde.

– Vamos almoçar? – Ele sorriu.

– Estou indo. – Sorrir, fechando o notebook.

No almoço conversamos normalmente, Isadora tinha feito a comida que Luan amava e ele ficou todo se gabando, claro. Então ao terminarmos o almoço.

– O que cê quer fazer hoje?

– Não vai descansar?

– Tenho uma semana pra ficar em casa e descansar, mas agora quero curtir com minha esposa.. posso? – Ele me olhou.

– Hm, pode! – Sorrir.

Ele selou meus lábios.

– Vamos na casa dos seus pais, você deve está com saudades deles. – Sorrir. – E vamos depois pra você ver o consultório?

– Pode ser. – Ele sorriu.

– Vou me trocar.

– Não demora amorzinho. – Ele riu.

– Quem demora aqui é você, oxê!

– Ou, não é nada.

Eu ri e subir, me troquei.

tumblr_nvt98gFFs81qiujq2o1_500

Ao descer, Luan conversava no celular escutei ele falar Dudu, assim que me viu se levantou e segurou na minha mão. E ele foi na garagem pegar seu carro.

– Amor, hoje eu levo você e busco na faculdade ta?

– Porque?

– Na hora que você for vou pro estúdio e depois te pego lá. – Ele piscou e eu entrei no carro.

– Ta bom uai. – Sorrir. – Música nova?

– Planos. – Ele sorriu.

– Hm!

Fui rindo das gracinhas de Luan, chegamos na casa dos meus sogros e quem abriu a porta foi Bruna que pulou em nós dois.

– Meus amores. – Ela sorriu.

– Oi Bru.

– Oi Pi. – Luan sorriu.

– Cara vocês casam e somem. 

– Deixa de mentira, nos vemos há três dias. – Disse à ela.

– Boba!

– Cadê meus pais?

– Tão lá dentro, vem!

Entramos e Luan foi logo encontrar os pais e abraçar eles, conversarem, colocar o papo em dia contando novidades. Aproveitamos bastante o dia, Bruna me contando da faculdade e de Robert também. Hoje eles iriam jantar, Bruna estava super feliz. Eu torcia pelo amor dela com Robert, ele é como um irmão pra mim e eu só torço pela felicidade dos dois.

Tirei uma foto com Bruna.

tumblr_nxd9atkFMd1rnqfh0o1_500

“@brusantanareal: Estava com saudades, amor. @nicolecarvalho “

No meio da tarde resolvermos ir lá no consultório. Bruna quis ir junto para conhecer  também, então seguimos  eu e Bruna conversando bastante e eu ia avisando Luan onde era. Até chegamos.

– Só a frente do negócio já é massa! – Luan estacionou o carro e descemos.

Aproveitamos para entrar logo e Luan não ser reconhecido.

– Não é amor? – Sorrir. 

– Caramba Ni, quero ser a primeira cliente aqui.

– Eu tenho que ser. – Luan disse. – Oxê!

– Nem vem Luan.

– Ei, ei! Chega. – Ri. – Vocês hein!

Então fui mostrar o restante do consultório para eles que achou o máximo como eu. Eu já não via a hora de estar aqui e trabalhando, é daqui uns meses. 

Eu abracei Luan quando sairmos e sorrir, e Bruna disse.

– Fiquem assim! – E tirou uma foto, que linda que ficou.

– Me envia Pi, quero postar. – Luan sorriu.

Então voltamos pro carro e Luan postou a foto.

tumblr_ny2i8fvRQ21t5aojdo1_1280

“@luansantana: A minha vida é você! Te amo @nicolecarvalho”

@roberlelis: Hm ❤

@luanmeuamor: Lindos!

@gurizinho: meus lindos

@nicolecarvalho: Vida, te amo ❤

@luanvida: amo!

@afetoluans: Eu amo!

@nicoleprincesa: Rainha! Lindos ❤

@jesslaguiar: Saudades!

@robertfreitas_: Saudades maninha, lindos! ❤

Ao entrarmos no carro, tirei uma com ele também.

tumblr_nrukbjxdMY1uqk77yo1_500

@nicolecarvalho: Ele voltou ❤ @luansantana amor!”

Então voltamos para o Alphaville onde deixamos Bruna em casa e voltamos pra nossa, não demorei muito pra tomar meu banho para ir pra faculdade, enquanto me vestia Luan tomava banho. Me vestir.

large (22)

Logo Luan também já se vestiu, eu apenas recolhi minhas coisas e estava o esperando.

– Vamos! – Sorrir.

– Vamos amor, só pegar meu celular.

Então eu desci na frente e disse a Isadora que não precisava de fazer o jantar, e logo Luan veio e fomos a caminho da faculdade. Na porta, ele disse.

– Nove meia estou aqui ta? – Selou meus lábios.

– Tudo bem. – Sorrir. – Vai com cuidado, te amo!

– Também te amo, boa aula.

– Obrigado amor.

Desci do carro e logo encontrei as meninas da sala e me juntei com elas indo pra sala, vi Luan levantar o vidro e se afastar. Me sentei no meu lugar e prestei atenção nas aulas. Na hora do intervalo coloquei meu fone de ouvido e me sentei no pátio perto das meninas.

– Ni, vamos pro barzinho hoje depois da aula. – Luíza disse.

– Não gente, hoje não. – Sorrir.

– O amor dela voltou hoje né gente? – Jonh disse rindo.

– Deixa de ser ridículo Jonh! – Ri. – Ta sabendo da minha vida demais, eu hein!

– Também acho. – Rafaela caiu na risada.

– Vi no instagram meu amor, e nos sites também! Estamos falando da mulher do Luan Santana.

– Hmm. – Disse rindo.

Eles adoravam brincar com minha cara, uns faziam odonto mesmo, outras publicidade e propaganda. Mas hoje não iria sair.

– Vamos pra sala né? A aula vai começar.

Disse saindo na frente com Rafaela que adorava falar, falava que nem uma papagaio. Nunca vi! A outras duas aulas passaram bem rápido, e despedir da galera e sair.

Na porta da faculdade reconheci o carro de Luan e quando ia andando pro carro, alguém me gritou.

– Nick! 

Olhei pra trás.

– Oi Jonh?

– Seu caderno ficou na sala, vir te entregar.

– Ah, muito obrigado. – Sorrir o agradecendo, e ele beijou minha bochecha. 

– Até amanhã!

– Até!

Voltei a caminhar em direção ao carro, e entrei no mesmo.

– Oi meu amor. – Sorrir.

– Oi Ni, como foi a aula?

– Interessante! – Disse, colocando meus materiais no banco de trás.

E então seguimos pra casa calados, escutando apenas música do rádio. Ao entrarmos em casa, deixei a mochila no sofá e lavei minhas mãos, Luan fez o mesmo me seguindo logo em seguida.

Abrir a geladeira.

– Quem era?

– Quem era, quem? – Peguei um pouco de suco.

– O cara que te abraçou na porta da faculdade. – Ele escorou na bancada.

– Um amigo da sala, eu esqueci o caderno na sala e ele veio entregar.

– Hm!

– Porque? 

– Nada. – Ele sorriu, e abriu a geladeira também.

– Quer comer algo?

– Não jantei com o Dudu e a galera. – Ele disse.

– Certeza?

– Toda. 

Então fui procurar na geladeira a salada de frutas que Isadora tinha feito mais cedo.

Coloquei numa vasilha pra mim, e olhei.

– Quer?

– Quero.

Dei a minha pra ele e preparei outra pra mim.

– Você não está com ciúmes do Jonh não né?

– Ele é homem. – Luan disse.

– E? – O olhei de onde estava.

– Ai Ni, deixa pra lá ta? – Ele se levantou indo em direção da sala.

Guardei as coisas que tinha tirado do lugar e fui atrás.

Ele assistia TV.

– Poxa, parece que não confia em mim. – Disse baixinho e ele me olhou.

– Eu confio, mas só de ver esses caras em cima de você.. isso me deixa louco amor. É isso!

– Mas eu não ligo se eles estão perto ou não de mim, quem eu amo é você! Para com essa bobeira amor.

– Tudo bem. – Ele disse suspirando. – Desculpa.

– Desculpado, mas sem esse bico ai também ó! – Ri, e dei nele um selinho.

– Boba! – Ele riu.

– Lindo. Você jantou mesmo?

– Sim, fica tranquila.

(…)

Dois dias depois…

Luan On.

– Cara mas você já falou com a Nicole disso, já é amanhã! – Rober enchia o meu saco.

– Ai cara ela vai aceitar, relaxa!

– Aceitar o que? – Nicole entrou em casa com Jéssica.