Capítulo 118° — Acontece

Julie On.

Por causa do que houve na escola hoje nossos pais está indo pra escola com a gente. Meu pai foi o caminho todo dizendo ninguém mexe com a princesinha do papai. Eu ria, pois ele fazia isso só pra nos fazer rir mesmo, não é por nada não, mas eu sei que o melhor pai do mundo é meu, sempre foi.

— Papai, posso te pedir uma coisinha só? — ele me olhou ao parar no sinal e concordou. — Só não fica falando isso na escola. — referir ao princesinha de papai. — pois eu e o Theo já somos considerados filhinhos de papai e mamãe nessa escola, muitos nos odeiam só por isso. — ri.

— E por que vocês nunca falaram isso pra gente? Mudaríamos vocês de escola. — minha mãe falou.

— Mãe vocês sabem que pra qualquer escola que a gente for, será assim. — Theo falou. — Pois somos os filhos de Luan Santana e Helena Mitchell. São milhares de cochichos quando chegamos a escola, reparem só.

Julie OF.

Luan sempre me dizia que o medo dele quando tivesse filhos fossem esses. E ele só me lançou um olhar e eu o entendi, ele estava chateado, mas nós sabíamos que isso iria sim acontecer. Só alisei sua mão que estava em cima da perna e dei um sorriso.

— Vocês querem que eu entre com vocês ou somente a mãe de vocês? — Luan parou o carro em frente a escola.

— Você vai descer sem o Well? — Julie perguntou. — Não é arriscado?

— Não, não é. — ele falou.

— Certeza? — o olhei. 

Ele apenas concordou e colocou seu boné e um óculos de sol, as crianças desceram do carro e eu logo em seguida, Luan também desceu e segurou minha mão. E na nossa frente as crianças, realmente todos comentavam e reparavam, mas o Luan Santana estava ali.

Luan On.

Ninguém veio pra cima pegou celular para tirar foto, mas éramos a atração ali no corredor da entrada. Assim que chegamos na diretoria da escola a diretora nos recebeu e nos pediu para entrar em sua sala. Então ela começou a falar o que aconteceu e como ela ficou sabendo. Disse também que entendia a raiva de Theo, mas que ele nunca havia tido uma confusão tão grande na escola.

— Mas queremos saber o que houve com o garoto que estava bulindo com a Julie?

— Ele tomou uma advertência Luan, e está por fora das salas por três dias.

Luan Of.

— Lúcia nós sabemos que eles sempre vão ser alvos, mas confiamos na escola. Eu saio pra trabalhar, Luan também e o mínimo que queremos quando eles chegam em casa é que não voltem machucados. Theo nunca foi disso, mas ele foi proteger a irmã,mas eu disse  à ele que de forma errada. — olhei Theo. — Só que eles me falam que sempre são zoados por várias coisas, bom eu no mínimo espero que isso se resolva. —falei.

— Helena você pode ficar tranquila, tudo irá se acertar! Theo e Julie são dois alunos exemplares, Theo como vocês sabem é presidente do clube do ensino médio notas sempre altas.

— Eu agradeço e peço desculpas Lúcia pelo acontecido. — sorrir.

— Theo e Julie podem ir pra sala, os professores deixaram vocês entrar.

— Ok, tchau mãe, tchau pai. — Theo disse e saiu.

— Tchau mamãe. — julie abraçou e beijou o pai. — Tchau papai.

— Boa aula. — falei.

— Lúcia os desempenhos deles está tudo certo? — Luan perguntou.

— Sim Luan está, como eu disse seus filhos são ótimos alunos, educados e é somente notas boas.— ela sorriu.

— Ótimo! — sorrimos. 

— Qualquer coisa vocês podem estar ligando pra gente. — Lúcia disse.

— Obrigado.


Nos levantamos para ir embora e o pátio da escola já estava vazio, pois estavam todos em horário de aula. Saímos e logo estávamos dentro do carro.

— Ai Helena me sinto tão culpado. — ele disse cabisbaixo.

— Luan isso não é culpa sua. — disse. — você sabe que iria ser assim, já preparamos as crianças pra isso. — segurei sua mão que estava na perna, sorrir para confortá-lo. — as crianças ama você, como elas mesmo dizem é o melhor pai do mundo, e isso não acontece somente com os nossos filhos Luan, não mesmo. 

— Mas você viu como todos olham pra eles e comentam?

— Com sua irmã com certeza não foi diferente. — sorrir. — ei, olha pra mim. — disse enquanto ele já estacionava em frente de casa. — isso é normal ta bom? Nós pagamos a melhor escola para eles, a filha do Fernando estuda lá também e ele já falou que acontece o mesmo. 

— Tudo bem. — ele sorriu fraco.

Entramos em casa e fomos tomar café mais tranquilos, já que antes de sair apenas tomei uma xícara de café, ao Julie gritar feito louca dizendo que estava atrasada para a prova. Tomamos café da manhã tranquilos.

 

Julie On.

— Juuu, pensei que você não iria vir depois do que aconteceu ontem com o Matheus. — Giovanna minha melhor amiga disse. — pensei em passar na porta da sua casa, mas meu pai estava atrasado pro trabalho. 

— Gio eu vir com os meus pais, eles vieram conversar com a Lúcia.

— Os dois?

— Ahãm. — disse. — O Matheus ta suspenso por três dias.

— Cara seu irmão acabou com ele. —  João Miguel disse.

— Ér… — suspirei, o assunto na escola era só esse. A professora entrou na sala e começou a aula.

— Formem grupo de quatro pessoas. — ela disse.

Então juntei com Giovanna, João Miguel e Benício, e prestamos atenção no que a professora explicava.

Julie Of.

Dois dias depois…

— Só peço juízo pros dois, por favor! — disse antes de sair para o aeroporto. — A Isa está autorizada a arrancar as orelhas se precisar! A avó de vocês depois vem também ver vocês.

— Mãe relaxa é só uma semana. — ele riu.

— Uma semana que sei lá que estrago vocês podem fazer. Você são filhos do Luan meu amor e são iguais. 

Luan gritou. 

— EII! — e riu.

— Theo sabe aqueles filmes os pais viajam e fazemos uma festa de arromba, nuu! — Julie riu.

— Vai mesmo, tô até vendo já. — ri. — vem da um beijo na mãe de vocês anda!

— Mamis relaxa só a Gio vem dormir aqui comigo, que eu chamei. — ela disse me abraçando. — curta demais a viagem de vocês para descansar, pois merecem.

— E eu vou chamar a Laura. 

— Oi?

— Mãe ela é minha namorada! — ele me abraçou e me beijou na testa como sempre fazia, ele já estava maior que eu.

— Vocês são duas crianças! 

— Amor deixa esses meninos, vamo embora. — Luan riu. — Parem de atormentar a mãe de vocês anda.

— Ô meu véi sem mais criança para essa casa beleza? — Theo disse rindo.— não da mais.

— Vocês sabem que se eu quiser gêmeos eu vou ter né? Não me irritem! — disse rindo. — Tchau Isa.

— Eu também topo Helena. — Luan riu.

— Deus me dibre! — Julie disse fazendo todos rirem.

— Tchau Isa. 

— Tchau casal vão com Deus. — ela disse. — descansem e aproveitem muito. 

— Obrigado Isa. 

Fomos direto pro aeroporto com o Well que nos levou. Chegando lá pegamos o jatinho mesmo. E estamos indo para Jericoacoara. Dessa vez seria no Brasil mesmo, mas em um dos lugares mais lindos do mundo.

— Uma semana só pra nós. — ele me beijou. — como era antes.

— Isso é maravilhoso. — sorrir. 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s