Capítulo 88° — O fim de semana

   No outro dia acordei cedo com o choro do Theo, que já havia chorado quase a noite toda com cólica deixei ele na minha cama a noite inteira. Léo disse que me abandonaria por esse fim de semana e Isaura ficaria com a gente. 

— Helena bom dia! —  Léo entrou no quarto. —  dormiu bem?

— Na verdade? — ri. — nem um pouquinho, o bebê ta com dor.

— Temos que levá-lo pro hospital?

— Não, tá tudo bem. — sorrir. — é apenas cólica! 

— Esqueço que você é médica ás vezes. — ele riu. — você quer ajuda?

— Não vai se trocar para tomarmos café. — sorrir. — vou dar um banho no Theo.

Ele assentiu e saiu do quarto, primeiro resolvi amamentá-lo. Liguei a TV e enquanto amamentava o meu bebê ele me olhava fixamente. 

— Mamãe vai cuidar de você meu anjinho. — beijei sua cabeça.

— Helena licença. — Isaura disse batendo na porta.

— Entra Isa, bom dia! — Sorrir.

— Bom dia! Luan ligou mais há pouco querendo falar com você, pediu que assim que acordasse, se você poderia ligar.

— Ele disse algo a mais? 

— Nada Lê. — ela sorriu.

— Muito obrigado Isa, já desço pro café. 

E então enquanto ainda Theo mamava liguei para Luan. Quem atendeu não foi ele.

— Oi Helena! — Rober disse do outro lado.

— Oi Rober, tudo bem?

— Tudo e vocês?

— Estamos bem. Luan ta por aí?

— Ele está gravando um comercial pra jequiti.

— AH! foi que ele pediu para eu ligar assim que eu acordasse, será…

— Calma ele está vindo. — ele disse. — Tchau Lê!

— Tchau Rob, obrigado!

Esperei por um tempinho e então ouvir a voz dele.

— Oi minha linda, bom dia!

— Bom dia meu amor, tudo bem? — sorrir, que saudades que eu estava.

— Eu estou e você? Theozin?

— Estamos bem e mortos de saudades. — ri.

— Ai não fala que eu também tô. — ele disse.

— Isa falou que você pediu pra te ligar, estranhei você acordado tão cedo. 

— Ei! — ele riu. — realmente eu não queria ter acordado tão cedo, mas fui obrigado.

— Pelo menos não está de mau humor. — ri, Theo não queria mais mamar, levantei para que ele arrotasse.

— E a babá? — ele perguntou.

— Não vai te atrasar?

— Intervalo de quinze minutos.

— Ótimo, bom vieram quatro. — disse. — dessas quatro gostamos de duas, uma é enfermeira e a outra psicologa.

— Bonita?

— Af LUAN! — disse e Theo deu um pulo no meu colo e começou a chorar.

Ele ria do outro lado da linha.

— Oiá aí você assustando meu filho. — ria. — você é boba demais Helena!

— Não sou boba não, você vem com gracinha pra você ver!

— Te amo ciumenta mais linda da minha vida.

— Aiai, então… — segurei o riso. — na semana que vem virá a Emanuella vermos quem se adapta mais ao cargo, e na outra semana a Rafaela. Achei melhor assim, pois você estará com a gente durante a semana e também opinará.

— Fez certo. Amanhã vou pra casa logo quando acabar o show. Nos vemos a noite!

— Que maravilha, já estou com saudades amorzinho.

— Eu também, olha vou voltar a gravar o comercial, depois te ligo, te amo meu amor. Da um beijinho no Theo.

— Vai lá, pode deixar meu bem. Com Deus, beijo, te amo!

Fui pro quarto do Theo dei um banho nele rapidinho, vestir meu bebê e me troquei vestindo um shorts jeans, uma blusa e desci para tomar café.

— É café da manhã ou almoço? — Léo me olhou enquanto mexia no celular, e a outra mão uma xícara de café.

— Luan ligou, sorry! — ri, colocando Theo no carrinho e me sentei de frente pro Léo.

Tomamos nosso café da manhã conversas e risadas era liberado com o Léo. E ele tinha novidades!

— Daqui quinze dias adivinha só que esta com data marcada?

— O que?

— O Bazar meu amor! E ganhamos mais de duas mil peças novinhas de lojas.

— Ah meu Deus! — sorrir. — vamos conseguir muitas arrecadações, já pensei para onde irá todo esse dinheiro.

— Onde?

— Para as crianças de um instituto do câncer que temos em SP. — disse feliz. — eles estão precisando tanto no momento!

— Que maravilha! — ele sorriu. — olha já passei tudo pro Cauã ele disse que virá aqui na segunda, e daqui três semanas teremos o bazar.

— Bruna quer ajudar!

— Óbvio, ela vai mesmo. — ele riu. — já ligou para a babá.

— Vou ligar agora. — disse pegando o celular, Theo resmungou no carrinho.

Léo ficou brincando com o bebê.

— Alô? Emanuella? Oi, sou eu Helena tudo bem?… Ah que ótimo! Bom eu estou te ligando pra saber se você tem disponibilidade para vir fazer um teste com a gente durante semana que vem inteira… Ah, maravilha!… Te aguardo segunda-feira de manhã… Obrigado, tchau!

— Vem?

— Aham. E você vai onde?

— Que dia?

— Hoje?

— Rafa me chamou para passarmos o fim de semana numa pousada.

 — Ah que delícia! — disse. 

— Sim estou mega animado! Mas triste por deixar vocês dois sozinhos.

— Daqui a pouco tia Larissa vem ficar com a gente. — sorrir. — e também temos a Isa.

— Você sabe que eu cuido delas Léo! — ela sorriu. — só volte semana que vem pra ajudar na escolha da babá, todos temos que estar presentes. 

— Sim verdade, ele tem que tá aqui segunda. Nem é louco!

— Mas Luan estará em casa. — ele riu.

— Não precisa vir todos os dias da semana migo, mas tem que me ajudar a escolher a melhor. — sorrir.

— Ótimo, estarei aqui. — ele sorriu, beijou a cabeça do Theo. — beijo pra vocês, fiquem com Deus, e até semana que vem.

— Beijo, e juízo hein! 

— É o que mais tenho! 

Eu ri e ele seguiu indo pra fora do apartamento. Terminei de tomar meu café, e que saudade me deu de trabalhar no hospital ao ver as fotos dos meus amigos logo cedo. Subir pro terraço com o Theo para tomarmos um banho de sol pela manhã.  Fiquei uns minutinhos e logo entramos e Theo dormiu de novo.

— Tem alguém nessa casa? — Larissa chegou com a mochila nas mãos. — a tia chegou!

— Shiu! — Disse rindo. — não faça barulho tia Lari!

— Ah que pena que ele dormiu. — saímos do quarto do Theo e nos abraçamos. — como você está?

— Estou bem, e você?

— Cansada cheguei essa madrugada bem morta. — ela riu.

— Então vai tomar um banho e descansar, enquanto o almoço não fica pronto.

— Ai eu posso?

— Claro né Larissa. — ela riu. — Vem! — a puxei para o quarto de hospedes. — toma um banho e descansa, eu vou estar lá em baixo junto com a Isa.

— Obrigado Lê.

Desci depois que deixei os dois no quarto fui ajudar a Isaura, pois eu já não aguentava mais não fazer nada.

— Deixa que eu lavo essas louças, se não eu irei ficar louca. — ri.

— Não Helena, eu lavo.

— Isa eu estou sem nada pra fazer o Theo dormiu.

— Vai conversar com Larissa, ela chegou.

— Eu vi, mas chegou cansada e foi descansar. — ri. — não adianta irei te ajudar! 

Ela se deu por vencida e começou a preparar o almoço depois de colocar as roupas para lavar. Conversamos sobre muitas coisas, sobre o Luan, Theo. Isa também contou de seus filhos que hoje já são casados. Meu celular logo tocou e dessa vez era Lisa.

— Oi que falta faz você, será que você não pode trazer o Theo e voltar a trabalhar?

— Ô Lisa, não faz isso que eu já estou morta de saudades de vocês, das minhas cirurgias. — ri. — Vamos marcar um dia pra vocês vir pra cá e a gente fazer umas coisinhas pra comer, beber.

— Acho bom hein! — ela disse animada. — vamos marcar sim!

— Ótimo sexta-feira da semana que vem o que acha?

— Bom demais, vou avisar a galera. Ah! E como você está, o Theo e o Luan?

— Estamos bem graças a Deus, Theo é um anjo!

— Ele é mesmo. — ela disse rindo. — olha estou indo almoçar, pois minha agendar está lotada depois do almoço. Beijo!

— Beijo, bom trabalho!

 

 — Oi mamãe olha quem acordou! — Larissa veio com Theo nos braços. — acabei de trocar a fralda ta?

— Ótimo, obrigado. Oi meu amorzinho! — disse.

— O almoço está quase pronto. — Isa disse.

— Enquanto isso vou amamentar o Theo e aí almoçamos Lari.

— Ok! E o Luan?

— Amanhã ta aqui. — disse. — Segunda vem uma das babás.

— Já escolheu?

— Ficamos entre duas, uma semana de teste para cada uma.

— Isso é bom. 

— Sim, você sabe como sou desconfiada né Lari?

— Ó se sei! — ela riu ligando a TV. — mas a mulher já é mais velha.

— Uma tem 29 e a outra 38. — disse. — com ajuda da Mari e do Léo escolhemos as duas.

— Hm, quero até ver quem é… — ela fez uma careta.

Eu ri.

  Após Theo mamar o almoço ficou pronto logo em seguida. Me sentei na sala de jatar com Larissa e almoçamos, conversando, ela contando como estava com a carreira dos meninos. Contando também que as vezes tinha ciúmes dos fãs do Caio, que algumas exageravam. Disso eu também tinha alguns problemas, prefiro até ignorar para não ficar pensando sobre.

  O fim de semana com Larissa e meus pais que vieram nos ver foi delicioso. Theo chorou bastante na madrugada de sábado para domingo com cólicas, passei a noite quase toda acordada. No domingo fui para casa da Marizete que nos chamou para o almoço. Hoje como Luan teria show a tarde em Santa Catarina ele chegaria a noite, pedi Isaura que preparasse um jantar para que ele comesse, que com certeza chegaria com fome e cansado.

— Mari obrigado pelo dia maravilhoso que passamos aqui hoje. — sorrir. — mas já vamos, o Theo está tão chatinho por conta das cólicas.

— Ô Helena você está tão cansada minha linda, você não quer que eu vou com vocês hoje, aí você dorme.

— Não Mari, não é necessário. Aliás, sou eu quem vai ter que amamentar de todo jeito. — sorrir em forma de agradecimento. — Essa noite ele vai ficar mais calminho, se Deus quiser. — beijei meu pequeno.

— Quer carona Lena? — Bruna me olhou toda arrumada. — Estou indo na casa do Breno, te deixo em casa.

— Eu quero Bru. — sorrir. — Bom Mari, beijo fica com Deus. Te espero lá, amanhã a babá vai.

— Vou ver se apareço por lá amanhã, nem que seja pelo menos um pouco.

— OK! — sorrir. — Tchau Amarildo, depois aparece lá.

— Pode deixar Helena! Deixa eu dar um beijo no neném do vovô. 

Nos despedimos e fomos no carro da Bruna que nos deixou na porta do prédio, e seguiu seu caminho até a casa do namorado. 

 

Anúncios

One thought on “Capítulo 88° — O fim de semana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s